R.B. 12/MAI/11 "Gente diferenciada"


R.B.

"Gente diferenciada"

 

São Paulo, 12 de maio de 2011 (QUINTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA pode seguir em queda, acompanhando o movimento das demais bolsas mundiais e também pressionada pela Petrobrás que, alem de ser afetada negativamente pelo recuo do petróleo, foi prejudicada pelo governo que a ''escalou para pagar o pato'' da alta da inflação reduzindo o preço dos seus combustíveis.

-    O DÓLAR deve voltar a subir, pressionado pelos leilões de compra do BC, acompanhando o provável ''humor negativo'' na Bovespa e seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana, porem deve-se ressaltar que a tendência ainda é de baixa, principalmente diante do elevado patamar da taxa real de juros da economia brasileira (cerca de 6,2%).

 

ONTEM

-    BOVESPA –1,7%, já abriu em queda, e, devolvendo ''quase'' todos os ganhos acumulados em 3 pregões consecutivos de alta (2,3%), manteve a trajetória negativa ao longo de todo dia, seguindo a desvalorização das commodities e as noticias negativas da China, aonde permanece o ''temor'' de uma nova rodada de medidas para conter a alta dos preços, e dos EUA, aonde o déficit comercial foi maior do que o previsto.

-    DÓLAR 0,9% à R$ 1,62, já abriu em alta e, seguindo o ''humor negativo'' na Bovespa, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, para fechar no maior patamar desde o final de MAR/11, também afetado pelo forte recuo das commodities e pelos leilões de compra do BC.

-    Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO 0,5%, com destaques de alta para as exportadoras, influenciadas pela queda da moeda local (o iene) frente ao dólar, CHINA –0,3%, prejudicada pelo anuncio de que em ABR/11 a inflação veio acima e o crescimento da economia ficou abaixo das expectativas e CORÉIA 1,3%, seguindo o fechamento positivo das bolsas de NY no dia anterior e com destaques de alta para as ações do setor químico.

-    Na EUROPA, também sem uma tendência única, INGLATERRA –0,7%, FRANÇA 0,1% e ALEMANHA –0,1%, divididas entre balanços positivos, como o da Hermès (3,3%), projeções econômicas mais fracas do BC da Inglaterra e o recuo das ações das mineradoras, como Anglo American (-2,1%) e Antofagasta (-2,5%).

-    Nos EUA, devolvendo em 1 só pregão as altas acumuladas em 3 sessões consecutivas, S&P –1,1%, DJ –1,0% e NASDAQ –0,9%, pressionadas pelo recuo acentuado nas ações do setor de energia e de commodities, alimentando preocupações sobre a capacidade do mercado de manter sua trajetória ascendente.


Economia:
 

Preocupado, mesmo sem falar abertamente, com o câmbio artificial utilizado pela China, que tem fortalecido a economia local e prejudicado as exportações brasileiras, Mantega, ministro da Fazenda, ''comemorou'' a decisão da OMC aceitar abrir a discussão sobre o efeito das mudanças cambiais no comércio internacional.

 

Dilma afirmou ontem, durante cerimônia de instalação da Câmara de Políticas de Gestão, Desempenho e Competitividade, que aliás aconselhará a presidenta na formulação de mecanismos de controle do gasto público, que o Brasil precisa crescer ao mesmo tempo em que controla a inflação e realiza a consolidação fiscal.

 

Dando novos sinais positivos da economia interna, (1) as vendas dos shopping centers no Dia das Mães deste ano foram 12% maiores que no mesmo período de 2010, (2) o Brasil bateu recorde na criação de emprego formal em 2010, com a geração de 2,861 milhões de empregos formais e (3) projetando um crescimento de 15% para este ano, as franquias brasileiras tem mais de 3.584 vagas de trabalho para serem preenchidas.

 

Pressionada pela alta da inflação e também influenciada pela falta de educação financeira da população brasileira, em ABR/11 a inadimplência do consumidor registrou um acréscimo de 17,3% na comparação com o mesmo mês no ano passado, apresentando a 12ª elevação anual consecutiva nesta base de comparação.

 

-    Acumulando uma alta de 10,1% nos últimos 12 meses, o IGP-M de MAI/11 ficou em 0,70%, ante variação de 0,55% apurada no mesmo período de ABR/11.

 

-    A Gol caiu –4,1%, mesmo após anunciar que seu lucro liquido no primeiro semestre deste ano foi 33,5% maior que no mesmo período de 2010.

-    A Petrobras -2,7%, seguindo o recuo dos preços do petróleo e a decisão do governo de baixar os preços dos combustíveis por meio da BR Distribuidora, a subsidiária da Petrobras que é dona de quase 50% desse mercado no país.

-    A Eletropaulo caiu -1,6% e, após o fechamento do pregão, anunciou que, impulsionado pelo crescimento acima do esperado no consumo, seu lucro no primeiro trimestre deste ano foi 26,5% maior que 1 ano antes.


Política:
 
Após quase 16h discussões, acordos e reuniões, que inclusive tiveram uma troca de ofensas entre Marina Silva e Aldo Rebelo, os ''nobres'' deputados federais decidiram na madrugada de hoje adiar, mais uma vez, a votação do texto do novo Código Florestal brasileiro.
 
Após o senador democrata Demóstenes Torres lançar ontem informalmente a candidatura do senador tucano Aécio Neves à Presidência da República em 2014, Serra, ex-governador de SP, afirmou que o problema da oposição hoje no Brasil é não ter encontrado ainda um caminho.
 
Deixando claro que não desistiu de disputar a prefeitura de SP em 2012, Paulo Skaf, presidente da Fiesp, filiou-se ontem ao PMDB, que ao que tudo indica, ou ao menos indicava, pretendia apoiar a candidatura do deputado Gabriel Chalita para o cargo.
Crítica:
 
Escancarando mais uma vez a péssima infraestrutura brasileira, a fila de caminhões no acostamento da BR-277 para escoar a safra de grãos no porto de Paranaguá chegou a quase 30 km de extensão nesta quarta-feira.
 
Como ''fruto amargo'' de uma cultura consumista e individualista, segundo uma pesquisa da agência da ONU para Agricultura e Alimentação, cerca de 1/3 dos alimentos produzidos por ano no mundo é desperdiçado, o que representa incríveis 1,3bi de toneladas.
 
Com argumentos como não permitir que "gente diferenciada" freqüente o bairro, os moradores de Higienópolis, bairro de SP aonde mora FHC, conseguiram fazer com que o governo paulista desistisse de construir uma estação de metrô na Avenida Angélica, uma das principais vias locais.
 
Segundo uma postagem feita no twitter do cineasta norte-americano Michael Moore, depois de 10 anos, 2 guerras, 919.967 mortes e 1,188 trilhão de dólares gastos, os EUA conseguiram matar 1 pessoa, o terrorista Bin Laden.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso novo Blog ( http://relatoriobrasil.blogspot.com )

Nenhum comentário:

Postar um comentário