R.B. 2/MAR/10 ''Amigão''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Amigão"

São Paulo, 2 de março de 2010 (TERÇA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve seguir em alta, com ''boas chances'' de fechar o mês acima dos 70.000pts, acompanhando a valorização das commodities e a recuperação das demais bolsas mundiais e também influenciada positivamente pela redução dos ''temores'' de alta da Selic na reunião de MAR/10.
- O DÓLAR pode voltar a cair, agora rumo aos R$ 1,75, acompanhando a provável melhora do ''humor'' na bolsa e o ''crescente e constante'' fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e ''investimentos''.

ONTEM
- BOVESPA 1,1%, já abriu em alta e, seguindo a recuperação dos mercados mundiais, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo dia, para fechar em território positivo pelo terceiro pregão consecutivo, beneficiada pela valorização das commodities, porem com o baixo volume de negócios (R$ 5,1bi) confirmando a cautela dos investidores numa semana carregada de indicadores importantes.
- DÓLAR -0,5% à R$ 1,79, já abriu em queda e, facilmente rompendo o ''suporte'' dos R$ 1,80, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, para fechar no menor patamar desde 20/JAN/10, também influenciado pelo forte recuo do risco-Brasil (-5,6%).
- Na ÁSIA, seguindo o fechamento positivo das bolsas de NY na sexta-feira, JAPÃO 0,4%, CORÉIA 0,8% e CHINA 1,2%, impulsionadas pelas ações de empresas do setor de mineração, já que o Chile, maior produtor de cobre do mundo, foi atingindo por um grande terremoto no sábado, forçando a interrupção de no mínimo 1/5 da sua produção, e também beneficiadas pelo anuncio de que a atividade fabril das principais economias da região continuou a crescer em FEV/10.
- Na EUROPA, seguindo a abertura positiva das bolsas de NY, INGLATERRA 1,0%, FRANÇA 1,6% e ALEMANHA 2,1%, também com a alta das commodities favorecendo ações de mineradoras e petrolíferas, apesar do resultado abaixo do esperado do HSBC (-5,4%) e da queda da Prudential (-12,1%) após acordo para comprar operações asiáticas da AIG.
- Nos EUA, em alta pelo segundo pregão consecutivo, S&P 1,0%, DJ 0,8% e NASDAQ 1,6%, impulsionadas (1) pelo acordo da AIG para vender sua unidade asiática de seguros de vida, (2) pelo avanço de ações do setor de semicondutores, após a SanDisk ter elevado sua previsão de receita e (3) pelo aumento das ''esperanças'' de um acordo que acabe com as incertezas que permeiam a situação fiscal da Grécia.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Ressaltando que não teme inflação de demanda e que em JAN e FEV os preços tradicionalmente sobem por efeitos sazonais, Mantega, ministro da Fazenda, afirmou que está preocupado com o aumento dos juros futuros no país, cujas taxas já subiram entre 3% e 4% nas últimas semanas, sem indicação de que a Selic vá, de fato, ser elevada.

Dando ''importantes e sólidos'' sinais de recuperação da economia brasileira, (1) em FEV/10 o consumo nacional de energia elétrica foi 11,8% maior que em FEV/09 e, apesar do menor número de dias, 4,9% superior à JAN/10, (2) a indústria brasileira de equipamentos ferroviários estima venda de 2.000 a 2.500 vagões em 2010, pelo menos o dobro do registrado no ano passado, (3) em FEV/10 as vendas de veículos registraram o melhor resultado para o mês na história da indústria automobilística, com o emplacamento de 221 mil unidades, o que representa um acréscimo de 10,9% no confronto com FEV/09 e (4) em FEV/10 as vendas no varejo à vista e a prazo aumentaram respectivamente 8% e 6,1%, ambas na comparação com o mesmo mês de 2009.

Apesar da elevação do compulsório, que teoricamente reduz a pressão inflacionária, o ''mercado'' elevou, de 4,86% para 4,91%, suas ''apostas'' para o IPCA de 2010, patamar ainda mais distante do centro da meta (4,5%), o que pode levar o Copom a cogitar um aumento da Selic já na reunião deste mês.

Mostrando, no momento certo, uma redução nas pressões inflacionárias, o IPC de FEV/10 ficou em 0,74% em fevereiro, patamar abaixo (1) do apurado em JAN/10 (1,34%), (2) do registrado na terceira quadrissemana de FEV/10 (0,85%) e (3) das ''apostas do mercado'' (0,79%).

Como fruto da fraca aceleração da economia externa e da rápida recuperação da economia interna, em FEV/10 a balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 394mi, o que representa o pior resultado para o período desde 2002.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Mostrando como é ''amigão'' de Serra, Aécio Neves, governador de MG, convidou para a festa do centenário de seu avó Tancredo Neves, que será na próxima quinta-feira, os principais opositores do governador tucano de SP, como Ciro Gomes e Dilma, provocando mais um mal-estar na já conturbada relação entre os dois correligionários.

Quase desistindo de disputar com o ex-prefeito de BH, Fernando Pimentel, a indicação do PT para uma eventual candidatura ao governo de MG, o petista Patrus Ananias, ministro de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, admitiu a possibilidade de permanecer à frente da pasta até o fim do governo Lula.

Com a agenda mais lotada do que ex-bbb na semana após a eliminação, Lula, que semana passada foi ao Haiti prometer ajuda na reconstrução daquele país, ontem pela manhã foi ao Uruguai ver a posse do nove presidente, à tarde já estava no Chile, aonde ofereceu dinheiro para a reconstrução do país vizinho e hoje pela manhã se reúne com empresários da industria automobilística em SP.

Caso renuncie ao cargo de governador do DF, com toda a certeza José Roberto Arruda deixará a prisão na próxima quinta-feira, quando o Supremo Tribunal Federal decidirá sobre o seu pedido de hábeas, já que fora do cargo, o ex-democrata perderá poder de fogo para seguir tentando prejudicar a investigação em torno do mensalão do DEM.

Polemico, como sempre, o senador Eduardo Suplicy entregou ontem ao presidente do PT em SP, Edinho Silva, mais de 3 mil assinaturas pedindo a inclusão de seu nome para a realização de prévias na escolha do candidato da sigla ao governo do Estado.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Piorando ainda mais a situação de Chavez, que tem cada dia menos apoio, uma investigação da Justiça espanhola acusa o ditador da Venezuela de colaborar em uma conexão terrorista internacional entre o ETA, que quer a independência da região conhecida como País Basco, e as Farc, grupo terrorista que luta para tomar o poder na Colômbia e que controla boa parte do tráfico de drogas na região.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário