R.B. 26/JAN/12 ''Países normais''


R.B.

"Países normais"

 

São Paulo, 26 de janeiro de 2012 (QUINTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve voltar a subir, seguindo a gradativa melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais para ampliar a valorização já acumulada no ano (10,1%), também impulsionada pela manutenção das perspectivas positivas para a economia brasileira.

-    O DÓLAR pode cair, retornando sua ''trajetória natural'' após o ''ajuste técnico'' do ultimo pregão, para novamente fechar abaixo dos R$ 1,75 influenciado pela provável manutenção do ''humor positivo'' na Bovespa.

 

TERÇA-FEIRA

-    BOVESPA 0,2%, revertendo uma abertura negativa, para fechar em alta pelo sétimo pregão consecutivo, apesar do impasse nas negociações para rolagem da dívida da Grécia e novamente beneficiada pela valorização das ações da Petrobras (1,1%) e da Vale (1,3%).

-    DÓLAR 0,1% à R$ 1,75, já abriu em alta e, em um ''ajuste técnico'' após 6 pregões consecutivos de queda, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, também acompanhando a trajetória da moeda norte-americana no mercado internacional.

 

ONTEM

-    Na ÁSIA, esperando um desfecho positivo da reunião do Fed (''BC" dos EUA), CORÉIA e CHINA permaneceram fechadas devido ao feriado de ano novo, porem JAPÃO 1,1%, beneficiada pelos fortes ganhos da Apple e pelo bom desempenho das ações de exportadoras.

-    Na EUROPA, no segundo dia consecutivo de realização de lucros recentes, INGLATERRA -0,5%, FRANÇA -0,3% e ALEMANHA -0,1%, prejudicadas pelas preocupações sobre o resultado das negociações sobre a dívida da Grécia e pelos balanços corporativos fracos.

-    Nos EUA, revertendo uma abertura negativa, S&P 0,9%, DJ 0,7% e NASDAQ 1,1%, impulsionadas pelo lucro da Apple e pela decisão do Fed (''BC'' local) de manter a taxa básica de juros em patamares baixos por pelo menos mais 2 anos.


Economia:
 
Ontem, conforme esperado por ''99% do mercado'', o Fed (''BC'' dos EUA) prometeu que manterá os atuais níveis de taxas de juros, quase nulas, até o "final de 2014 e, seguindo o que fazem os ''países normais'', fixou pela primeira vez na história uma meta de inflação, desta vez de 2%, para guiar suas políticas monetárias.
 
Dando novos, e totalmente distintos, sinais positivos da economia brasileira, (1) em 2011 a demanda por vôos no mercado doméstico brasileiro apresentou crescimento de 15,7% na comparação com 2010, (2) ontem, com uma forte demanda, o frigorífico JBS fechou uma captação externa de US$ 700mi, (3) segundo Tim Cook, executivo-chefe da Apple, atualmente o Brasil é o maior foco de investimentos futuros da empresa e (4) elevando o saldo positivo do ano para US$ 6,6bi, na semana passado o fluxo de dólares para o país ficou positivo em US$ 3,6bi.
 
Como o real está valorizado, o brasileiro endinheirado, os EUA e a Europa estão ''em promoção'' e o Brasil está ''na moda'', em 2011 (1) os gastos dos turistas ''tupiniquins'' no exterior bateram um recorde e atingiram US$ 21,2bi, patamar 29,2% maior que em 2010 e (2) os gastos dos turistas ''gringos'' no Brasil atingiram o recorde histórico de US$ 6,8bi, 14,4% mais do que em 2010.
 
Com o objetivo de proteger a indústria nacional, ontem Câmara de Comércio Exterior criou um grupo de trabalho para, até ABR/12, definir uma lista temporária de 100 produtos que poderão ter sua alíquota de imposto de importação aumentada.
 
Ajudando no controle da inflação, (1) a Anatel aprovou uma nova regra, que já vale em FEV/12, de redução da taxa de interconexão que até 2014 causará uma queda média de até -27% nas chamadas de telefone fixo para celular e (2) começou a valer ontem o acordo que proíbe a distribuição de sacolas plásticas nos grandes supermercados de SP.

Política:
 
Mostrando que o que lhe interessa são votos, e não ideologia política, ontem Kassab, que já foi vice de Serra, afirmou que o ''seu'' PSD é um partido de centro e tem convergência em alguns aspectos com o PT, com quem tem diversas alianças em diversos municípios brasileiros.
 
Mais uma vez, e cada dia mais, fazendo farra com dinheiro publico, no ano passado o Supremo Tribunal Federal aumentou em 41% as despesas com diárias de ministros e funcionários, o que praticamente anula a economia de -35% de gastos gerais com viagens da União no mesmo período.
 
Confirmando sua insatisfação com a escolha de Dilma de colocar um técnico no cargo, integrantes da cúpula do PT de SP boicotaram ontem a cerimônia de posse do novo ministro da Ciência e Tecnologia.

Crítica:
 
Mostrando mais uma vez que a diplomacia de Dilma é muito melhor que a diplomacia de Lula, após não receber o presidente do Irã, ontem o Brasil concedeu um visto para a blogueira cubana Yoani Sánchez, crítica do governo de Raul Castro.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso novo Blog ( http://relatoriobrasil.blogspot.com )

Nenhum comentário:

Postar um comentário