R.B. 26/ABR/12 ''O mundo gira rápido''


R.B.

"O mundo gira rápido"

 

São Paulo, 26 de abril de 2012 (QUINTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve seguir em queda, ''digerindo negativamente'' o resultado ruim e abaixo do esperado divulgado ontem pela Vale, porem deve-se ressaltar que o patamar é bom para compras, principalmente diante dos sinais de que a taxa básica de juros seguirá em queda.

-    O DÓLAR, pode cair, em um ''ajuste técnico'' após fechar o pregão anterior no maior patamar desde o fim de NOV/11 e influenciado pelo fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e ''investimentos''.

 

ONTEM

-    BOVESPA –0,4%, abriu em alta, para na máxima avançar 0,7%, porem, mesmo com o desempenho positivo das bolsas do ''primeiro mundo'', perdeu ''forças'' e passou a cair no final da manha, pressionada pelas ações da Vale (-1,6%) e pelas ações dos bancos, como Itaú (-5,9%) e Bradesco (-2,6%).

-    DÓLAR 0,1% à R$ 1,88, abriu em queda, para na mínima recuar –0,2%, porem, com baixa volatilidade, passou a subir na parte da tarde, acompanhando a piora do ''humor'' na Bovespa, pressionado pelos leilões de compra do BC e seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

-    Na ÁSIA,seguindo o movimento ascendente das bolsas da Europa e dos EUA no dia anterior, JAPÃO 1,0%, CORÉIA 0,1% e CHINA 0,7%, beneficiadas pelos sinais de melhoria do mercado imobiliário dos EUA e pela boa demanda pelos títulos da dívida soberana da zona do euro.

-    Na EUROPA, em alta pelo segundo pregão consecutivo, porem desta vez com baixos volumes de negócios, INGLATERRA 0,2%, FRANÇA 2,0% e ALEMANHA 1,7%, desta vez impulsionados por nova rodada de fortes balanços corporativos.

-    Nos EUA, também em mais um dia de alta, S&P 1,4%, DJ 0,7% e NASDAQ 2,0%, com a Apple, que após divulgar um ótimo resultado avançou 8,9% levando o Nasdaq a seu maior ganho percentual diário no ano, e o Fed (''BC'' dos EUA) reconfortando os mercados ao afirmar que adotará mais medidas de estimulo à economia caso elas se mostrem necessárias.


Economia:
 

''Comemorando'' o fim da guerra fiscal aprovada pelo Congresso Nacional, Mantega, ministro da Fazenda, afirmou ontem que a resolução que unifica a alíquota do ICMS é o "primeiro passo'' para reforma tributária e fará com que o país deixe de estimular a importação de produtos e a exportação de empregos para outros países.

 
Dando novos sinais positivos da economia brasileira, (1) em ABR/12 o Índice de Confiança do Consumidor avançou 4,9% na comparação com MAR/12 e atingiu o recorde da série iniciada em SET/05, (3) em MAR/12 o comércio varejista da região metropolitana de SP faturou 3,3% mais que em MAR/11 e (3) nos 3 primeiros meses deste ano os bancos concederam R$ 17,6bi em empréstimos com recursos da caderneta de poupança para a construção e compra de imóveis, o que representa um aumento de 9,9% ante igual intervalo em 2011.
 
''Descredenciando a ladainha'' dos bancos privados, que falam que não podem reduzir os juros pois tem muito caloteiro, em MAR/12 a inadimplência dos consumidores ficou em 7,4%, patamar abaixo do registrado em FEV/12 (7,6%).
 

Mostrando que o governo Dilma cuidando bem das contas publicas, em MAR/12 o governo central, que é composto pelo Tesouro Nacional, Banco Central e INSS, registrou um superávit primário de R$ 7,5bi, acumulando com isto um resultado positivo de R$ 33,7bi no primeiro trimestre deste ano, o que representa 34,8% da meta de superávit para todo ano de 2012 (R$ 139,8bi).

 

Mesmo com a crise externa e os recentes cortes na taxa de juros, na terceira semana de ABR/12 o fluxo de dólares para o Brasil foi positivo em US$ 4,7bi, ampliando com isto o saldo acumulado no ano para US$ 22,6bi.

 

-    A Petrobrás caiu –0,5%, mesmo após Graça Foster, presidente da empresa, afirmar que as ações da petrolífera irão se recuperar nos próximos meses à medida que mais plataformas de perfuração sejam entregues e com a incorporação de novas reservas de petróleo.

-    A OGX subiu 6,3%, após apresentar à Agência Nacional do Petróleo a declaração de comercialidade do campo de Waikiki, que fica em águas rasas da bacia de Campos.

-    A JBS subiu 4,2%, ''comemorando'' o anuncio de casos de vaca louca nos EUA.

-    A Vale caiu -1,6% e, após o fechamento do pregão anunciou que, diante dos preços mais baixos do minério de ferro e da produção menor, lucrou no primeiro trimestre deste ano -40,5% menos do que no mesmo período de 2011.


Política:
 
Significando uma derrota do governo e uma vitória dos desmatadores, representados pela bancada ruralista, ontem a Câmara aprovou uma reforma do Código Florestal com 21 modificações no texto original aprovado pelo Senado em DEZ/11.
 
Mostrando como ''o mundo gira rápido'', o ''nobre'' senador Fernando Collor, que 20 anos atrás foi eleito presidente do Brasil com o slogan de ''caçador de marajás'' e sofreu impeachment por não permitir que os parlamentares roubassem junto com ele, agora é membro efetivo da CPI que vai investigar as relações escusas do bicheiro Carlinhos Cachoeira com parlamentares e governadores de todos os grandes partidos.
 
Com o objetivo de facilitar o diálogo de Serra, pré-candidato tucano à prefeitura de SP, com as demais legendas, ontem o diretório municipal do PSDB paulista aprovou, por 12 votos a 2, a extinção do processo contra os 6 vereadores que abandonaram o partido em ABR/11.
 
Colocando mais um tucano na sua lista de ''amigos'', segundo um relatório da Policia Federal o contraventor Carlinhos Cachoeira mandou entregar propina "embrulhada em jornal" para o deputado federal Carlos Alberto Leréia, do PSDB de Goiás.
 
Para mostrar que continua alinhado com o Palácio do Planalto, ontem, no primeiro dia de funcionamento da CPI mista do caso Cachoeira, Lula passou 4 horas reunido com a presidenta Dilma e alguns ministros para defender sua posição favorável à investigação e unificar o discurso do PT e do governo no Congresso.
 
Querendo ''meter o bedelho'' no poder judiciário, ontem a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara aprovou um proposta de emenda constitucional que permite ao Congresso sustar decisões do Judiciário. 

Crítica:
 
Cada vez mais parecida com Hugo Chavez, o ditador da Venezuela, Cristina Kirchner, presidenta e aspirante a ditadora da Argentina, ameaça agora fechar armazéns e supermercados que venderem erva para chimarrão acima do preço tabelado e habilitou um número de telefone 0800 para o registro das queixas contra o abuso nos preços do produto.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário