R.B. 14/JUN/12 "Velha tática"


R.B.

"Velha tática"

 

São Paulo, 14 de junho de 2012 (QUINTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve seguir em alta, mesmo diante do novo rebaixamento da ''nota'' da Espanha, ainda em um movimento de ''caça de barganhas'' e com os investidores ''animados'' com a perspectiva de que o governo Dilma divulgue novas medidas de incentivo econômico.

-    O DÓLAR pode seguir em alta, acompanhando a provável valorização externa da moeda norte-americana diante do rebaixamento da ''nota'' da Espanha, porem deve-se ressaltar que o patamar é interessante para venda, já que o BC já deu sinais de que pode a qualquer momento cortar o IOF para investimentos estrangeiros no Brasil.

 

ONTEM

-    BOVESPA 1,1%, abriu em queda, para na mínima recuar –1,0%, porem, mesmo com a tendência negativa das bolsas dos países do ''primeiro mundo'', foi recuperando terreno ao longo do pregão, com recorde no volume financeiro (R$ 35,8bi) e com destaques de alta para a Petrobrás (1,6%) e para a OGX (2,8%).

-    DÓLAR 0,3% à R$ 2,07, abriu em queda, para na mínima recuar –0,6%, porem passou a subir ainda na parte da manhã, acompanhando a piora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais e influenciado pela ausência do BC na ponta vendedora.

-    Na ÁSIA, seguindo o fechamento positivo das bolsas de NY, para manter o sobe e desce dos pregões anteriores, porem claramente ainda sem uma tendência definida, JAPÃO 0,6%, CORÉIA 0,5% e CHINA 1,3%, desta vez com destaques de alta para as exportadoras do setor de tecnologia.

-    Na EUROPA, devolvendo os ganhos do pregão anterior, porem com poucos negócios e pouca volatilidade, INGLATERRA -0,2%, FRANÇA –0,5% e ALEMANHA –0,1%, diante das expectativas para as eleições parlamentares da Grécia e da divulgação de relatórios macroeconômicos e corporativos dando novas evidências de que a crise européia cobra seu preço ao crescimento global.

-    Nos EUA, revertendo uma abertura positiva, S&P –0,7%, DJ –0,6% e NASDAQ –0,9%, prejudicadas pela divulgação de que as vendas no varejo no país caíram em MAI/12 para seu pior nível em 2 anos e também diante dos temores pela aproximação das eleições gregas.


Economia:
 
Dando 2 sinais de que o governo Dilma começa a se incomodar com o patamar do dólar, (1) Mantega, ministro da Fazenda, afirmou que algumas medidas de restrição ao capital externo poderão ser revistas no seu devido tempo, ressaltando que a primeira da fila para ser revogada deve ser o IOF de 6% sobre captações externas inferiores a cinco anos e (2) Arno Augustin, secretário do Tesouro Nacional, disse que o governo está trabalhando para evitar volatilidade excessiva no mercado cambial.
 
Tendo como finalidade ampliar obras consideradas vitais para os municípios e também estimular o crescimento da economia, que aliás teve um fraco desempenho no primeiro trimestre do ano, segundo Aguinaldo Ribeiro, ministro das Cidades, o governo Dilma anunciará nas próximas semanas um pacote de pelo menos R$ 15bi para obras de saneamento básico e pavimentação do PAC.
 
Com o objetivo de aumentar a competitividade e reduzir os custos das empresas brasileiras, ontem o governo Dilma finalmente decidiu reduzir o imposto de importação de quase 300 bens de capital e bens de informática e telecomunicações que não são produzidos no Brasil de patamares entre 14% e 16% para 2% até 31/DEZ/13.
 
Como na crise é o momento certo para ''os vencedores investirem na plantação para colherem boas safras no futuro'', no primeiro semestre deste ano a receita do setor publicitário do Brasil cresceu 13,9% na comparação com o mesmo período de 2011, alcançando R$ 6,5bi.
 
Acreditando que existem interessados para serem seus sócios nas suas empresas de PowerPoint, Eike Batista, mesmo diante do momento conturbado que o mercado financeiro mundial atravessa, anunciou que espera levantar até US$ 2,5bi com a venda de participações acionárias em suas empresas nos próximos meses.

Política:
 
Podendo dar um pouco mais de visibilidade para a ''apagada'' candidatura de Fernando Haddad à prefeitura de SP, ontem o PSB indicou a deputada e ex-prefeita Luiza Erundina para ocupar a vaga de vice na chapa do referido candidato petista.
 
Aumentando a atratividade da agricultura brasileira, ontem a Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados aprovou um relatório de uma subcomissão que permite que empresas brasileiras com qualquer participação de capital estrangeiro adquiram terras no Brasil.
 
Usando a ''velha tática'' de atacar para se defender, ontem o petista Agnelo Queiroz, governador do Distrito Federal, afirmou em seu depoimento na CPI do Cachoeira que é ''vítima de uma trama" destinada a derruba-lo do poder, ressaltando que a Delta tem apenas um contrato com o Distrito Federal, assinado no governo anterior, e que disponibiliza seu sigilo bancário, que aliás já estava  quebrado por ordem do STJ desde NOV/11.
 
Ontem, exatamente um dia depois de se negar, em depoimento à CPI do Cachoeira, a entregar seus sigilos, Marconi Perillo, o governador tucano de Goiás, , anunciou que mudou de idéia e que vai disponibilizar os dados para a CPI.

Crítica:
 
Ontem, com um discurso de Dilma, começou oficialmente a Rio+20, porem apesar dos claros sinais de que planeta enfrenta sérios problemas com a mudança climática e com o crescimento descontrolado da população, as grandes potências não enviaram seus presidentes, que voltam seus esforços para resolver os problemas econômicos nos países do ''primeiro mundo''.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário