R.B. 27/AGO/09 ''Dando uma de insider''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Dando uma de insider"

São Paulo, 27 de agosto de 2009 (QUINTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, com ''boas chances'' de fechar a semana acima dos 58.000pts mesmo após avançar em 13 dos 17 pregões do mês, ainda seguindo os sinais de recuperação da economia brasileira e das principais economias mundiais.
- O DÓLAR deve cair, retomando sua ''trajetória natural'' após 3 pregões consecutivos de alta, diante do ‘’crescente e constante’’ fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e investimentos.

ONTEM
- BOVESPA 0,6%, abriu ''de lado'', para na mínima recuar -0,5% e, em um pregão marcado pela forte volatilidade, fechou na máxima do dia, com razoável volume de negócios (R$ 4,9bi) e seguindo o desempenho positivo das bolsas de NY.
- DÓLAR 0,2% à R$ 1,86, já abriu em alta e, pressionado pelos leilões de compra do BC e pela elevação do risco-Brasil (0,4%), manteve a trajetória ascendente ao longo de ''quase'' todo pregão, já influenciado pela disputa em torno da formação da cotação de fechamento do mês (Ptax).
- Na ÁSIA, JAPÃO 1,4%, no maior patamar do ano, com destaques de alta para empresas de transporte marítimo, beneficiadas pelos números positivos sobre a confiança do consumidor norte-americano, CHINA 1,8%, impulsionada pelo anuncio de que o crescimento econômico local pode passar de 10% no primeiro trimestre de 2010 e CORÉIA 0,8%, também no maior patamar do ano e com destaques de alta para as siderúrgicas.
- Na EUROPA, realizando lucros após 4 pregões consecutivos de alta, INGLATERRA -0,5%, FRANÇA -0,3% e ALEMANHA -0,6%, pressionadas principalmente pelo fraco desempenho das ações das empresas de mineração e de petróleo, diante da queda dos preços destas commodities.
- Nos EUA, oscilando o dia todo dentro da estabilidade, em um movimento de cautela após 6 pregões consecutivos de alta, S&P 0,1%, DJ 0,1% e NASDAQ 0,1%, apesar dos anúncios de que (1) as vendas de novas moradias aumentaram em JUL/09 no ritmo mais rápido em 10 meses (9,6%) e (2) os pedidos por bens duráveis tiveram um crescimento de 4,9% em JUL/09, o que foi o melhor resultado desde JUL/07.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

''Dando uma de insider'', Mantega, ministro da Fazenda, ministro da Fazenda, ''avisou'' a agência de classificação de risco Moody's elevará o Brasil ao grau de investimento em SET/09, ressaltando que o fato de essa mudança ocorrer logo após o período mais agudo da crise financeira internacional mostra que o país "passou na prova".

Reforçando o ''time dos otimistas'', Paulo Bernardo, ministro do Planejamento, afirmou que a economia brasileira vai fechar 2009 ''bombando'' e com isto crescer 1% este ano e 5% no ano que vem.

Colocando o mercado financeiro brasileiro ainda mais no centro da economia mundial, ontem a BM&FBovespa e a Nasdaq divulgaram que estão iniciando discussões sobre uma parceria estratégica, comercial e tecnológica, o que pode culminar no desenvolvimento de um sistema de roteamento de ordens entre as duas bolsas para que investidores internacionais conectados à plataforma da Nasdaq possam enviar ordens de compra e venda de ações no sistema da BM&FBovespa e vice-versa.

Confirmando que o Brasil está ''saindo primeiro'' da crise financeira mundial, o BC informou que em JUL/09 o estoque de crédito no país voltou a bater recorde, atingindo o valor inédito de R$ 1,3bi e acumulando uma expansão de 20,8% nos últimos 12 meses, porem a taxa de inadimplência também foi recorde, batendo 5,9%.

Apresentando mais 3 sinais de recuperação da economia interna, (1) em JUL/09 o consumo de combustíveis no Brasil registrou um crescimento de 2,14% na comparação com JUN/09 e atingiu 9,365bi de litros, o que representa o maior volume já registrado na história para um mês de JUL, (2) no primeiro semestre de 2009 o investimento em publicidade on-line no Brasil cresceu 22,8% na comparação com o mesmo período de 2008 e (3) o nível de utilização da capacidade do setor de máquinas e equipamentos atingiu 81,7% em JUL/09, contra 80,9% em JUN/09.

''Pagando o pato'' para segurar a queda do dólar, o BC fechou o primeiro semestre de 2009 com um prejuízo de R$ -941,6mi, contra um resultado positivo de R$ 3,2bi no mesmo período de 2008.

- A Telesp subiu 0,5%, já que a Anatel autorizou a retomada da venda do seu serviço de internet Speedy.
- A Eletrobrás subiu 1,2% e, após o fechamento do pregão, executivos da empresa reafirmaram que é "prioridade máxima" o pagamento de dividendos das ações ordinárias retidos pela companhia, que somam quase R$ 10bi.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Cumprindo o que prometeu, o que aliás é cada dia mais raro entre os políticos brasileiros, o senador Flávio Arns confirmou que, por ficar envergonhado e não concordar com a posição dos petistas no Conselho de Ética, vai entregar na sexta-feira o pedido de desfiliação do PT ao TRE-PR do Paraná e à Executiva Nacional do partido.

Colocando ''uma tucana na berlinda'', ontem a Assembléia Legislativa do RS instalou uma CPI, que será presidida por um petista, para investigar supostos atos de corrupção no governo do Estado, administrado por Yeda Crusius.

Hoje é um dos dias mais importantes do ano para o PT, já que o Supremo Tribunal Federal decidirá se aceita ou não a denúncia contra o petista Palocci, ex-ministro da Fazenda e hoje deputado federal, acusado de ter mandado quebrar ilegalmente o sigilo bancário do caseiro Francenildo Santos Costa.

Deixando Dilma cada dia mais ''enrrolada'', no edital de compra dos equipamentos de segurança do Palácio do Planalto o governo exigiu que o banco de dados das câmeras de vídeo tivesse capacidade de armazenamento de registros por, no mínimo, 6 meses, e que depois os dados deveriam ser transferidos para um back-up, onde ficariam guardados definitivamente.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Ontem, vítima de um câncer no cérebro, morreu o senador norte-americano Ted Kennedy, irmão do mítico presidente J. F. Kennedy e o último símbolo da chamada "era Roosevelt", que transportou até este século 21 a memória de batalhas ideológicas em defesa da educação, da saúde, da justiça, da igualdade e principalmente da oportunidades para todos.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário