R.B. 5/JUL/10 ''O Imperialismo Tupiniquim mostrando suas garras''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"O Imperialismo Tupiniquim mostrando suas garras"

El Colorado, 5 de julho de 2010 (SEGUNDA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve seguir em alta, com ''boas chances'' de fechar a semana próxima dos 65.000pts, embalada pelos sinais de que os problemas'' externos deve perder força e pelas crescentes ''apostas'' no bom desempenho da economia brasileira.
- O DÓLAR pode voltar a cair, para fechar em baixa pelo quarto pregão consecutivo e seguindo sua trajetória rumo aos R$ 1,75, já que o diferencial "elevado e crescente" entre os juros domésticos e internacionais segue atraindo capital estrangeiro.

SEXTA-FEIRA
- BOVESPA 0,3%, abriu ''de lado'', para na mínima recuar -0,6%, porem, com baixo volume de negócios (R$ 3,6) já que o ''mercado'' acompanhava o fracasso do Brasil na Copa, passou a subir na parte da tarde, recuperando perdas recentes.
- DÓLAR -1,0% à R$ 1,78, já abriu em queda e, também com baixo volume de negócios, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, seguindo o novo recuo do risco-Brasil (-2,4%).
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO 0,1%, em um movimento da ''caça por pechinchas'' diante das fortes quedas dos valores nos últimos dias e graças a uma leve baixa da moeda local (o iene) frente ao euro e ao dólar, CHINA 0,4%, após revisar o crescimento de seu PIB de 2009 de 8,7% para 9,1% e CORÉIA -0,9%, seguindo as perdas das bolsas da Europa no dia anterior.
- Na EUROPA, no segundo dia de recuperação, INGLATERRA 0,7%, FRANÇA 0,2% e ALEMANHA 0,1%, sustentadas pela recuperação das ações do setores automotivo e de mineração, embora no final do pregão tenham devolvido parte dos ganhos em meio a dados mistos sobre o mercado de trabalho dos EUA.
- Nos EUA, revertendo uma abertura positiva, para fecharem com o pior resultado semanal dos últimos 2 meses, S&P -0,5%, DJ -0,5% e NASDAQ -0,5%, desta vez prejudicas pela divulgação de dados decepcionantes do mercado de trabalho.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Como Lula acredita que o Estado deve ser um agente estimulador da economia, durante os 6 primeiros meses deste ano os investimentos do governo atingiram R$ 42bi, ou 1,25% do PIB, o que representa o maior nível desde a redemocratização do Brasil e um salto de quase 60% na comparação com o mesmo período de 2009.

Com ''o Imperialismo Tupiniquim mostrando suas garras'', aproveitando-se do real forte e da crise financeira no ''primeiro mundo'', desde o inicio destes ano as multinacionais brasileiras investiram US$ 11,2bi para adquirirem suas concorrentes no exterior, contra US$ 10,6bi investidos pelos estrangeiros para comprarem empresas no Brasil.

Mostrando que, mesmo com as recentes elevações na Selic e com os problemas externos, a economia brasileira continua ''firme e forte'', em MAI/10 a perspectiva de crédito para as empresas nos próximos 6 meses avançou 0,3% ante ABR/10, atingindo o valor de 98,7pts e registrando a segunda alta mensal consecutiva.

Impulsionado pela facilitação do crédito, pelo aumento da renda e por uma nova onda de investimentos públicos, o setor de construção civil brasileiro comemora um novo "milagre econômico", a exemplo do que ocorreu na década 70, já que tem batido recordes de produção e emprego mês a mês.

já que a rodada de Doha foi praticamente ''assassinada'' pela crise financeira mundial, o que se confirmou na ultima reunião do G-20, foi relançada em Buenos Aires, com bastante disposição e otimismo, as negociações entre a UE e o Mercosul para um acordo de livre comércio, interrompidas em 2004.

- O Pão de Açúcar subiu 0,5%, após anunciar o fechamento de novo acordo para consolidar a fusão com a Casas Bahia.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Confirmando pela ''enésima'' vez que ''a pressa é inimiga da perfeição'', Índio da Costa, o vice que o DEM enfiou ''goela abaixo'' de Serra, já usou a tribuna da Câmara para afirmar que (1) o pré-sal não deveria ser explorado, (2) quem dá esmola deveria ser punido, (3) os traficantes deveriam receber pena de morte, (4) o Brasil não deveria ajudar o Haiti e (5) as escolas deveriam proibir coxinhas e pirulitos.

Contrariando as ''apostas'' do PT e dando um animo novo aos tucanos, segundo a ultima pesquisa divulgada Serra subiu de 35% para 39%, Dilma caiu de 40% para 39% e Marina subiu de 9% para 10%.

Usados, como sempre, pelos partidos grandes, os partidos ''nanicos'', obviamente em troca de alguns trocados, devem ingressar com ações de inconstitucionalidade da nova Lei do Ficha Limpa no STF.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Na sexta-feira, insatisfeito com as novas sanções unilaterais impostas ao Irã pelos EUA, Olli Heinonen, inspetor chefe da ONU para das ações no Irã e na Síria, anunciou que vai deixar o cargo e, ao mesmo tempo, sem ''medo'' de Obama, o governo da Rússia ''avisou'' que irá honrar o acordo feito com a República Islâmicas para a venda de mísseis S-300.

Com a maior ''cara de pau'', a criminosa e incompetente British Petroleum, que já causou o maior desastre ecológico da história, iniciou a busca por um investidor estratégico para ajudar a garantir sua independência, à medida que precisará se defender contra potenciais ofertas de aquisição.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário