R.B. 15/OUT/10 ''Uma conversa cara a cara"

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Uma conversa cara a cara"

São Paulo, 15 de outubro de 2010 (SEXTA-FEIRA).
-------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA pode seguir em alta, rumo aos 72.000pts, seguindo as perspectivas positivas para a economia brasileira e já começando a ''apostar'' que o Copom, na sua reunião da próxima semana , manterá nos atuais 10,75% a taxa básica de juros.
- O DÓLAR deve cair, retornando à sua ''trajetória natural'' após a alta de ontem, já que tornou praticamente um consenso de que o aumento do IOF para aplicações de renda fixa feitas por estrangeiros ou a ampliação do limite de compras pelo Tesouro não serão suficientes para conter o fluxo positivo de recursos externos.

ONTEM
- BOVESPA 0,1%, abriu ''de lado'' e, com pouca volatilidade, já que na mínima recuou -0,5% e na máxima avançou 0,4%, fechou próxima da estabilidade, com bom volume de negócios (R$ 9,1bi) e no maior patamar desde 8/ABR/10.
- DÓLAR 0,5% à R$ 1,66, em queda, para na mínima atingir R$ 1,64, porem logo passou a subir, pressionado pelos leilões de compra do BC e em um ''ajuste técnico'' após cair por 3 dias consecutivos e fechar no menor patamar desde 1º/SET/08.
- Na ÁSIA, seguindo o fechamento positivo das bolsas de NY no dia anterior, JAPÃO 1,9%, beneficiada pela elevação dos preços das commodities e impulsionada por um rali em papéis de líderes do setor exportador, já que os investidores deixaram de lado temporariamente as preocupações com a valorização da moeda local (o iene) frente ao dólar, CHINA 0,6%, na maior pontuação em mais de 5 meses, com destaques positivos para as ações de bancos e CORÉIA 1,3%, ''comemorando'' a decisão do BC local de manter inalterada a taxa básica de juros.
- Na EUROPA, com dados econômicos fracos dos EUA prejudicando o sentimento de retomada, INGLATERRA -0,3%, FRANÇA -0,2% e ALEMANHA -0,3%, com destaques de queda para as ações do setor bancário, pressionadas pelos receios sobre as exigências de capital de Basiléia 3.
- Nos EUA, realizando, ainda que ''timidamente'', lucros recentes, S&P -0,3%, DJ -0,1% e NASDAQ -0,2%, também pressionadas por ações de bancos, com os investidores temendo que a contaminação de uma crise de dívida possa minar a força do mercado após um rali de cinco semanas.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Ampliando as fronteiras do agronegócio brasileiro, os produtores brasileiros de café, que já colhem a maior safra do mundo, estão mais próximos de receberem autorização para se tornarem uma das origens que podem entregar fisicamente o produto contra o vencimento de contratos futuros na Bolsa de NY.

Dando novos sinais positivos da economia brasileira, (1) em AGO/10, apresentando o quarto mês consecutivo de expansão, as vendas do comércio varejista cresceram 2,0% sobre JUN/10 e 10,4% na comparação com AGO/09, (2) segundo estimativas da Fiesp o emprego na indústria de SP deve fechar o ano com crescimento de 5% na comparação com 2009, o que vai representar o melhor resultado para a geração de empregos na indústria do Estado desde que se começou a contabilizar os dados (em 2005) e (3) até DEZ/10 serão criadas 139 mil vagas temporárias de trabalho em todo o país, um crescimento de 11% em relação ao mesmo período de 2009.

Ajudando, e muito, na expansão dos setores produtivos da economia brasileira, segundo Luciano Coutinho, presidente do BNDES, este ano o banco de fomento deve desembolsar um volume maior de recursos do que no ano passado (R$ 137bi), já que as medidas de estímulo ao mercado de capitais demoraram mais tempo para sair do que o previsto.

Mesmo com o aumento da Selic entre ABR/10 e JUL/10, em SET/10 a taxa de juros ao consumidor registrou a terceira queda mensal consecutiva e agora a média para as operações de crédito está em 6,74% ao mês (118,74% ao ano), o que é o menor patamar desde 1995.

Arrefecendo na comparação com o registrado no mesmo período do mês anterior (0.99%), em OUT/10 a primeira prévia do IGP-M ficou em 0,75%, acumulando com isto uma alta de 8,70% no ano e de 8,53% nos últimos 12 meses.

- A Vale subiu 0,9% e, após o fechamento do pregão, anunciou que pagará R$ 2,9bi em dividendos aos seus acionistas, o que equivale a R$ 0,55 por ação.
- A OGX caiu 0,7%, mesmo após Paulo Mendonça, seu diretor geral, afirmar que as constantes descobertas feitas pela empresa têm sido fator "complicador" para a avaliação dos interessados na compra de parte dos ativos da companhia.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Ascendendo definitivamente o ''alerta vermelho'' no QG petista, segundo a ultima pesquisa divulgada Dilma, atacada por todos os lados, está com 52,3% nos votos válidos, o que a coloca tecnicamente empatada com Serra, que tem 47,7% das intenções.

Fazendo o que pode, e até o que não pode, para eleger sua ''pupila'', ontem Lula afirmou, durante um comício no Pará, que seus opositores transferem o ódio que sentem contra ele para Dilma.

Como um ''velho jogador aposentado'' que fala que na sua época o futebol era melhor, FHC, mostrando mais uma vez que morre de inveja de Lula, ''desafiou'' o petista para ''uma conversa cara a cara" quando o petista "puser o pijama".

Como não teve ''cara de pau'' de ir ao debate entre os candidatos ao governo do DF, Weslian Roriz, obviamente acompanhada de seu marido Joaquim Roriz, fez um comício ontem à noite com forte tom religioso pedindo votos ao tucano Serra e ressaltando que ele é um ''homem de Deus'' e não ''uma mulher que não tem força".
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Perdendo um pouco de pose mas mantendo a coroa, como sabe que, diante da crise financeira mundial que levou os países a cortarem seus gastos públicos, cada dia menos súditos estão dispostos a pagar suas mordomias, a rainha Elizabeth 2ª cancelou uma planejada festa de Natal no palácio de Buckingham que custaria US$ 79 mil e contaria com 1.200 convidados.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário