R.B. 18/MAI/10 ''Esconde FHC''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Esconde FHC"

São Paulo, 18 de maio de 2010 (TERÇA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, tentando uma recuperação após fechar no menor patamar desde 5/FEV/10 e com isto acumular perdas de -6,9% no mês e -8,3% no ano, acompanhando a melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais e a valorização das commodities.
- O DÓLAR deve cair, retornando à sua trajetória natural após 3 pregões consecutivos de alta, seguindo a tendência internacional da moeda norte-americana e diante da grande atratividade para ''investimentos'' no elevado patamar da taxa real de juros da economia brasileira (cerca de 4,5%).

ONTEM
- BOVESPA -0,9%, abriu em queda, para na mínima recuar -2,5%, novamente seguindo o pessimismo com crise européia e os temores de um novo aperto na política econômica chinesa, e recuperou parte das perdas no final do pregão, diante da melhora do ''humor'' nas bolsas de NY.
- DÓLAR 0,4% à R$ 1,81, já abriu em alta, para na máxima atingir R$ 1,83 e, apesar de perder ''forças'' no final do pregão, manteve-se em território positivo ao longo de todo dia, ainda influenciado por ''problemas externos''.
- Na ÁSIA, seguindo as perdas das demais bolsas mundiais na sexta-feira, JAPÃO -2,2%, pressionada pelo afundamento da cotação do euro, que por sua vez exacerbou as preocupações em relação às perspectivas de lucro das grandes empresas exportadoras, como Sony (-4,5%) e Tokyo Electron (-2,7%), CHINA -5,1%, no menor patamar desde 4/MAI/09, com destaques negativos para ações de imobiliárias e bancos, diante dos ''temores'' de Pequim adotar severas medidas para impedir a formação de uma bolha no mercado imobiliário e CORÉIA -2,6%, com destaques negativos para as exportadoras Samsung (-3,2%) e Posco (-4,7%).
- Na EUROPA, recuperando quase todas as perdas da abertura, INGLATERRA -0,1%, FRANÇA -0,5% e ALEMANHA -0,1%, com destaques negativos para ações de empresas do setor de mineração, como Rio Tinto (-2,9%), Kazakhmys (-2,8%) e Xstrata (-2,0%), desta vez prejudicadas pela desvalorização das commodities.
- Nos EUA, revertendo no final do dia uma abertura negativa, S&P 0,1%, DJ 0,1% e NASDAQ 0,3%, em um movimento de ''caça de barganhas'' em ações duramente golpeadas e com destaques de alta para as varejistas Wal-Mart Stores (1,2%) e Target (1,6%), diante das expectativas positivas para a divulgação dos seus balanços.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Após ''garantir'', diretamente de NY aonde abriu a sessão da bolsa local, que o Brasil está "bem preparado" para enfrentar uma possível piora da situação macroeconômica na Europa e um hipotético contágio a outros países, Meirelles, presidente do BC, ressaltou que (1) a produção industrial e o ritmo de criação de emprego no primeiro trimestre de 2010 foram os maiores da história no Brasil, (2) as reservas brasileiras de divisas se encontram em níveis recorde, (3) a economia cresce com força graças ao consumo interno e (4) a inflação está "absolutamente" sobre controle.

Dando novos sinais positivos da economia interna, (1) o Brasil criou 305.068 postos de trabalho com carteira assinada em ABR/10, número recorde para o mês e o segundo maior resultado mensal desde o início da série, em 1992, (2) a CNI elevou de 5,5% para 6% suas ''apostas'' para o crescimento do PIB brasileiro em 2010 e (3) no primeiro trimestre de 2010 as venda de imóveis novos residenciais em SP foram 75,1% maiores que nos 3 primeiros meses de 2009.

''Apostando'' cada dia mais no Brasil, ontem a empresa estatal chinesa SGID anunciou um acordo para a compra de 7 concessionárias elétricas brasileiras, pertencentes a grupos espanhóis, pela ''bagatela'' de R$ 3,1bi, o maior investimento chinês no Brasil da história.

''Alertando'' para um dos principais gargalos para um país que pretende ser o maior exportador de commodities do mundo, segundo um estudo do Ipea o Brasil tem apenas 5 anos para fazer investimentos e assim evitar um apagão logístico, principalmente nos portos, caso cresça num patamar entre 4% e 5% ao ano.

Certamente pressionando a inflação, segundo um estudo da CNI o consumo das famílias brasileiras, que aliás foi fundamental para a economia interna se recuperar da crise externa, deverá crescer 6,2% este ano, patamar acima de suas projeções para o PIB do Brasil em 2010 (6,0%).

Pressionando o Copom a seguir elevando a Selic, o ''mercado'' aumentou, pela 17º semana consecutiva, suas ''apostas'' para o IPCA de 2010, desta vez de 5,50% para 5,54%, se afastando cada vez mais do centro da meta oficial do BC (4,5%).

Agora em uma posição muito mais confortável, Lula chega hoje à Europa aonde tentará, em nome do Mercosul, negociar com a União Européia um acordo de livre-comércio entre os blocos, buscando um acordo que seja ''ambicioso e equilibrado".

Com uma média diária 129% maior que em ABR/10, na primeira semana de MAI/10 a balança comercial brasileira teve superávit de US$ 1,5bi, porem no ano o saldo comercial acumulado está em US$ 3,6bi, patamar -52,9% menor que no mesmo período de 2009.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Mostrando porque, enquanto Dilma ‘’usa e abusa’’ da popularidade e principalmente da imagem de Lula, Serra ''esconde FHC'', segundo a ultima pesquisa CNT/Sensus 55,4% dos eleitores não votariam ‘’de jeito nenhum’’ em um candidato à sucessão presidencial indicado ou apoiado pelo ex-presidente tucano.

Apesar de não ser taxativa da necessidade de criação de novo imposto, Dilma, pré-candidata do PT a presidente, defendeu a destinação de mais recursos para a saúde e criticou o fim da CPMF, extinta em 2008, na maior derrota do governo Lula no Congresso.

Como desta vez seu ''companheiro'' Ciro Gomes já é ''carta fora do baralho'', o senador tucano Tasso Jereissati assumiu no Ceará o papel de principal cabo eleitoral de Serra, ressaltando inclusive que, para o futuro do Brasil, eleger Serra é até mais importante do que sua própria reeleição ao senado.

Pagando um ''preço alto'' por ser o peemedebista que mais criticou o governo Lula, segundo a ultima pesquisa de intenções de votos para o governo do Estado de Pernambuco, Jarbas Vasconcelos tem apenas 28% das intenções de voto, ficando com menos da metade dos 58% que tem o atual governador Eduardo Campos, do PSB.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Numa ação inédita e comemorada pelas organizações de defesa dos direitos de homossexuais, o Ministério de Relações Exteriores passou a conceder passaportes diplomáticos ou oficiais para companheiros de servidores que trabalham nas representações do Brasil no exterior, só falta agora combinar isto com o ''companheiro'' Mahmoud Ahmadinejad, presidente do Irã, aonde a pederastia é punida com pena de morte.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário