R.B. 16/OUT/09 ''Canoa furada''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Canoa furada"

São Paulo, 16 de outubro de 2009 (SEXTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve cair, realizando lucros após 5 pregões consecutivos de alta, nos quais atingiu o maior patamar desde 18/JUN/08, porem deve-se ressaltar que a tendência continua sendo de alta, diante das boas perspectivas para a economia interna.
- O DÓLAR pode subir, ainda ''respeitando o suporte'' dos R$ 1,70, também em um ''ajuste técnico'' após 5 pregões consecutivos de baixa, porem também deve-se ressaltar que a tendência permanece sendo de queda, principalmente diante do ''crescente e constante'' fluxo positivo de recursos externos.

ONTEM
- BOVESPA 0,8%, abriu em queda, para na mínima recuar -0,5%, porem passou a subir ainda na parte da manhã, amparada por notícias positivas da economia doméstica e pela valorização das bolsas de NY, para fechar no maior patamar do ano (aos 66.703pts), também beneficiada pela valorização das commodities.
- DÓLAR -0,7% à R$ 1,70, abriu em alta, para na máxima atingir R$ 1,72, porem passou a cair ainda na parte da manhã, seguindo a nova melhora do ''humor'' nas bolsas mundiais, para fechar no maior patamar desde 3/SET/09, influenciado pelo forte fluxo positivo de recursos externos.
- Na ÁSIA, seguindo o bom desempenho das bolsas de NY no dia anterior, JAPÃO 1,8%, no maior patamar em 3 semanas, com destaques de alta para as petrolíferas, como Inpex (2,6%) e Japan Petroleum Exploration (2,1%), beneficiadas pela elevação das cotações do petróleo, CHINA 0,3%, a terceira alta consecutiva, com destaques de alta para ações de empresas do setor financeiro, após a divulgação de números positivos de empréstimos bancários em SET/09 e CORÉIA 0,6%, com destaque positivo para a siderúrgica Posco (3,7%), após divulgar boas perspectivas de lucros.
- Na EUROPA, seguindo a abertura negativa das bolsas de NY para ''finalmente'' realizarem lucros, INGLATERRA -0,6%, FRANÇA -0,1% e ALEMANHA -0,4%, desta vez pressionadas por balanços negativos de empresas como a Nokia, cujas ações despencaram -11,6%.
- Nos EUA, revertendo uma abertura positiva para fecharem novamente nos maiores patamares do ano, S&P 0,4%, DJ 0,5% e NASDAQ 0,1%, impulsionadas principalmente por ganhos em ações do setor de energia diante da valorização do petróleo (3,2%).
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Após afirmar que fica até um pouco receoso com tanto otimismo em relação ao Brasil, Mantega, ministro da Fazenda, repetiu que a economia brasileira saiu mais forte da crise do que quando entrou, porem cobrou "ousadia" dos empresários, argumentando que, apesar da melhora recente, ainda existem desafios, como o aumento da capacidade produtiva das industrias e a ampliação dos financiamentos.

Ressaltando que ''a crise foi boa para o Brasil'', já que sua economia mostrou ao mundo que, enquanto muitas estavam de joelhos, ela permanecia em pé, Octavio de Barros, economista-chefe do Bradesco, afirmou que o fato de o Brasil ter sido o escolhido para sediar as Olimpíadas em 2016 é mais um sinal da posição de respeito que o País conquistou em todo o mundo.

Incentivando o consumo e conseqüentemente o crescimento da economia, em SET/09 a taxa de juros média geral para pessoa física ficou em 7,01% ao mês, o que representa o menor patamar da série histórica iniciada em 1995.

Dando 2 novos sinais de recuperação da economia interna, (1) em AGO/09 as vendas do comércio no país cresceram 0,7% na comparação com JUL/09 e 4,7% na comparação com AGO/08 e (2) em SET/09 a inadimplência do consumidor caiu -5,8% na comparação com AGO/09 e -3,8% na comparação com SET/08.

Ilustrando o ''enorme apetite dos gringos'' para ações de empresas brasileiras, na recente distribuição publica de ações ordinárias da Rossi Residencial, que captou R$ 928,1mi, os investidores estrangeiros ficaram com 72,54% deste montante.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Com medo de se comprometer com uma ''canoa furada'', o PMDB, preocupado com o crescimento de Ciro e Marina Silva nas pesquisas de intenção de voto, vai sugerir a Lula a rápida formação de um bloco de apoio à candidatura de Dilma à Presidência da República.

Ao custo imediato de R$ 512,5 mil e com o claro interesse de promover Michel Temer, presidente da Casa e postulante ao cargo de vice na chapa de Dilma, ontem a Câmara dos Deputados deu início a uma reformulação de seu site, que inclui uma página especialmente dedicada e cheia de elogios ao peemedebista.

''Virando a cara'' para Ciro Gomes, que lhe ajudou muito nas eleições presidenciais de 2002, e mostrando que está se esquecendo o que é uma democracia, ontem Lula defendeu o lançamento de uma candidatura única da base de apoio do governo à Presidência da Republica.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Em 2009 o número de famintos no mundo ultrapassou a marca de 1 bilhão e coincidentemente o número de obesos também, porem para o primeiro dado, diferentemente do que se pensa, segundo a ONU o problema não é tanto a falta de alimentos, mas sim a má distribuição, o desperdício e a falta de vontade política para gerar empregos e renda, já para resolver o segundo problema a receita já em bem conhecida, exercícios e alimentação saudável.

Confirmando que atualmente seu objetivo é R$ e não regulamentar e fiscalizar o mercado financeiro, a CVM aceitou R$ 100mil do empresário Eike Batista para encerrar um processo administrativo que corria no órgão e que poderia gerar uma multa de R$ 3,3bi.

No mesmo dia em que o Brasil foi eleito para ocupar um assento temporário no Conselho de Segurança da ONU, Lula cobrou mais uma vez a reforma do organismo, ressaltando que sua composição atual não representa correlação mundial de forças e torna frágeis suas decisões tomadas.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário