R.B. 28/DEZ/09 "Seriíssimos problemas"

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Seriíssimos problemas"

Guarujá, 28 de dezembro de 2009 (SEGUNDA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, com ''boas chances'' de fechar o ano próxima dos 70.000pts, dando seqüência ao rali de final de ano, ainda impulsionada pelas boas perspectivas para 2010 e pelos resultados acima do esperado em 2009.
- O DÓLAR pode seguir em queda, novamente testando o ''suporte'' dos R$ 1,75, acompanhando o provável ''humor positivo'' na Bovespa e também influenciado pelas ''apostas'' de aumento do fluxo positivo de recursos externos no próximo ano.

QUARTA-FEIRA
- BOVESPA 0,2%, abriu em alta, para na máxima avançar 0,6%, porem passou a cair ainda pela manhã, seguindo a instabilidade das bolsas de NY, para na mínima chegou a recuar -0,7% e, diante da redução maior que a esperada nos estoques de petróleo nos EUA, passou a subir novamente na ultima hora do pregão, apesar do baixo volume de negócios (R$ 4,3bi).

QUINTA-FEIRA
- DÓLAR -0,2% à R$ 1,75, já abriu em queda e, com baixo volume de negócios devido ao feriado na Bovespa, manteve a trajetória negativa ao longo de todo pregão, seguindo o recuo do risco-Brasil (-0,5%), que novamente se aproxima dos 200pts.
- Na ÁSIA, JAPÃO 0,9%, com destaques de alta para ações do setor imobiliário, antecipando um leilão de terras que o governo fará nesta segunda-feira, CHINA 2,6%, o segundo dia consecutivo de alta, com ganhos expressivos de papéis relacionados ao setor de metais e CORÉIA 1,3%, no nível mais elevado desde 29/SET/09, impulsionada por compras de investidores estrangeiros.
- Na EUROPA, pelo segundo dia consecutivo nos maiores patamares em 15 meses, se aproximando de fecharem o ano com os maiores ganhos percentuais desde 1999, INGLATERRA 0,6%, FRANÇA 0,1% e ALEMANHA 0,5%, desta vez com destaques de queda para ações dos setores ligados a bancos e commodities, porem em uma sessão com volume de negócios abaixo da média.
- Nos EUA, nos maiores patamares de 2009, S&P 0,5%, DJ 0,5% e NASDAQ 0,7%, desta vez impulsionadas por dados que mostraram uma queda nos pedidos de auxílio desemprego e um crescimento nas encomendas de bens duráveis.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Entregando seus ''presentes de Natal'', Mantega, ministro da Fazenda, (1) ressaltou que tanto Dilma como Serra manterão a atual ''política econômica vencedora'', (2) afirmou que o essencial não é a autonomia informal do BC, mas o desenvolvimentismo, (3) avisou que todas as medidas de estímulo ao consumo, com cortes de impostos, serão extintas em 2010 e (4) considerou "prematuro e oportunista" falar em alta de juros.

''Apostando'' que 2010 pode ser o primeiro de uma seqüência de anos com crescimento sustentável, Meirelles, presidente do BC, ''avisou'' que no próximo ano, com a inflação controlada, o PIB brasileiro crescerá acima de 5%, ancorado na geração de emprego e no aumento do crédito.

Mostrando porque os bancos brasileiros são os que mais lucram no mundo, nos últimos 12 meses as empresas e os consumidores brasileiros gastaram R$ 261bi em spread bancário, que no Brasil é o maior em um grupo de 40 países cujas metodologias de cálculo dos juros se assemelham à adotada pelo BC.

Se tudo correr como esperado por economistas e representantes de associações da indústria e do comércio, o crescimento do mercado interno, com obras publicas em um ano eleitoral e de recuperação da economia mundial, deve fazer com que 2010 seja um dos melhores anos da história para o emprego e para a renda do trabalhador no Brasil, com a criação de até 2 milhões de empregos formais, quase o dobro do número deste ano, principalmente no setor de serviços.

Dando novos sinais de crescimento da economia interna, (1) em 2009 a arrecadação de pedágios nas rodovias paulistas cresceu 17,3% na comparação com 2008 e atingiu o maior patamar da história, (2) ajudadas principalmente pelas classes D e E, que entraram no mercado consumidor, as vendas do Natal de 2009 foram 7,0% maiores que no ano passado e (3) diante de um súbito aumento na demanda, no ultimo final de semana SP, a principal cidade do Brasil, teve vários de seus barres com ''seriíssimos problemas'' de falta de chope e cerveja.

Confirmando mais uma vez que a inflação está ''110% controlada'', o IPCA-15 de DEZ/09 ficou em 0,38%, acumulando uma alta de 4,18% em 2009, patamar bem abaixo dos 6,10% observados em 2008.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Confirmando que os ''nobres parlamentares'' estão com o ''filme queimado'', segundo uma recente pesquisa 40% da população reprova a atuação dos deputados e senadores, 39% consideram regular e apenas para 15% trabalho do Congresso é ótimo ou bom.

Como não obteve o ''acolhimento necessário'' do eleitorado e também em algumas alas do PT, a candidatura de Ciro Gomes ao governo de SP deve ser abortada e o ''fiel aliado'' de Lula pode, mesmo à contra gosto do PMDB, pode ficar à frente de um ''ministério grande'' no ultimo ano do governo Lula.

Apesar do PT, em nível nacional, entrar no ano eleitoral de 2010 como a maior popularidade de sua história, já que 1 em cada 4 eleitores diz ter preferência pelo partido de Lula, que por sua vez tem a aprovação de mais de 80% dos brasileiros, o Partido dos Trabalhadores corre um ''sério risco'' de não eleger governador em nenhum dos 3 maiores Estados do País, SP, MG e RJ
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

''O Cara'' de verdade, aquele que veio ao mundo à cerca de 2010 anos para nos ensinar a amar ao próximo como a si mesmo, deve estar cada dia mais triste com seus ''irmãos'' já que todo Natal é igual, bilhões de dólares gastos em presentes, festas e até em luzinhas para enfeitar casas e parques públicos e outros bilhões de seres humanos ainda passando fome e sem acesso as condições básicas de vida pelas cidades e confins do Planeta Terra.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário