R.B. 13/AGO/09 "Mentirinhas de Sarney"

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

________________________________________
"Mentirinhas de Sarney"

Rio de Janeiro, 13 de agosto de 2009 (QUINTA-FEIRA).
________________________________________
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve seguir em alta, agora rumo aos 58.000pts, cada vez mais ‘’animada’’ pelos sinais de recuperação das economias, interna e externa, e também beneficiada pela valorização das commodities e pelas declarações de Lula de que a Selic pode cair mais.
- O DÓLAR pode seguir em queda, com ‘’boas chances’’ de testar o ‘’suporte’’ dos R$ 1,80 ainda este mês, seguindo o ‘’crescente e constante’’ fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e investimentos.

ONTEM
- BOVESPA 1,5%, abriu ‘’de lado’’, para na mínima recuar -0,1%, porem, acompanhando a melhora do ‘’humor’’ nas bolsas de NY, logo passou a subir, recuperando as perdas do pregão anterior, após o Fed (‘’Copom’’ dos EUA) ter mantido a taxa básica de juros do país em uma banda entre zero e 0,25% ao ano.
- DÓLAR -0,4% à R$ 1,83, abriu em leve alta, para na máxima atingir R$ 1,85, porem logo passou a cair, refletindo o ‘’bom humor’’ nos mercados globais, apesar dos leilões de compra do BC.
- Na ÁSIA, realizando lucros recentes, JAPÃO -1,4%, desta vez com destaques de queda para seguradoras, empresas de transporte marítimo e montadoras, diante da exacerbada pela valorização da moeda local (o iene) frente ao dólar, CHINA -4,7%, a maior queda dos últimos 30 dias, devido às preocupações de que, no segundo semestre, poderá haver uma redução no crédito bancário e na concessão de empréstimos e CORÉIA -0,9, com destaque negativo para as ações da Kia Motors (-2,4%), mesmo depois
de a montadora ter informado que seu lucro do segundo trimestre mais do que quadruplicou em relação ao de um ano antes.
- Na EUROPA, retomando suas trajetórias de alta após 2 pregões consecutivos de queda e seguindo o desempenho positivo das bolsas de NY, INGLATERRA 1,0%, FRANÇA 1,5% e ALEMANHA 1,2%, com o resultado positivo da companhia alemã E.ON impulsionando as ações de companhias de serviços públicos e os papéis de bancos avançando antes dos comentários do Fed (‘’BC’’ dos EUA) sobre a economia norte-americana.
- Nos EUA, revertendo uma abertura negativa, para os índices fecharem próximos dos maiores patamares em 10 meses, S&P 1,1%, DJ 1,3% e NASDAQ 1,5%, ‘’animadas’’ após o Fede (‘’BC e Copom’’ local) afirmar que vê sinais de estabilização da economia e manter inalteradas as taxas de juro, em uma banda entre zero e 0,25% ao ano, ao fim de um encontro de dois dias sobre política monetária.
________________________________________
Economia:

Contrariando as ‘’apostas do mercado’’, que não espera mais reduções na Selic para este ano e já projeta alta para 2010, Lula afirmou que há espaço para novas reduções na taxa básica de juros, que aliás está no menor patamar da história e já caíram de 13,75% ao ano no final de 2008 para os atuais 8,75% ao ano, ressaltando que é um equivoco imaginar que o fluxo de capital estrangeiro ao país reflita apenas o lado da especulação financeira.

Demonstrando otimismo com o gradativo aquecimento de fusões e aquisições, depois de um primeiro semestre não tão ruim como se temia no auge da turbulência financeira, ontem, contrariando a opinião de Armínio Fraga, que afirmou que o BNDES está ‘’sufocando’’ o mercado de capitais brasileiro, a Associação Nacional dos Bancos de Investimento (Anbid) ressaltou que as empresas estão querendo vir a mercado e que as razões para a aposta são variadas, incluindo a normalização do crédito, a perspectiva de crescimento econômico e até a recente alta do mercado acionário, que pode fulminar oportunidades baratas de aquisições.

Dando mais um sinal de recuperação da economia interna, no primeiro semestre de 2009 o desempenho do mercado de trabalho brasileiro ficou acima das expectativas do início da crise financeira internacional, com melhora, ainda que lenta, nas taxas de desemprego e de informalidade e o nível dos rendimentos ficou 4,2% acima do apurado no mesmo período de 2008.

Provando mais uma vez a enorme eficiência do atual BC brasileiro, as reservas internacionais brasileiras, que subiram de US$ 36,2bi em 2002 para mais de US$ 210bi atualmente, renderam, em dólar, um ganho de 52% no período, o que dá uma média anual de 6,2% ao ano.

Forçando a concorrência a reduzir suas as taxas, como fruto da mudança na sua direção, o Banco do Brasil, 9 meses após ter perdido a liderança para o Itaú Unibanco, retomou o posto de maior banco em ativos do Brasil e da América Latina.

Apresentando suas estratégias para elevar o número e o volume de negócios e se tornar uma das 3 maiores bolsas de valores do mundo, a BM&FBovespa pretende (1) reforçar sua atuação no exterior, reformulando suas ações nos escritórios em NY e em Xangai e abrindo um novo escritório em Londres, e (2) aumentar em 10 vezes o número de pequenos investidores nos próximos 5 anos, investindo cerca de R$ 20 milhões em divulgação, que inclui, entre outros, um programa de educação financeira na TV Cultura e os eventos em diversos lugares do país.

- A BM&FBovespa subiu 1,2%, após anunciar que seu lucro líquido no segundo trimestre deste ano foi 13,9% superior ao resultado apurado no mesmo período de 2008.
________________________________________
Política:

Apesar de ainda não ter confirmado que sairá do PT para disputar a presidência do Brasil pelo PV, a senadora Marina Silva já está tratando de dificuldades na formação de palanques estaduais, principalmente no RJ, aonde Gabeira já havia assumido compromisso de disputar o governo do estado com o apoio de PSDB e DEM.

Aumentando a lista de ‘’mentirinhas de Sarney’’, o democrata Heráclito Fortes, primeiro-secretário do Senado, determinou ontem a abertura de um inquérito administrativo para apurar a descoberta de mais 468 atos secretos na Casa, além dos cerca de 500 já identificados.

Como não poderia ser diferente, o peemedebista Paulo Duque, presidente do Conselho de Ética e mais conhecido como o ‘’arquivador geral do Senado’’, arquivou a representação do PMDB que pedia a cassação do mandato do tucano Arthur Virgílio, líder do PSDB, por quebra de decoro parlamentar já que (1) manteve um funcionário fantasma em seu gabinete, (2) pediu dinheiro emprestado ao ex-diretor do Senado Agaciel Maia e (3) extrapolou o limite de gastos do seu plano de saúde.
________________________________________
Crítica:

Certamente fazendo Machado de Assis se revirar no tumulo, Collor, seguindo seu ‘’comparsa’’ Sarney, será o próximo ocupante de uma cadeira na Academia Alagoana de Letras e, apesar de ter escrito apenas 1 livro, que aliás ainda nem foi publicado, entrará para o grupo de imortais, ao lado de historiadores e literários.
_______________________________________
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
_______________________________________
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
_______________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário