R.B. 8/ABR/11 ''Uma enorme ignorância''


R.B.

"Uma enorme ignorância"

 

São Paulo, 8 de abril de 2011 (SEXTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve seguir em alta, rumo aos 70.000pts, acompanhando a valorização das commodities, em especial o petróleo, o bom desempenho das demais bolsas mundiais e as perspectivas positivas para a economia brasileira.

-    O DÓLAR pode voltar a cair, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana, que aliás no Brasil é ''turbinada'' pelo elevado patamar da taxa real de juros da economia brasileira (cerca de 5,9%).

 

ONTEM

-    BOVESPA 0,2%, abriu ''de lado'', para na mínima recuar -0,5%, porem fechou em leve alta, sustentando o suporte dos 69.000pts (aos 69.176pts), impulsionada pelo bom desempenho das ações de bancos e construtoras.

-    DÓLAR -1,9% à R$ 1,58, já abriu em queda e, desdenhando das medidas anunciadas no dia anterior por Mantega, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, para fechar o dia com o pior "tombo" em quase 10 meses e no menor patamar desde AGO/08.

-    Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO 0,1%, influenciada pelos bons números de Wall Street no dia anterior e com destaque de alta para a exportadora Honda Motor (1,2%), que se beneficiou da desvalorização da moeda local (o iene) frente ao dólar, CHINA 0,2%, liderada pelas siderúrgicas, diante das expectativas de aumento da demanda e dos preços dos produtos e CORÉIA -0,2%, realizando lucros, principalmente entre empresas de tecnologia, como Samsung (-1,5%) e LG (-1,9%).

-    Na EUROPA, revertendo uma abertura positiva, diante das noticias de que o Japão foi novamente atingido por um forte terremoto, INGLATERRA -0,6%, FRANÇA -0,5% e ALEMANHA -0,5%, com destaques de queda para as ações das mineradoras.

-    Nos EUA, também revertendo uma abertura positiva, já que o novo e forte terremoto no Japão reacendeu os ''temores'' de uma crise nuclear, S&P -0,1%, DJ -0,1% e NASDAQ -0,1%, porem com a alta nas ações do setor de varejo, após as vendas do segmento se mostrarem mais fortes que o esperado em MAR/11, limitando maiores perdas no mercado, uma vez que os números reforçaram evidências de uma recuperação econômica sustentável.


Economia:
 
Contrariando ''rumores'' de que, para a felicidade geral da nação, pediria demissão, Mantega, ministro da Fazenda, convocou no final do dia de ontem mais uma coletiva com a imprensa para anunciar a elevação, de 1,5% para 3% ao ano, do IOF cobrado nas operações de crédito à pessoa, ressaltando que a medida visa ajudar a trazer a inflação ao patamar adequado.
 
Confirmando o bom momento da economia brasileira, mesmo com as recentes elevações da Selic, (1) em FEV/11 a indústria de transformação,  após 2 meses consecutivos de queda, voltou a apresentar crescimento do faturamento, desta vez de 6,9% na comparação com JAN/11 e de 14,3% na comparação com FEV/10 e (2) nos 3 primeiros meses de 2011 a produção de veículos no Brasil bateu mais um recorde histórico e acumulou um crescimento de 7,9% no confronto com o mesmo período no ano passado.
 
Mais uma vez sendo ''obrigado'' a corrigir uma besteira que falou, Mantega, ministro da Fazenda, admitiu ontem que, caso o petróleo siga em patamares elevados nos próximos meses, o governo poderá avaliar a possibilidade de aumento nos preços dos seus derivados.
 
Para acompanhar a elevação de sua ''nota'' para o Brasil e confirmando a solidez do setor bancário brasileiro, ontem a agência de classificação de risco Fitch aumentou sua ''nota'' para vários bancos brasileiros, como Bradesco, Itaú Unibanco, Santander e Banco do Brasil.
 
Aperfeiçoando cada dia mais o mercado acionário brasileiro, ontem a Bovespa anunciou que vai lançar em MAI/11 4 novos índices de ações, são eles (1) o Índice Brasil Amplo, que terá cerca de 160 empresas que representam 99% das negociações diárias, (2) o Índice de boas pagadoras de dividendos, que será composto por 25% das empresas do índice anterior com melhores indicadores de retorno sobre dividendo, (3) o Índice das empresas baseadas em commodities e (4) o Índice das empresas do setor de serviços públicos.
 
Pressionada pela alta dos combustíveis, do transporte público e dos alimentos, o IPCA de MAR/11 ficou em 0,79%, com isto a inflação acumulada em 12 meses chegou a 6,30%, o maior patamar desde NOV/08 e muito próximo do teto da meta do BC (6,5%).

Política:
 
Assim como fazem os ditadores, que doutrinam suas criancinhas desde a escola, o governo do tucano Anastasia em MG aplicou um prova na rede estadual de ensino na qual o ex-presidente Lula é retratado em uma charge entregando dinheiro a políticos.
 
Criando um mostro cada dia mais perigoso à democracia brasileira, ontem, em seu último dia de votações, a Comissão de Reforma Política aprovou a criação de uma cota para mulheres nas listas de candidatos dos partidos, para que metade das vagas seja preenchida por homens e metade por mulheres.
 
Como para as autoridades nunca falta verba, depois de várias desistências provocadas pela previsão de que a medida será criticada pelos contribuintes, ontem o Senado decidiu trocar a frota de 86 veículos utilizados pelos ''nobres'' parlamentares.
 
Em MG para lançar seu partido, o PSD, Kassab, prefeito de SP, elogiou o senador Aécio Neves e sua gestão à frente do governo de Minas, deixando em aberto um possível apoio ao tucano na eleição presidencial de 2014.

Crítica:
 
Mostrando que, assim como todo morto vira santo, todo demitido vira demônio, ontem Lula afirmou, após fazer uma palestra para a Microsoft em Washington, que Agnelli, ex-presidente da Vale, tinha uma ''teoria equivocada'' sobre a empresa ao não fazer investimentos no Brasil.
 
Além de garantir a preservação a longo prazo, a poda sustentável de árvores na Amazônia para a extração de madeira poderia, segundo um estudo do Ministério da Fazenda, gerar ao país receita anual de US$ 6bi e 170 mil empregos.
 
Para quem ainda acredita que uma população armada está mais segura, o massacre na escola estadual do RJ comprova que isto é ''uma enorme ignorância'', corroborando com esta tese, José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça, ''avisou'' que o governo vai iniciar este ano uma nova campanha pelo desarmamento no Brasil.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso novo Blog ( http://relatoriobrasil.blogspot.com )

Nenhum comentário:

Postar um comentário