R.B. 15/JAN/10 ''Bola nas costas de Serra''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Bola nas costas de Serra"

São Paulo, 15 de janeiro de 2010 (SEXTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, quiçá retomando o patamar dos 70.000pts, seguindo o provável desempenho positivo das bolsas mundiais, diante da divulgação de bons resultados corporativos nos EUA.
- O DÓLAR deve cair, retomando sua ''trajetória natural'' após 4 pregões consecutivos de alta, influenciado pela provável melhora do ''humor'' na Bovespa e pela expectativa de melhora no fluxo positivo de recursos externos.

ONTEM
- BOVESPA -0,8%, abriu ''de lado'', para na máxima avançar 0,2%, porem passou a cair definitivamente na parte da tarde, acompanhando o recuo das commodities, para fechar abaixo dos 70.000pts (aos 69.801pts) pela primeira vez no ano, em um movimento de realização de lucros.
- DÓLAR 0,4% à R$ 1,76, já abriu em alta e, seguindo o ''humor negativo'' na Bovespa, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, pressionado pelos leilões de compra do BC e pela elevação do risco-Brasil (4,1%).
- Na ÁSIA, acompanhando os ganhos nas bolsas de NY no dia anterior, JAPÃO 1,6%, no maior patamar em 15 meses, com destaque positivo para o banco Mizuho (6,0%), após a notícia de que o banco estaria considerando uma oferta de ações para aumentar seu capital, CORÉIA 0,9%, com destaques positivos para ações do setor de tecnologia e CHINA 1,3%, beneficiada pela recuperação dos preços das matérias-primas, diante da redução dos ''temores'' com o aperto da política monetária.
- Na EUROPA, após Jean-Claude Trichet, presidente do BC europeu, ''avisar'' que os países da zona do euro precisam reduzir seus déficits públicos e adiar cortes de impostos até que seus orçamentos estejam perto do equilíbrio, INGLATERRA 0,4%, FRANÇA 0,5% e ALEMANHA 0,4%, beneficiadas com a valorização dos papéis de farmacêuticas pelo segundo dia seguido e com as ações de bancos se recuperando das perdas na sessão anterior.
- Nos EUA, em ritmo lento antes da publicação dos resultados da Intel e do JPMorgan Chase, S&P 0,2%, DJ 0,3% e NASDAQ 0,4%, influenciadas pelo aumento maior que o esperado dos estoques do varejo, o que é um sinal de aumento do consumo no país, e com destaque de alta para os papéis da Tyson Foods (5,5%), repercutindo a elevação feita pelo Credit Suisse na recomendação das ações da maior fabricante de carnes do mundo.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Mostrando que não conhece nada do Brasil, principalmente da já consolidada democracia brasileira, Ian Bremmer, presidente da consultoria norte-americana Eurasia Group, afirmou que o Brasil, principalmente por estar em um ano eleitoral, está na 7ª posição dentre as grandes tensões que o mundo deve enfrentar em 2010, ressaltando que a atual abundância de recursos que o País vive levará a uma queda na qualidade de sua política macroeconômica, especialmente em relação ao aumento expressivo das despesas do Estado, o que será motivo de preocupação para os investidores.

Dando mais um sinal da ''crescente credibilidade'' internacional do Brasil, em 2009 as ações das empresas brasileiras lideraram, e com folga, o volume de transações de papéis estrangeiros negociados em praças como Nova York, Londres e Luxemburgo, as principais do mercado mundial de renda variável.

Em NOV/09, apresentando a sétima alta consecutiva alta consecutiva na comparação mês a mês, as vendas do setor varejista do país cresceram 1,1% ante OUT/09 e 8,7% na comparação com NOV/08.

Principal termômetro da economia, em DEZ/09 as vendas de papelão ondulado aumentaram 25% na comparação com o mesmo mês do ano anterior e atingiram 196.409 toneladas, o melhor desempenho já registrado para um mês de DEZ desde o início da série histórica (em 1980).

Como fruto do aumento da renda e da queda do desemprego, em 2009 o volume de arrecadação do FGTS atingiu o maior da história em 1 ano (R$ 54,8ni), apresentando uma alta de 12,4% na comparação com o ano anterior.

- O Pão de Açúcar subiu 2,1%, após anunciar que suas vendas subiram 44,6% no 4º trimestre de 2009 em relação ao mesmo período de 2008.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Jogando uma ''bola nas costas de Serra'', o senador Sérgio Guerra, presidente nacional do PSDB, defendeu veementemente mudanças nas políticas de juros, câmbio e metas de inflação, ressaltando inclusive que os tucanos estão "mais à esquerda que o PT".

Liderando as pesquisas de intenção de voto para presidente da República, Serra ''investiu'' R$ 12,2bi para fazer um ''pacotão de entrega'' de obras ate 3/ABR/10, data limite para o tucano deixar o governo de SP.

''Enciumado'' com o acordo que está sendo costurado no Rio entre o PV e o PSDB para o lançamento da candidatura de Gabeira ao governo do Estado, o PSOL ameaçou retirar seu apoio à candidatura de Marina à presidência.

Sem esquecer de ressaltar a necessidade de investimentos na educação dos trabalhadores, o que será essencial para que a nação registre um salto de tecnologia, Jomo Kwame Sundaram, secretário-geral assistente para Desenvolvimento Econômico da ONU, afirmou que o próximo presidente do Brasil precisará incrementar os investimentos de longo prazo no País para que se possa aumentar a poupança como proporção do PIB, elevar o ritmo de crescimento do País com inflação sob controle e ampliar de forma substantiva o padrão de vida de seus cidadãos.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Dando um ótimo exemplo, que deveria ser seguindo no Brasil, Sebastian Vladescu, ministro das Finanças da Romênia, ''avisou'' que o setor público do país deve perder 100 mil empregos, devido aos esforços para cortar gastos a fim de atender as condições da ajuda do FMI.

Podendo levar energia, segura, confiável e ecologicamente correta, para uma das regiões que mais cresce no Brasil, as 2 próximas usinas nucleares a serem construídas no País ficarão localizadas às margens do rio São Francisco, que corta parte da região Nordeste.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário