R.B. 18/AGO/09 "Seis ladrão"

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Seis ladrão"

São Paulo, 18 de agosto de 2009 (TERÇA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, sustentando o patamar dos 55.000pts e tentando se recuperar após acumular no pregão anterior a maior queda percentual em 8 semanas, seguindo o movimento ascendente das principais bolsas mundiais e também beneficiada pelas boas perspectivas para a economia brasileira.
- O DÓLAR pode cair, retomando sua ''trajetória natural'' após 2 pregões consecutivos de alta, diante do crescente fluxo positivo de recursos externos (1) destinados a investimentos na Bovespa, (2) oriundos do superávit da balança comercial e (3) cujo objetivo é aproveitar um dos maiores juros reais do mundo.

ONTEM
- BOVESPA -2,5%, já abriu em queda e, acompanhando a trajetória negativa das demais bolsas mundiais, manteve-se em baixa ao longo de todo pregão, com bom volume de negócios (R$ 7,7bi), pressionada pelo recuo dos commodities e diante dos ''temores'' de que a recuperação econômica global possa não estar tão próxima quanto se imaginava.
- DÓLAR 0,9% à R$ 1,87, já abriu em alta e, acompanhando o ''humor negativo'' na Bovespa, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, também pressionado pelos leilões de compra do BC.
- Na ÁSIA, iniciando uma onda negativa que passou por todas as bolsas do mundo, JAPÃO -3,1%, o pregão mais negativo em 4 meses, com destaques de queda para as exportadoras, diante da forte valorização da moeda local (o iene) ante o dólar, CHINA -5,8%, no menor patamar em 2 meses e com a maior queda porcentual em um único dia desde 18/NOV/08, diante do aumento da aversão ao risco dos investidores e CORÉIA -2,8%, com destaques de queda para as petrolíferas.
- Na EUROPA, seguindo o ''humor negativo'' dos demais mercados mundiais, INGLATERRA -1,5%, FRANÇA -2,2% e ALEMANHA -2,0%, pressionadas principalmente pelo declínio de papéis dos setores financeiro e de mineração, também em meio às preocupações dos investidores com a velocidade da recuperação econômica.
- Nos EUA, fechando o pregão com as maiores perdas diárias em mais de 6 meses, S&P -2,4%, DJ -2,0% e NASDAQ -2,7%, influenciadas negativamente pelo anuncio do FED (''BC'' local) de que a queda do desempenho da economia daquele país estava "se nivelando".
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Citando como principal exemplo o crescimento da produção industrial registrada nos últimos meses, Meirelles, presidente do BC, ''avisou'' que os últimos dados divulgados sobre a economia brasileira indicam um crescimento do PIB já no segundo trimestre de 2009.

Confirmando a crescente atratividade do Brasil, e conseqüentemente de suas empresas, no ano passado o volume acumulado de negociações das ações de empresas brasileiras listadas na Bolsa de NY cresceu 62% na comparação com 2007, com volume médio diário de quase US$ 4bi por dia, quase o dobro do valor médio negociado por todas as companhias registradas na Bovespa no mesmo período (US$ 2,7bi).

Após crescer 5,5% em JUL/09 na comparação com JUN/09, segundo o Serasa a demanda das empresas por crédito já retornou aos patamares de antes do agravamento da crise econômica mundial.

Como já era de se esperar, o setor bancário brasileiro, diferentemente de seus pares espalhados pelo mundo, foi o que teve maior lucro no primeiro semestre deste ano, respondendo por quase 25% do resultado total das 303 empresas de capital aberto do país que já apresentaram seus balanços.

Com a média diária das exportações brasileiras crescendo 5,2% nas 2 primeiras semanas de AGO/09 na comparação com as 2 primeiras semanas de JUL/09, até o final da semana passada a balança comercial do Brasil já acumula um superávit de US$ 18,5bi, o que representa uma alta de 20,5% na comparação com o mesmo período de 2008.

Cada vez mais abaixo do centro da meta (4,5%), o que deveria fazer o Copom seguir cortando a Selic, o ''mercado'' reduziu, de 4,40% para 4,37%, suas ''apostas'' para a inflação brasileira em 2009.

- Embora próximo das ''apostas do mercado'' (0,40%), o IPC da segunda quadrissemana de AGO/09 ficou em 0,43%, patamar acima do registrado na primeira prévia do mês (0,35%).
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Acompanhando PV e PSB, que percebendo que a ''batalha'' de Dilma será muito dura, já procuram construir candidaturas próprias à Presidência, o PTB, que atualmente tem vaga no primeiro escalão do governo Lula, já começa a se aproximar dos tucanos Serra e Aécio.

Ainda acreditando que ''o Senado é seu'', Sarney determinou que a Secretaria de Imprensa do Senado inclua no portal da Casa na internet uma página onde serão postadas notas, informações e respostas relativas à presidência.

Por amizade, compadrio, medo de retaliações ou pura e simples conivência, a maioria dos 81 senadores, incluindo aí os do DEM e do PSDB, não está nem um pouco interessada em preservar o decoro, portanto Sarney deverá escapar de ser investigado e ficará para sempre como um senador manchado por um monte de suspeitas.

Apesar de ter afirmado que ''teve medo'' de Collor, o ''nobre'' senador Pedro Simon mandou Lula ''calar a boca'' e não interferir em assuntos de seus ministros, ressaltando inclusive que deve ter partido do petista a ordem para Dilma pedir à secretária da Receita pressa nas investigações contra Sarney.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Lula ''trucou'' e afirmou que, para provar que esteve com Dilma, a ex-secretária da Receita Lina Vieira deveria mostrar sua agenda com este compromisso marcado, porem o senador democrata José Agripino já gritou ''seis ladrão'', ressaltando que se o presidente quer mesmo chegar à verdade do episódio, poderia começar cedendo as fitas de vídeo da segurança do Palácio do Planalto.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário