R.B. 15/JUN/10 ''Muito séria''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Muito séria"

São Paulo, 15 de junho de 2010 (TERÇA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, retomando sua trajetória de recuperação interrompida pelo novo rebaixamento da ''nota'' da Grécia, que aliás já estava ''no preço'', influenciada principalmente pelas perspectivas cada dia mais positivas para a economia brasileira.
- O DÓLAR pode cair, ''finalmente'' rompendo o ''suporte'' dos R$ 1,79, seguindo a provável melhora do ''humor'' na Bovespa e o ''crescente e constante'' fluxo positivo de recursos externos, que aliás deve crescer bastante no curto prazo diante dos lançamentos de ações da Petrobrás e do Banco do Brasil.

ONTEM
- BOVESPA -0,1%, abriu em alta, para logo atingir a máxima do dia avançando 1,1%, porem, em mais um pregão com baixo volume de negócios (R$ 4,2bi), foi perdendo ''forças'' ao longo da sessão, seguindo o desempenho das bolsas de NY diante do novo rebaixamento da ''nota'' da Grécia.
- DÓLAR -0,4% à R$ 1,80, já abriu em queda e, seguindo o ''humor positivo'' na Bovespa e a tendência internacional da moeda norte-americana, manteve a trajetória descendente ao longo e todo pregão, para mais uma vez testar o ''suporte'' dos R$ 1,80 e fechar no menor patamar desde 14/MAI/10.
- Na ÁSIA, nas máximas dos últimos 30 dias, porem com baixos volume de negócios, CHINA estava fechada por feriado local, JAPÃO 1,8% e CORÉIA 0,9%, impulsionadas por ações do setor de tecnologia, após empresas de semicondutores fornecerem na semana passada notícias positivas sobre a demanda.
- Na EUROPA, também nos maiores patamares em 30 dias, beneficiadas pelo anuncio de que a produção industrial na zona do euro avançou fortemente em ABR/10 na comparação anual, INGLATERRA 0,7%, FRANÇA 1,9% e ALEMANHA 1,3%, com destaques positivos para ações de bancos e mineradoras em meio ao otimismo com a recuperação econômica global e à cobertura de posições vendidas.
- Nos EUA, revertendo uma abertura positiva e também com reduzido volume de negócios, S&P -0,2%, DJ -0,2% e NASDAQ -0,1%, prejudicadas pelo corte da ''nota'' da Grécia pela agencia de classificação Moody's, que aliás também ressaltou as incertezas criadas no setor petrolífero diante do vazamento de óleo da BP, cujas ações aliás despencaram -9,7%.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Hoje, mostrando que está ficando ''muito séria'', a BM&FBovespa ficará aberta durante o jogo do Brasil na copa e, ''apostando'' no mercado financeiro como o financiador do setor produtivo da economia, seu presidente, Edemir Pinto, revelou que a companhia tem por meta aumentar em 50% o número de empresas atualmente listadas, num prazo de ''apenas'' 5 anos.

''Satisfeito'' com a elevação da Selic na semana passada, o ''mercado'', apesar de elevar, de 6.60 para 6,99%, suas previsões para o PIB brasileiro em 2010, reduziu, de 5,64% para 5,61%, suas ''apostas'' para o IPCA deste ano.

Como mais um exemplo do ''Imperialismo tupiniquim'', a processadora brasileira de aves, suínos e bovinos Marfrig anunciou ontem a aquisição da totalidade das ações da norte-americana Keystone Foods por US$ 1,3bi, se tornando assim uma das principais fornecedoras de toda a cadeia internacional de McDonald's, Campbell's, Subway, ConAgra, Yum Brands e Chipotle.

Dando novos sinais positivos da economia interna, (1) nos 5 primeiros meses de 2010 os emplacamentos de veículos importados foram 190,1% maiores que no mesmo período de 2009, (2) em MAI/10 as lojas de materiais de construção venderam 12% a mais na comparação com MAI/09 e (3) em MAI/10 o tráfego aéreo doméstico de passageiros teve um crescimento de 20,2% na comparação com MAI/09.

Confirmando que, apesar da recente alta dos preços, ainda é muito grande a demanda por imóveis no Brasil, nos 5 primeiros meses de 2010 os empréstimos habitacionais da Caixa cresceram 113% na comparação com o mesmo período de 2009 e, com 473 mil contratos fechados, alcançaram R$ 28,3bi, menos de 50% dos R$ 60bi que o banco espera chegar no final deste ano.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Mostrando a que ponto chega o desespero de ''petistas de carteirinha'' que são obrigados, principalmente por Lula, a fazerem alianças com a família Sarney, a ex-deputada federal Terezinha Fernandes, do PT do Maranhão, aderiu ao protesto de outros 2 companheiros de partido e entrou em greve de fome a partir de hoje numa tentativa de forçar a direção nacional a rever determinação para que a sigla no Estado apoio a candidatura à reeleição da governadora Roseana Sarney.

Em uma briga que certamente não vai dar em nada e que provavelmente vai empobrecer ainda mais o debate de idéias e propostas durante o período eleitoral, ontem o PT entrou com pedido de inquérito na Polícia Federal para apurar a quebra de sigilo fiscal e financeiro do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge Caldas Pereira e, ao mesmo tempo, o PSDB decidiu, em SP, entrar com uma ação na Justiça para identificar o responsável pelo vazamento.

Para não se ''enrolar'' com o suposto dossiê contra tucanos, Dilma, candidata do PT à Presidência da República, cancelou entrevistas que já tinham sido confirmadas e partiu ontem à noite para uma viagem pela Europa, que incluirá França, Bélgica, Espanha e Portugal.

Certamente ressentido com a escolha do ''companheiro democrata'' Guilherme Afif Domingos para ser candidato a vice na chapa do tucano Alckmin, Carlos Apolinário, líder do DEM na Câmara Municipal de SP, afirmou, em um discurso que mesclou elogios ao governo Lula com críticas indiretas aos 16 anos de administrações tucanas em SP, anunciou que irá apoiar a candidatura do senador petista Mercadante ao governo do Estado.

Estrela de primeira grandeza até 2002, o democratas virou praticamente o ''patinho feio'' da eleição de 2010, já que está sendo rejeitado até por Serra, que não gosta nem de ouvir falar em nomes do DEM para compor sua chapa para disputar a sucessão do presidente Lula.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Calando, pela enésima vez, a boca dos críticos e principalmente dos ''especialistas'', Lula, ao comentar sobre o programa Microcrédito Rural que, com uma taxa de apenas 3% de inadimplência, já disponibilizou mais de R$ 1,3bi para um milhão de pequenos agricultores, ressaltou que ficou provado que emprestar dinheiro para pobre é um bom negócio.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário