R.B. 20/MAR/12 ''Apenas um papelzinho sem importância''


R.B.

"Apenas um papelzinho sem importância"

 

São Paulo, 20 de março de 2012 (TERÇA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, tentando fechar o dia acima dos 68.000pts, impulsionada pelas perspectivas de redução dos problemas nos países do ''primeiro mundo'' e de bom desempenho da economia brasileira.

-    O DÓLAR pode cair, já que, mesmo com as medidas e os leilões de compra do BC, enquanto a taxa real de juros do Brasil seguir como a maior do planeta (atualmente em 4,2%), seguirá ''crescente e constante'' o fluxo positivo de recursos externos.

 

ONTEM

-    BOVESPA 0,1%, abriu ''de lado'', para na mínima recuar -0,2% e, com baixa volatilidade, devido a agenda esvaziada, e bom volume de negócios (R$ 12,4bi) devido ao vencimento de opções, manteve a trajetória indefinida ao longo de todo pregão para fechar perto da estabilidade.

-    DÓLAR 0,4% à R$ 1,81, já abriu em alta e, pressionado pelo discurso do governo contra a queda da moeda norte-americana e pelas recentes medidas cambiais, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão.

-    Na ÁSIA, seguindo o bom desempenho das bolsas de NY na sexta-feira, JAPÃO 0,1%, CORÉIA 0,6% e CHINA 0,2%, com destaques de alta para as ações de bancos, como Mitsubishi (1,3%) e Mizuho Financial (2,1%).

-    Na EUROPA, realizando lucros após 4 pregões consecutivos de alta, quando atingiram os maiores patamares desde meados de 2011, INGLATERRA -0,1%, FRANÇA -0,5% e ALEMANHA -0,1%, com destaques de queda para as ações das montadoras, diante dos ''temores'' de que a valorização recente tenha sido um pouco exagerada.

-    Nos EUA, revertendo uma abertura negativa, S&P 0,4%, DJ 0,1% e NASDAQ 0,7%, com destaque de alta para as ações da Apple (2,6%), que fecharam no maior patamar da história após a empresa anunciar que repartirá um dividendo trimestral de US$ 2,65 por ação e que recomprará US$ 10bi em suas ações nos próximos 3 anos.


Economia:
 
Vendo uma ''luz no fim do túnel'' e acreditando que ela não é um trem que vem nos atropelar, Christine Lagarde, diretora-gerente do FMI, afirmou que a economia global recuou da beira do abismo e que pode estar a caminho da recuperação, porem ressaltou que não há muita margem de manobra e não há espaço para erros de política.
 
Dando uma boa noticia, Mauro Leos, vice-presidente da Moody's e principal analista da agência para o Brasil, ''avisou'' que a referida agência de classificação vai revisar a perspectiva da nota soberana do Brasil no fim deste ano para decidir se elevará ou não sua ''nota'' para o País.
 
Após a divulgação da ultima ata do Copom, o ''mercado'' manteve (1) em 9% sua ''aposta'' para o Selic no final deste ano, (2) em 5,50% sua projeção da inflação oficial de 2013 e (3) em 3,3% sua previsão para o PIB de 2012.
 
Segundo Arno Augustin, secretário do Tesouro, com o objetivo de ajudar no combate à valorização do real e de reduzir o custo dos empréstimos do Brasil, o governo Dilma já negocia o pagamento antecipado de US$ 2,9bi de um empréstimo do BID.
 
Atendendo uma determinação de Dilma, que quer reduzir o custo dos empréstimos no Brasil, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal se preparam para cortes mais agressivos nas taxas oferecidas a clientes com histórico de bom pagador.
 
Com cada vez mais celular do que gente, em FEV/12 foram habilitados 2,4 milhões de novos acessos de celular no Brasil, com isto segundo projeções da Anatel em MAR/12 o Brasil alcançará a marca de 250 milhões de linhas de telefonia móvel.
 
Elevando o saldo positivo acumulado no ano para US$ 1,2bi, na semana passada as exportações brasileiras superaram as importações em US$ 468mi, resultado que é -49,35% menor do que o registrado no mesmo período de 2011, quando a balança comercial acumulava um superávit de US$ 2,3bi.
 
Acumulando um alta de apenas  0,53% no ano e de 3,15% nos últimos 12 meses, o IGP-M subiu 0,35% na segunda prévia de MAR/12, ante um recuo de -0,11% no mesmo período de FEV/12.

Política:
 
Após Dilma ressaltar que não subirá em nenhum palanque nas eleições municipais deste ano, Haddad, pré-candidato do PT à Prefeitura de SP, afirmou ''modestamente'' que não vai pressionar a presidenta para ela participar de sua campanha no primeiro turno.
 
Apesar de terem caído de R$ 80mi no ultimo ano do governo Lula (2010) para R$ 58,7mi no primeiro ano do governo Dilma, os gastos com cartões corporativos continuam em patamares muito elevados.
 
Diante do impasse com o PMDB, que começa a contaminar outros partidos aliados, o Palácio do Planalto decidiu suspender as conversas que seriam agendadas para as próximas semanas entre a presidenta Dilma e as bancadas governistas no Congresso.
 
Revelando mais uma vez sua forma peculiar de fazer política, Serra, em campanha para tentar voltar à Prefeitura de SP, negou que tenha quebrado um compromisso com seus eleitores ao abandonar o cargo em 2006 para disputar o governo do Estado e disse que o documento que assinou para prometer que cumpriria o mandato era ''apenas um papelzinho sem importância''.

Crítica:
 
No encalço dos ''bandidos de toga'', a corregedoria do Conselho Nacional de Justiça vai ampliar suas investigações sobre os rendimentos da cúpula do Tribunal de Justiça do Estado de SP, estendendo seu trabalho a todos os 354 desembargadores da corte e também alguns juízes da primeira instância.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário