R.B. 26/JUL/10 "Não combina"

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Não combina"

São Paulo, 26 de julho de 2010 (SEGUNDA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve seguir em alta, já que, mesmo após registrar uma valorização de 6,4% na semana passada, ainda acumula uma baixa de -3,3% no ano, o que contraria e ''não combina'' com as perspectivas cada dia mais positivas para a economia brasileira.
- O DÓLAR pode cair, cada dia mais próximo do ''suporte'' dos R$ 1,75, acompanhando a provável valorização da Bovespa e o ''crescente e constante'' fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e ''investimentos''.

SEXTA-FEIRA
- BOVESPA 0,9%, abriu em queda, para na mínima recuar -0,5%, porem, seguindo o ''humor positivo'' das bolsas de NY, passou a subir ainda na parte da manhã, para superar os 66.000pts (aos 66.322pts) pela primeira vez desde 3/MAI/10.
- DÓLAR -0,1% à R$ 1,76, abriu em alta, para na máxima alcançar R$ 1,77, porem passou a cair na parte da tarde, acompanhando a melhora do ''humor'' na Bovespa e nas principais bolsas mundiais e seguindo o fluxo positivo de recursos externos.
- Na ÁSIA, acompanhando a valorização das demais bolsas mundiais no dia anterior, JAPÃO 2,3%, CORÉIA 1,3% e CHINA 0,4%, impulsionadas por sinais de recuperação da economia nos EUA e pela expectativa positiva para os resultados das empresas locais.
- Na EUROPA, beneficiadas pela divulgação de fortes resultados corporativos, INGLATERRA 0,1%, FRANÇA 0,2% e ALEMANHA 0,3%, porem ainda em um movimento de cautela antes da divulgação das conclusões dos testes de estresse de bancos.
- Nos EUA, também beneficiadas pela divulgação de bons resultados corporativos, como o da GE (4,0%), S&P 0,8%, DJ 1,0% e NASDAQ 1,1%, porem já influenciadas positivamente pelo anuncio dos testes de estresse dos bancos.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Mesmo diante da recuperação da ultima semana (6,4%), diante da percepção de que o destino da economia brasileira está cada vez mais atrelado aos rumos da China, a Bovespa ainda acumula este ano uma desvalorização de -3,3%, o que representa o segundo pior resultado entre as bolsas de 16 países emergentes.

Como fruto da solidez da economia brasileira, em JUN/10 foram registradas 1.466 as ações judiciais relativas ao não cumprimento de contratos de locação em SP, o que representa o menor volume para o mês desde 1993, quando teve início o acompanhamento das processos pelo Secovi, e uma queda de -35,6% na comparação com o mesmo período de 2009.

Diante do bom momento do mercado imobiliário nacional, que tem despertado o apetite de investidores pelo setor, especialistas em finanças pessoais recomendam que o foco não fique somente no imóvel físico, chamando atenção para opções que podem ser mais vantajosas, como os fundos imobiliários, as letras hipotecárias (LH) e as letras de crédito imobiliário.

Com a agricultura tomando espaço da pecuária, entre 1996 e 2006 a participação da lavoura na riqueza do campo no Brasil deu um grande salto, saindo de 45,4% para 75,1% do valor bruto da produção rural, já a participação da pecuária recuou de 35,6% para 20% no mesmo período.

- A Embratel subiu 2,8% e, após o fechamento do pregão, anunciou que sua receita líquida no segundo trimestre deste ano foi 7,2% maior que no mesmo período do ano passado.
- A Positivo caiu -1,4%, porem anunciou, também após o fechamento do pregão, que no segundo trimestre deste ano vendeu 8,3% mais computadores do que no segundo trimestre de 2009 e com isto bateu seu recorde histórico de vendas para o período.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Deixando os petistas cada dia mais otimistas, o que aliás pode ser um problema, e os tucanos cada dia mais preocupados, o que também pode ser um problema, segundo a média das 2 ultimas pesquisas divulgadas, que aliás apresentaram resultados muito diferentes, Dilma manteve os 38,5% que tinha em JUN/10, Serra caiu de 37% para 35% e Marina subiu de 8,5% para 9,5%.

Podendo deixar a vida de Dilma, caso eleita, mais fácil do que foi a vida de Lula, segundo as mais recentes pesquisas divulgadas a oposição corre risco de redução do número de senadores nos 8 principais colégios eleitorais do país, com destaque negativo para as bancadas de PSDB e DEM, que cairiam à metade se a eleição fosse hoje.

Fazendo sua parte do acordo, o peemedebista Michel Temer, vice na chapa de Dilma, ''prometeu'' uma ofensiva sobre a ala dissidente do seu partido, sobretudo no Sul, região onde a candidata petista obtém seu pior resultado.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Dando um exemplo ao ''primeiro mundo'' de baixa emissão de carbono, consumo responsável e tecnologia sustentável, Dacca, a capital do Bangladesh, que tem 13,5 milhões de pessoas, quase sem transporte público, onde o esgoto corre a céu aberto e o trânsito para com a chuva, baniu do comércio, desde 2002, o uso de sacolas plásticas que entupiam os bueiros e já exporta suas sacolas ecológicas feitas de juta (fibra de planta) para EUA, Europa e Japão.

Podendo causar um enorme ''rebuliço'', políticos em vários Estados da Alemanha querem discutir o corte de fundos públicos para a Igreja Católica e igrejas protestantes, como parte do esforço de austeridade do país.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário