R.B. 26/MAR/12 ''Cada dia mais milionários''


R.B.

"Cada dia mais milionários"

 

São Paulo, 26 de março de 2012 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, tentando iniciar um movimento de recuperação das perdas acumuladas na semana passada (-2,8%), beneficiada pela valorização das commodities e pela leve melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais.

-    O DÓLAR pode cair, tentando devolver uma parte da forte alta acumulada no mês (5,2%), ainda influenciado pela provável melhora do ''humor'' na Bovespa e pela manutenção do fluxo positivo de recursos externos.

 

SEXTA-FEIRA

-    BOVESPA -0,1% (aos 65.812pts), abriu em alta, para na máxima atingir 66.252pts, porem passou a cair ainda na parte da manha e fechou em leve baixa, principalmente ''temendo'' dados negativos da economia chinesa.

-    DÓLAR -0,7% à R$ 1,81, abriu ''de lado'', para na máxima avançar 0,2%, porem passou a cair ainda na parte da manhã, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana para interromper uma sequência de 4 dias de valorização.

-    Na ÁSIA, seguindo as perdas das demais bolsas mundiais no dia anterior, JAPÃO -1,1%, CORÉIA -0,1% e CHINA -1,1%, com destaques de queda para ações de empresas do setor de commodities, ainda prejudicadas pela divulgação de dados que mostraram uma menor atividade industrial na China e na zona do euro.

-    Na EUROPA, reduzindo as perdas acumuladas na semana, que aliás foi a semana mais negativa do ano, INGLATERRA 0,2%, FRANÇA 0,1% e ALEMANHA 0,2%, beneficiadas pela ações ligadas a matérias-primas, após o maior produtor de cobre do mundo, a chilena Codelco, registrar forte aumento de lucro e crescimento na produção.

-    Nos EUA, com baixos volumes de negócios, S&P 0,3%, DJ 0,3% e NASDAQ 0,1%, também beneficiadas por avanços de ações ligadas a energia e matérias-primas e pelos sinais de relutância dos investidores em abandonar o mercado de ações diante do baixo patamar dos juros e da abundância de crédito.


Economia:
 

Mostrando que, alem de ter uma classe média crescente, o Brasil tem ''cada dia mais milionários'', em DEZ/11 o número de clientes de "private banking", que são aqueles que possuem pelo menos R$ 1mi em aplicações, cresceu 5,7% ante DEZ/10 e chegou a 50,6 mil.

 

Segundo Nelson Barbosa, secretário-executivo do ministério da Fazenda, o Brasil conseguiu passar sem tanta turbulência pela crise por ter aplicado políticas públicas nos últimos anos que privilegiavam a distribuição de renda, e não somente aspectos econômicos pontuais, como a taxa de câmbio ou a taxa de juros.

 

Visando reduzir mais a selic e também os riscos de crédito no momento em que o país comemora a expansão dos empréstimos a pessoas físicas, na sexta-feira passada o BC anunciou que passará a monitorar as operações de empréstimo em todo o país com valores acima de R$ 1.000,00.

 

Com os consumidores usando cada vez mais cartão de crédito e cada vez menos cheque, em 2011 o valor médio dos pagamentos com cheques em SP registrou aumento de 27,62% na comparação com 2010.

 

Aproveitando-se da valorização do real e da crise dos países do ''primeiro mundo'', nos 2 primeiros meses deste ano os turistas brasileiros gastaram US$ 3,7bi, o que representa um recorde histórico e um crescimento de 19,3% na comparação com igual período do ano passado.

 

Em 2011 o volume de produtos transportados por contêineres nos portos do país cresceu 13% na comparação com 2010, o que mostra que o Brasil aumentou o volume de importação e exportação de produtos com maior valor agregado, embora ainda seja majoritariamente um negociador de produtos primários.

 

-    A Petrobrás caiu -0,4%, porem no final de semana Maria das Graças Foster, a presidenta da empresa, afirmou que se o preço do barril de petróleo seguir no atual patamar de US$ 120, o que é previsto por alguns analistas, será "inexorável" fazer um reajuste nos combustíveis.

-    A Lojas Renner subiu 3,1% e a Lojas Americanas avançou 2,9%, após o anuncio de que em JAN/12 as vendas no varejo brasileiro cresceram 2,6% ante DEZ/11, patamar acima do esperado.

-    A OGX recuou -4,5%, após informar que teve prejuízo de R$ -509,8mi em 2011 e que vai perfurar 26 poços em 2012, ante 19 poços originalmente previstos.

-    A Brasil Foods caiu -1,8%, porem no final de semana a agencia de classificação de risco Moody's elevou sua ''nota'' para a empresa.


Política:
 
Com apenas 51% dos votos, contra 31% de Aníbal e 16% de Tripoli, Serra foi oficialmente escolhido o candidato tucano à prefeitura de SP e logo no seu primeiro discurso afirmou que muitos candidatos não têm propostas ou não conhecem SP.
 
Em uma votação com ânimos acirrados e direito até a empurra-empurra, ontem PT de MG decidiu apoiar a candidatura à reeleição do prefeito de BH, Marcio Lacerda, que é o PSB, fazendo uma "sugestão" para que os socialistas rejeitem a participação do PSDB na coligação.

Crítica:
 
Como faz muita política e trabalha pouco, o Supremo Tribunal Federal, que se reúne apenas duas vezes por semana para julgar processos, já tem uma fila de mais de 659 casos para serem julgados.
 
Indicando mais um desafio para a educação no Brasil, segundo 88% dos professores do nível fundamental da rede pública no país os alunos não aprendem porque os pais não o acompanham e não se envolvem com a educação dos seus filhos.
PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário