R.B. 4/JAN/11 ''Enorme vergonha''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Enorme vergonha"

São Paulo, 4 de janeiro de 2011 (TERÇA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve seguir em alta, para fechar acima dos 70.000pts, ainda acompanhando a melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais e influenciada positivamente pelas boas perspectivas para a economia brasileira.
- O DÓLAR pode voltar a subir, com ''boas chances'' de fechar o dia abaixo dos R$ 1,65, influenciado pela consolidação das ''apostas'' de aumento da selic na próxima reunião do Copom e também seguindo o ''humor positivo'' das demais bolsas mundiais.

ONTEM
- BOVESPA 0,9%, já abriu em alta e, acompanhando a melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, beneficiada pelas perspectivas positivas para a economia brasileira e pelos sinais de que a situação da economia norte-americana está melhorando.
- DÓLAR -0,9% à R$ 1,65, já abriu em queda e, acompanhando a melhora do ''humor'' no mundo, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, mesmo com os leilões de compra do BC, para fechar no menor patamar desde SET/08, também influenciado pelo forte recuo do risco-Brasil (-5,4%).
- Na ÁSIA, com baixo volume de negócios JAPÃO e CHINA ficaram fechados devido a feriados locais e CORÉIA 0,9%, no maior patamar da história (aos 2.070pts) e com destaques de alta para as ações do setor de tecnologia, como Samsung Electronics (1,7%), Hynix Semiconductor (5,4%) e LG Electronics (1,7%).
- Na EUROPA, começando o ano com ''o pé direito'', diante da divulgação de indicadores positivos sobre a atividade industrial nos EUA e na zona do euro, INGLATERRA não teve pregão devido a feriado local, FRANÇA 2,5%, com destaques de alta para as ações de bancos e ALEMANHA 1,1%, impulsionada pelo bom desempenho dos papéis de montadoras.
- Nos EUA, dando ''boas-vindas'' a 2011 atingindo os maiores patamares em 2 anos, S&P 1,1%, DJ 0,8% e NASDAQ 1,5%, diante da divulgação de sinais encorajadores sobre a perspectiva para o setor manufatureiro tanto no país como na Europa e na China e com destaques de alta para ações de empresas do setor financeiro, que teve uma performance abaixo da média do mercado no ano passado.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Mostrando austeridade, o que aliás é fundamental para o cargo que passou a ocupar, Alexandre Tombini, o novo presidente do BC brasileiro, defendeu a estabilidade do poder de compra da moeda e a redução da meta de inflação fixada pelo governo, que hoje é de 4,5%, o que corrobora com as ''apostas'' de que a Selic subirá na primeira reunião do Copom que ocorre na terceira semana de JAN/11.

Pressionando o Copom a elevar a Selic na reunião que ocorrerá na terceira semana de JAN/11, o ''mercado'' elevou, desta vez de 5,31% ara 5,32%, suas ''apostas'' para o IPCA de 2011, patamar bem acima do centro da meta estipulada pelo governo federal (4,50%).

Apresentando mais um avanço a ''era Lula'', segundo a consultoria Economática, as empresas de capital aberto brasileiras listadas na Bovespa encerraram 2010 com valor de mercado recorde, de US$ 1,5tri, contra US$ 1,46tri em DEZ/09 e US$ 98,8bi no início do Plano Real, em JUN/94, o que aponta para um crescimento de 15,2 vezes ante DEZ/10.

Dando mais um sinal da solidez da economia brasileira, as reservas internacionais do Brasil terminaram o ano de 2010 em US$ 288,6bi, o que, alem de colocar o país entre as economias com o maior nível de reservas em moeda estrangeira, representa um (1) recorde histórico, (2) aumento de 20,7% em relação aos US$ 239bi verificados em 31/DEZ/09 e (3) crescimento de 665% na comparação com os US$ 37,7bi do inicio da era lula em 31/DEZ/02.

Diante da queda do dólar e do bom momento da economia brasileira, em 2010 o Consulado Geral dos EUA em SP emitiu um total de 319.738 mil vistos, número representa um crescimento de 23% em relação a 2009, quando foram emitidos 259.075 vistos.

Em 2010, apesar da queda do superávit comercial (-19,7% na comparação com 2009), que ficou em ''apenas'' US$ 20,3bi (o menor patamar da era Lula), as exportações brasileiras, beneficiadas pelos ''passeios'' que o ex-presidente fazia pelo mundo, atingiram US$ 201,9bi, batendo com isto mais um recorde histórico.

- A Vale subiu 2,9%, após a empresa, como quem garante que não está com ''a mão amarela'', negar mais uma vez que trocará de presidente por pressão política.
- A Cesp caiu -0,6%, após o tucano José Aníbal, novo secretário de Energia do Estado de SP, afirmar que a eventual privatização da empresa só será discutida pelo governo estadual após a definição sobre o tema da renovação das concessões do setor elétrico, que vencem a partir de 2015.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Temendo a primeira crise política de seu governo, Dilma agiu rápido para tentar conter a revolta do PMDB por conta da disputa com o PT pelos cargos importantes do segundo escalão do governo federal e decidiu suspender a definição destes cargos até a eleição das presidências da Câmara e do Senado, em FEV/11.

Fazendo o que deveria ser feito, Afonso Florence, novo ministro do Desenvolvimento Agrário, prometeu ontem que não vai nomear pessoas ligadas a qualquer entidade, como principalmente o MST, para as superintendências do Incra.

Mostrando o quanto confia no ''companheiro Serra'', Alckmin, o novo governador de SP, decidiu que fará uma auditoria em todos os contratos de terceirização de serviços herdados da gestão anterior, que aliás somam R$ 4,1bi.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Representando uma ''enorme vergonha'', mesmo com a queda de -60% na comparação com 2009, em 2010 os fiscais do Ministério do Trabalho resgataram 2.300 trabalhadores em condições análogas à escravidão no Brasil.

Se adequando e ampliando uma medida que já ocorre nas cidades de ''primeiro mundo'', como São Paulo, BH e RJ, o parlamento da Espanha aprovou uma lei nacional proibindo o fumo em locais públicos fechados, o que obrigará 30% da população a buscar espaços alternativos para consumir o que 70% de seus compatriotas condenam.

Aumentando suas chances de se reeleger em 2012, segundo a mais recente pesquisa do instituto Gallup, a aprovação de Obama, presidente dos EUA, está em 50%, o nível mais alto dos últimos 7 meses.
-------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário