R.B. 2/MAI/11 ''Após quase 10 anos de caçada''


R.B.

"Após quase 10 anos de caçada"

 

São Paulo, 2 de maio de 2011 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, acompanhando o ''humor positivo'' das demais bolsas mundiais, que comemoram o assassinato de Osama bin Laden, podendo até fechar o mês de MAI/11 próxima dos 70.000pts caso (1) a inflação de sinais de controle no Brasil, (2) os juros ainda não subam nos EUA e na Europa, (3) os conflitos no Oriente Médio e norte da África diminuam e (4) não apareçam novos ''esqueletos'' da na crise da dívida no Velho Continente.

-    O DÓLAR pode cair, acompanhando a esperada melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais e ainda influenciado pelo ''crescente e constante'' fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e ''investimentos''.

 

SEXTA-FEIRA

-    BOVESPA 0,7%, já abriu em alta e, tentando recuperar uma parte das perdas acumuladas no mês (-3,6%), manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, com bom volume de negócios (R$ 6,7bi) e seguindo o ''humor positivo'' nas demais bolsas mundiais.

-    DÓLAR -0,6% à R$ 1,57, já abriu em queda e, mesmo com os leilões de compra do BC, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, para fechar o mês acumulando uma desvalorização de -3,5%, diante da manutenção do fluxo positivo de recursos externos..

-    Na ÁSIA, com baixos volumes de negócios e sem uma tendência única, JAPÃO esteve fechado por conta de feriado, CHINA 0,9%, revertendo 5 sessões consecutivas de baixa e com destaques de alta para as ações das empresas de eletricidade, diante das expectativas de aumento das tarifas e CORÉIA -0,7%, com as ações de montadoras e indústrias químicas sucumbindo à realização de lucros.

-    Na EUROPA, acumulando ganhos no mês, INGLATERRA (2,8% no mês) não teve pregão em comemoração ao casamento do príncipe William com Kate Middleton, FRANÇA 0,1% (2,9% no mês) e ALEMANHA 0,5% (6,7% no mês), com baixo volume de negócios e destaques de alta para as montadoras.

-    Nos EUA, fechando ABR/11 com os melhores desempenhos dos 4 primeiros meses do ano, S&P 0,2% (2,8%), DJ 0,4% (4,0%) e NASDAQ 0,1% (3,3%), apoiadas na força dos papéis da Caterpillar, que reportou um salto de 5 vezes no lucro e elevou sua perspectiva de desempenho para o restante do ano, e de outras empresas do setor industrial.


Economia:
 

Com o governo Dilma mantendo as contas publicas em ordem, segundo o BC o superávit primário atingiu R$ 39,3bi no primeiro trimestre deste ano, mais que o dobro do resultado contabilizado no mesmo período em 2010.

 

Além de dobrar o volume de crédito para investimentos nos últimos 2 anos, o BNDES está aumentando a sua presença na economia influenciando processos de consolidação ou adquirindo participações em empresas.

 

Dando novos sinais positivos da economia interna, (1) em FEV/11 a venda de casas e apartamentos usados na capital paulista cresceu 35,77% em relação ao mês anterior e (2) o percentual de famílias paulistas endividadas recuou de 52,8% do total, em MAR/11, para 48,3% em ABR/11.

 

Apesar de fazer um pacote de exigências, que vai de infraestrutura a garantia de incentivos, passando por mudança na legislação fiscal, a empresa taiwanesa Foxconn anunciou que nos próximos 5 anos investirá US$ 12bi no Brasil.

 

Mesmo com a valorização do real, que teoricamente prejudica as exportações brasileiras, o governo Dilma decidiu elevar ''substancialmente'' suas ''apostas'' para o superávit da balança comercial brasileira em 2011, que atualmente está em US$ 13bi.

 

-    A Oi caiu -1,5%, após reportar um prejuízo de R$ -395mi no primeiro trimestre deste ano, ante um ganho de R$ 518mi apurados um ano antes.

-    A Lojas Renner subiu 2,8%, pois registrou lucro líquido de R$ 47,6mi no primeiro trimestre, em um incremento de 29% sobre os ganhos de 1 ano antes.

-    A Petrobrás subiu 1,1% e, após o fechamento do pregão anunciou (1) que vai pagar juros sobre o capital próprio corresponde a R$ 0,20 por ação ordinária ou preferencial e (2) a redução dos investimentos no pré-sal da Bacia de Santos.


Política:
 
Aumentando a debandada da oposição, ontem Raimundo Colombo, governador de Santa Catarina, anunciou por meio de uma nota "à sociedade catarinense" que deixará o DEM para seguir para o PSD de Kassab.
 
Recebendo a tarefa de montar os palanques petistas para a corrida municipal do ano que vem, o deputado Rui Falcão, novo presidente do PT, afirmou que o partido lançará candidato à Prefeitura de SP e afastou a chance de aliança com o recém-criado PSD.
 
''Garantindo'' que o PSDB é um dos partidos mais vigorosos do País, o senador tucano Aécio Neves rechaçou análises que sinalizam que a oposição está em crise e descartou que ela ocorra, em particular, entre os próprios tucanos.
 
Sem a presença de Lula e de Dilma, Alckmin se sentiu ''confortável'' para ir na festa de comemoração do 1º de Maio organizada pela Força Sindical, porem o governador paulista foi vaiado pelo ''povão'' ao lado do senador Aécio Neves.

Crítica:
 
Podendo facilitar a reeleição de Obama, reduzir os riscos dos investimentos e gerar uma melhora na confiança do consumidor norte-americano, ontem o presidente dos EUA anunciou, com muito orgulho, que ''após quase 10 anos de caçada'' seu exercito conseguiu assassinar o terrorista Osama bin Laden, líder da Al Qaeda e responsável pelos ataques de 11/SET/01.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso novo Blog ( http://relatoriobrasil.blogspot.com )

Nenhum comentário:

Postar um comentário