R.B. 6/JAN/10 ''Uma democracia evoluída e participativa''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Uma democracia evoluída e participativa"

Belo Horizonte, 6 de janeiro de 2010 (QUARTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve cair, desta vez realizando lucros após avançar 7,6% nos 7 últimos pregões e também seguindo a provável baixa das bolsas de NY, já que nos EUA os sinais econômicos ainda são divergentes, porem deve-se ressaltar que no médio e no longo prazo a tendência permanece sendo de alta.
- O DÓLAR pode voltar a subir, mais uma vez acompanhando o cenário externo e influenciado pelas crescentes ''apostas'' de que o governo adotará medidas para pressionar a moeda norte-americana com o objetivo de facilitar as exportações brasileiras.

ONTEM
- BOVESPA 0,3%, abriu ''de lado'', para na mínima recuar -0,2%, porem fechou em alta pelo sétimo pregão consecutivo e novamente no maior patamar em 19 meses, com pouca volatilidade, bom volume de negócios (R$ 7,1bi) e sustentada pela alta da Vale (1,4%), que aliás foi alvo de compras de investidores externos e também foi beneficiada pela alta dos preços do minério de ferro no mercado internacional.
- DÓLAR 0,6% à R$ 1,73, já abriu em alta e, em um ''ajuste técnico'' após sucessivas baixas, manteve a trajetória positiva ao longo de todo pregão, também influenciado pela elevação do risco-Brasil (3,2%).
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO 0,3%, sustentada por ações do setor de commodities, diante da valorização dos contratos futuros de ouro e petróleo, CHINA 1,2%, com destaques de alta para as ações das corretoras, ante a expectativa de que o país permita em breve a negociação de margem e a venda a descoberto e CORÉIA -0,3%, pressionada pelas ações das principais montadoras e fabricantes de produtos tecnológicos do país, diante da rápida valorização da moeda local (o won) frente ao dólar.
- Na EUROPA, também sem uma tendência única, INGLATERRA 0,4%, FRANÇA -0,1% e ALEMANHA -0,3%, realizando lucros recentes e seguindo as perdas das bolsas de NY, porem mostrando que ainda ''apostam'' na recuperação da economia mundial.
- Nos EUA, oscilando dentro da instabilidade, S&P 0,3%, DJ -0,1% e NASDAQ 0,1%, divididas ente boas novas do setor manufatureiro, diante do aumento acima do esperado das encomendas às indústrias, e as ''velhas novas'' preocupações com o setor de imóveis, que teve uma contração surpreendente nas vendas.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Confirmando que ''o Brasil é a bola da vez'', em 2009, apesar da crise financeira mundial, a Bovespa fechou o ano com um superávit recorde de R$ 20,4bi em recursos de investidores estrangeiros, movimento este que, diante do volume de negócios dos 2 primeiros pregões do ano, deve continuar forte em 2010.

Mostrando mais uma vez a credibilidade da economia brasileira, ontem, no mesmo dia que a ''nota'' da Islândia foi rebaixada para abaixo do grau de investimento, o BNDES anunciou que vendeu US$ 1 bilhão em bônus no exterior com prazo de 10 anos pagando ''apenas'' 187,5 pontos-básicos acima dos Treasuries, que são os ''ultra confiáveis'' títulos do governo norte-americano.

Como furto, já esperado, da forte desaceleração da economia norte-americana e do conseqüente e até ''justificável'' aumento do protecionismo yankee, em 2009 a balança comercial entre Brasil e EUA, também influenciada pela queda do dólar e pelos efeitos menores da crise financeira mundial na economia brasileira, ficou deficitária para o Brasil em US$ -4,4bi, o que é o pior resultado da história.

Dando mais um importante sinal de controle da inflação, o Índice de Preços ao Consumidor das famílias com renda entre 1 e 2,5 salários mínimos mensais fechou 2009 com alta de 3,69%, patamar muito abaixo do registrado em 2008 (7,37%) e também aquém da meta do BC para o IPCA (4,5%).
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Conforme ''temido'' pelos economistas e ''avisado'' pelos tucanos, na versão final do Orçamento da União para 2010, mostrando um inchaço do funcionalismo publico brasileiro, a despesa global com a folha de pessoal e encargos sociais dos três Poderes fechou em R$ 184,1bi, o que representa 5,09% do PIB.

''Garantindo'', mais não muito, que é pré-candidato ao Senado pelo PSDB, Aécio, governador de MG, voltou a afirmar que não será candidato a vice na chapa de Serra, que aliás segundo o ''bom amigo'' mineiro deveria confirmar sua candidatura o quanto antes.

Contrariando Lula, que tinha ''simpatia'' pelos franceses, e Jobim, o ministro da defesa que preferia os norte-americanos, o avião de caça Gripen NG, da sueca Saabno, foi o primeiro colocado no relatório técnico do Comando da Aeronáutica sobre o projeto de renovação da frota da Força Aérea Brasileira.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Mostrando, de forma no mínimo conveniente, que é ''uma democracia evoluída e participativa'', o governo da Islândia, lembrando do tempo em que o país era terra de piratas, ''avisou'' que realizará um referendo popular para decidir que cumpre ou não a decisão da justiça local de determinar o pagamento de US$ 5bi que Reino Unido e da Holanda perderam em aplicações no banco estatal de internet Icesave.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário