R.B. 28/SET/09 ''O Capitão Nascimento''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"O Capitão Nascimento"

São Paulo, 28 de setembro de 2009 (SEGUNDA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve seguir em alta, ampliando a valorização acumulada no mês (6,8%) e no ano (60,7%), ainda beneficiada pela permissão de fundos de pensão de aportar mais recursos em aplicações de maior risco, o que pode trazer mais capital para a Bolsa brasileira.
- O DÓLAR pode voltar a cair, ampliando a desvalorização acumulada no mês (-4,8%) e no ano (-22,9%), diante da manutenção da expectativa de crescimento do fluxo de recursos ao Brasil, principalmente por conta de lançamento de ações programados e pelo retorno das captações externas, ambas reforçadas pela promoção do país a grau de investimento pela terceira agência.

SEXTA-FEIRA
- BOVESPA 0,5%, abriu ''de lado'', para na mínima recuar -0,4%, porem, apesar da manutenção das perdas nas bolsas de NY, passou a subir ainda na parte da manhã, mostrando que os investidores estrangeiros continuam com disposição para aportar recursos no Brasil, cujas perspectivas econômicas são cada dia melhores.
- DÓLAR -0,3% à R$ 1,80, abriu em alta, para na máxima atingir R$ 1,81, porem, seguindo a melhora do ''humor'' na Bovespa, passou a cair ainda na parte da manhã, apesar dos leilões de compra do BC e da elevação do risco-Brasil (2,6%).
- Na ÁSIA, seguindo as perdas do dia anterior em Wall Street, devido aos fracos dados do mercado imobiliário nos EUA, JAPÃO -2,6%, pressionada pelo anúncio de um plano de levantamento de capital da Nomura Holdings, que por sua vez deflagrou uma liquidação num amplo conjunto de ações financeiras, CHINA -0,5%, com baixo volume de negócios e com os fundos desviando recursos e fazendo subscrições para o novo mercado chinês ao estilo Nasdaq a ser lançado brevemente e CORÉIA -0,2%, com a procura de pechinchas por investidores locais de varejo praticamente anulando o efeito das realizações de lucros do começo do pregão.
- Na EUROPA, realizando lucros pelo segundo pregão consecutivo, INGLATERRA -0,1%, FRANÇA -0,5% e ALEMANHA -0,4%, novamente pressionada pela divulgação de dados negativos da economia dos EUA, com o recuo nas encomendas de bens duráveis.
- Nos EUA, em queda pelo terceiro dia consecutivo, S&P -0,6%, DJ -0,4% e NASDAQ -0,8%, ainda pressionadas por números fracos e do mercado imobiliário e também pela divulgação de resultados ruins da fabricante do BlackBerry, que por sua vez reduziram o otimismo com o setor de tecnologia.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Ressaltando que o mundo está caminhando rapidamente para ''uma nova ordem econômica mundial'', Lula comemorou a decisão do G-20 de passar a ser o "fórum principal" para cooperação econômica, suplantando o G7 e o G8, ressaltando que isto é um claro reconhecimento de que países em rápida expansão, como Brasil, China e Índia, agora desempenham um papel muito mais importante no crescimento mundial.

Dando novos sinais de recuperação da economia interna, (1) no terceiro trimestre de 2009 o índice de confiança dos brasileiros subiu 4,7% na comparação com o trimestre anterior e, aos 115,4pts, voltou aos níveis pré-crise e está apenas 0,6pts abaixo do recorde histórico, de 116pts atingido no terceiro trimestre de 2006 e (2) o Índice Nacional de Expectativa do Consumidor, que mede a propensão de consumo dos brasileiros, cresceu 4,7% no terceiro trimestre e ficou apenas 0,2% abaixo do registrado em SET/08, o que sugere que as vendas no fim deste ano podem atingir resultados melhores do que os projetados no início de 2009.

Externando uma dos gargalos mais sérios e objetivos que o Brasil deverá enfrentar nos próximos anos, a retomada da economia já agravou o problema da escassez de mão de obra treinada no mercado, com isto, apesar de existência de quase 2 milhões de desempregados apenas nas 6 principais regiões metropolitanas do País, faltam profissionais especializados, sobretudo em setores estratégicos, como petróleo e gás, construção civil e agronegócio.

Com o objetivo de criar grandes grupos empresariais brasileiros, o que é uma das principais ambições do governo Lula na área econômica, o BNDES investiu, em apenas 1 ano, pelo menos R$ 8bi para permitir que empresas como JBS Friboi, Perdigão e Votorantim comprassem concorrentes.

Provavelmente ''forçando'' o mercado rever suas ''apostas'' para este ano na pesquisa Focus que sai hoje, na sexta-feira o BC divulgou suas projeções para a economia brasileiro, reforçando que espera para 2009 um crescimento de 0,8% no PIB.

Durante a reunião de cúpula do G20, que agora oficialmente substitui o já ''moribundo G-8'', os líderes mundiais se comprometeram em manter os programas de ajuda às respectivas economias até que a retomada da economia global esteja garantida e decidiram transferir ao menos 5% do poder de voto no FMI e 3% no Banco Mundial para os países emergentes.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Acreditando que o PMDB será o grande ''parceiro'' do PT nas eleições de 2010, Meirelles, presidente do BC, deve assinar sua ficha de filiação ao partido na próxima quarta-feira, porem antes, na noite de hoje, pedirá a ''benção'' de Lula.

Dando uma ''ótima munição'' para a campanha de Serra, Hugo Chavez, o ditador da Venezuela, afirmou que ''seu coraçãozinho'' torce para que Dilma seja a próxima presidente do Brasil.

Com o objetivo de cobrar do governo federal uma posição mais clara em relação às mudanças climáticas, ontem, em clima de campanha, a senadora Marina Silva, provável candidata do PV à Presidência da República, participou do primeiro ato público desde sua filiação ao partido, após a saída do PT.

Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral, a lei que passou a punir com multa e perda de mandato os políticos condenados por compra de votos, que aliás completa 10 anos nesta segunda-feira, cassou o mandado de pelo menos 660 políticos entre 2000 e 2008.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Provavelmente a maioria acha que é certo a policia assassinar um bandido que ameaça um refém com uma arma, outros, quem sabe a minoria, acreditam que é errado, mas o que certamente é errado, pelo menos desde a idade média até o enforcamento de Saddam, é o carrasco mostrar o seu rosto e, como se fosse ''o Capitão Nascimento'', dar entrevista mostrando seu nome e sobrenome, só faltava o endereço e e-mail, no Jornal Nacional.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário