R.B. 30/JUL/10 ''Garras de matador''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Garras de matador"

São Paulo, 30 de julho de 2010 (SEXTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, ainda ''embalada'' pelos bons resultados corporativos de empresas brasileiras, mesmo diante dos sinais de realização de lucros nas principais bolsas mundiais e mesmo após acumular uma valorização de 7,4% nos 9 últimos pregões.
- O DÓLAR pode subir, acompanhando o ''humor negativo'' das demais bolsas mundiais, porem deve-se ressaltar que a tendência ainda é de queda, já que, diante das boas perspectivas para a economia brasileira, o fluxo de recursos externos continua positivo.

ONTEM
- BOVESPA 0,2%, já abriu em alta e, apesar de na mínima chegar a recuar -0,3%, fechou em território positivo pelo nono pregão consecutivo, beneficiada pela valorização das commodities e pela divulgação de bons resultados corporativos de empresas brasileiras.
- DÓLAR -0,6% à R$ 1,76, abriu ''de lado'', para na máxima atingir R$ 1,77, porem passou a cair na parte da tarde, retornando a sua ''trajetória natural'' após 3 pregões consecutivos de alta e seguindo os mesmos motivos que levaram a valorização da Bovespa.
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO -0,6%, pressionada principalmente por perdas em ações do setor de tecnologia, CORÉIA -0,1%, prejudicada pelas perdas no setor automotivo e CHINA 0,5%, diante das melhoras das perspectivas para a economia local.
- Na EUROPA, revertendo uma abertura positiva, INGLATERRA -0,1%, FRANÇA -0,5% e ALEMANHA -0,7%, pressionadas pela realização de lucros nas ações de bancos, como Barclays (-1,5%), Lloyds (-1,7%), Commerzbank (-2,5%), Deutsche (-1,3%) e BNP (-2,4%).
- Nos EUA, também revertendo uma abertura positiva, S&P -0,4%, DJ -0,3% e NASDAQ -0,6%, diante de fracas perspectivas de companhias do setor de tecnologia e de comentários negativos de James Bullard, presidente do Fed (BC local) de St. Louis, que mostrou preocupação com os riscos de os EUA entrarem em uma espiral de queda de preços e investimentos nos moldes da japonesa.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Na ata da sua reunião da semana passada, na qual a Selic subiu de 10,25% para 10,75%, o BC afirmou que os riscos para a inflação se reduziram no último mês, devido à reversão de parte dos estímulos introduzidos durante a crise financeira de 2008/2009, ressaltando também que a influência do cenário internacional sobre o comportamento da inflação doméstica passou a ter um efeito desinflacionário.

Dando novos e importantes sinais positivos da economia interna, no primeiro semestre deste ano (1) a inadimplência das empresas brasileiras recuou -9% na comparação com o mesmo período do ano anterior, o que representa o maior decréscimo em 6 anos e (2) as vendas dos supermercados cresceram 5,6% ante os 6 primeiros meses de 2009.

Mostrando que, apesar de ser ano de eleição, o governo federal está cuidando ''com carinho'' das contas publicas, no primeiro semestre de 2010 a economia do setor público para pagar os juros da dívida cresceu 13,6% e atingiu R$ 40,1bi.

Apresentando uma ótima oportunidade para a ampliação das exportações agrícolas brasileiras, a Rússia está sofrendo com a pior seca em décadas, levando inclusive o Conselho Internacional de Grãos a reduziu ontem a previsão para a safra global de trigo em 2010/11 em -13 milhões de toneladas.

Indicando mais uma vez que a inflação está cada dia mais ''comportada'', em JUL/10 o IGP-M ficou em 0,15%, ante uma alta de 0,85% em JUN/10, acumulando com isto uma alta de 5,79% nos últimos 12 meses.

- A Paranapanema subiu 7,4%, após a Vale anunciar que fará uma oferta pública de até R$ 2bi pela companhia.
- A Vale subiu 0,1% e, após o fechamento do pregão, anunciou que no segundo trimestre deste ano, beneficiada pelo aumento dos preços dos metais e pela recuperação da economia global, acumulou um lucro líquido de R$ 6,6bi, o que representa uma alta de 130,5% em relação ao primeiro trimestre e de 344,2% ante igual período em 2009.
- A Lojas Renner subiu 3,79% e, após o fechamento do pregão, divulgou que, superando as expectativas do ''mercado'', no segundo trimestre deste ano seu lucro líquido foi cerca de 90% superior ao obtido em igual intervalo de 2009.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Mostrando, segundo suas próprias palavras, que é um ''bom menino'', Ciro Gomes, após um almoço no qual recebeu longos elogios de Dilma, afirmou que o apoio ''entusiasmado'' dele à campanha da petista está ''garantido''.

Com Maluf, condenado por superfaturamento na compra de frangos, como principal ''estrela'' da lista, até ontem a Procuradoria Regional Eleitoral de SP já tinha impugnado a candidatura de 1.123 candidatos, sendo 46 pela Lei da Ficha Limpa, porem esta lista ainda pode aumentar, já que o Ministério Público ainda precisa analisar 777 registros.

Ressaltando que ninguém o fará brigar com Serra, Alckmin, durante entrevista a um jornal de SP, defendeu o polemico sistema de progressão continuada nas escolas paulistas, método no qual os alunos não são reprovados.

No seu programa de governo Marina Silva, apesar de manter o foco no meio ambiente, ignora bandeiras que marcaram as 2 primeiras candidaturas do PV à Presidência, como a descriminalização do aborto e da maconha e o fim do serviço militar obrigatório.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Mostrando suas ''garras de matador'', Collor, senador, ex-presidente e candidato ao governo de Alagoas, ligou para a redação da sucursal de Brasília da revista IstoÉ ameaçando ''enfiar a mão cara'' de um jornalista que escreveu uma matéria pedido de impugnação de sua candidatura.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Um comentário:

  1. Alfredo,

    Excelente iniciativa. Opiniões calcadas em informação e análise situacional (Seja de mercado, política, ou qq outra coisa), é importante ferramenta para decisão. abraços.

    ResponderExcluir