R.B. 28/JUL/10 ''Apadrinhados''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Apadrinhados"

São Paulo, 28 de julho de 2010 (QUARTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA pode voltar a subir, para fechar em alta pelo oitavo pregão consecutivo, ''animada'' com o bom inicio da temporada de balanços no Brasil, que por sua vez devem confirmar o bom e promissor estado da economia brasileira.
- O DÓLAR deve cair, retornando à sua ''trajetória natural'' após 2 dias consecutivos de alta, seguindo o ''humor positivo'' na Bovespa e ''testando'' o limite do BC, que apesar dos ''rumores'' ainda não soltou nenhuma medida para segurar a cotação da moeda norte-americana.

ONTEM
- BOVESPA 0,3%, abriu em alta, para logo atingir a máxima avançando 1,0% e, apesar de ter perdido forças ao longo da sessão e de chegar a recuar -0,2% no final da manhã, fechou em alta pelo sétimo pregão consecutivo, principalmente sustentada pelas boas perspectivas para a economia brasileira.
- DÓLAR 0,2% à R$ 1,77, abriu em queda, para na mínima atingir R$ 1,75, porem, seguindo a instabilidade na Bovespa, passou a subir no final do pregão, pressionado pelos leilões de compra do BC e pelos ''rumores'' sobre uma possível intensificação de sua atuação.
- Na ÁSIA, realizando lucros, JAPÃO -0,1%, com as perdas com ações de siderúrgicas, como a JFE Holdings (-3,1%), anulando o efeito da alta nos papéis dos bancos, como o Mitsubishi UFJ Financial Group (2,5%), CHINA -0,5%, também pressionada pela siderúrgicas e CORÉIA -0,1%, com destaques negativos para as ações das montadoras.
- Na EUROPA, ainda em movimento de recuperação, INGLATERRA 0,8%, FRANÇA 0,3% e ALEMANHA 0,2%, novamente com destaques de alta para papéis de bancos, que ganharam força após o UBS e o Deutsche Bank divulgarem resultados trimestrais mais fortes que a previsão de analistas e pelo fato de as novas regras propostas para o setor financeiro não serem tão rígidas quanto se esperava.
- Nos EUA, fazendo uma pausa "para respirar", S&P -0,1%, DJ 0,1% e NASDAQ -0,3%, divididas entre a queda na confiança do consumidor, de 54,3pts em JUN/10 para 50,4pts em JUL/10, e a divulgação de balanços corporativos positivos, como da DuPont (3,6%) e da Cummins (2,0%).
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Ontem, após afirmar que o déficit em conta corrente é fruto do "sucesso" do Brasil em relação aos demais países, ''garantindo'' que esse desempenho não ameaçará o crescimento da economia, Mantega, ministro da Fazenda, ressaltou que é favorável à atuação do BC no mercado futuro de câmbio para conter especulações.

Dando mais um sinal da ''força e da moral'' do Brasil no exterior, ontem o Tesouro Nacional anunciou a captação de US$ 750mi reabertura de bônus em dólares com vencimento em 22/JAN/21 e com a menor taxa de retorno ao investidor da história (4,547% ao ano).

Apesar das recentes altas da Selic, (1) diante do aumento do consumo e da confiança do consumidor, segundo o BC no primeiro semestre deste ano o volume de crédito bancário atingiu R$ 1,53 tri, batendo com isto um novo recorde histórico e acumulando um crescimento de 19,7% na comparação com o mesmo período de 2009 e (2) diante do aumento da concorrência entre os bancos, que levou a migração de clientes de linhas de crédito mais caras para financiamentos mais baratos, a taxa média de juros pagos pelas pessoas físicas recuou de 45,6% ao ano em JUN/09 para 40,4% ao ano em JUN/10.

Mostrando que a produção está aumentando, o que ajuda muito no controle da inflação, no primeiro semestre deste ano a indústria de máquinas e equipamentos acumulou um faturamento bruto 13,2% maior que no mesmo período de 2009.

Na ''contra-mão'' de uma tendência mundial, o que só pode ser fruto da ascensão social das camadas menos abastadas da sociedade brasileira, no primeiro semestre deste ao a circulação dos jornais brasileiros aumentou 2% na comparação com mesmo período do ano passado.

- A Vivo subiu 0,7% e, após o fechamento do pregão, a Telefônica anunciou que chegou a um acordo com a Portugal Telecom de compra dos 50% da Brasilcel (controladora da Vivo), por 7,5bi de euros.
- O Bradesco subiu 0,3% e hoje, antes da abertura do pregão, divulgou que no primeiro semestre seu lucro líquido foi 16,4% maior do que no mesmo período do ano passado, ressaltando que este crescimento se deve principalmente à expansão das suas operações de crédito.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Confirmando que muita coisa pode mudar quando começarem os debates e o horário eleitoral na TV, segundo uma pesquisa recente a televisão é o principal meio de comunicação utilizado por 65% dos eleitores brasileiros para se informar sobre os candidatos que disputam as eleições.

Já se passaram 3 semanas após o início oficial da campanha nas ruas, porem os principais candidatos a presidente (Serra, Dilma e Marina) dedicaram, até agora, mais tempo a ataques, bate-bocas e debates superficiais do que a uma discussão programática e aprofundada sobre os principais problemas do país.

Tentando se aproximar de um aliado que tem no mínimo 5% dos votos do eleitorado brasileiro, Dilma, depois de várias tentativas, deverá se encontrar amanhã com o deputado e ex-ministro Ciro Gomes no Ceará.

Com o objetivo de mostrar sua capacidade administrativa, Marina lançou ontem a segunda versão de suas diretrizes de governo, na qual se compromete a limitar o aumento dos gastos públicos à metade do crescimento do PIB.

Ressaltando que pode ''gastar melhor'' o dinheiro publico, Serra ''avisou'' que, se for eleito, vai rever a criação do trem-bala ligando SP ao RJ, já que segundo ele com os recursos para a construção do trem o governo federal poderia finalizar a ferrovia Norte-Sul, construir a rodovia Transnordestina, a rodovia Campinas-São Paulo e 300 quilômetros de metrô nas principais capitais brasileiras.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Ainda com a complacência das autoridades, que aliás ficam ainda mais ''medrosas'' em época de eleição, um grupo de 500 anarquista-terrorista MST, que está ocupando ''numa boa'' a sede do Incra em Recife desde o último domingo, fechou ontem o trânsito na Avenida Rosa e Silva, onde fica a repartição.

Mostrando porque o judiciário é tão corrupto como o legislativo, segundo dados do Conselho Nacional de Justiça em pelo menos 13 tribunais do país mais de 50% dos cargos comissionados, que são de livre nomeação por magistrados ou chefes de setor, são ocupados por funcionários ''apadrinhados'' e que não têm qualquer vínculo com a administração pública ou com a Justiça.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário