R.B. 12/MAI/09 ''Formula mágica''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Formula mágica"

São Paulo, 12 de maio de 2009 (TERÇA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, recuperando as perdas do pregão anterior para voltar a fechar acima dos 51.000pts, diante dos sinais de das ''apostas'' de que a economia brasileira sairá ''maior e mais forte'' da atual crise financeira mundial.
- O DÓLAR pode voltar a cair, agora rumo aos R$ 2,0, já que, apesar dos leilões de compra do BC, as boas perspectivas e o ainda elevado patamar da taxa real de juros da economia brasileira, aliado ao baixíssimo patamar dos juros nos EUA e na Europa, continuam atraindo cada vez mais ''investimentos'' externos ao Brasil.

ONTEM
- BOVESPA -0,8%, já abriu em queda e, em um pregão marcado pela baixa volatilidade e pelo reduzido volume de negócios (R$ 4,1bi), manteve a trajetória negativa ao longo de todo dia, acompanhando a realização de lucros das bolsas de NY.
- DÓLAR -0,4% à R$ 2,06, abriu em alta, para na máxima avançar %, porem, apesar de mais um leilão de compra do BC e da elevação do risco-Brasil (4,8%), passou a cair na parte da tarde, pressionado pelo forte fluxo positivo de recursos externos, para fechar no menor patamar desde OUT/08.
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO 0,2%, sustentada por ações de empresas do setor financeiro, como Mizuho Financial (5,7%) e Shinsei Bank (6,0%), seguindo a alta de suas rivais dos EUA na sexta-feira, CHINA -1,8%, realizando lucros após 7 sessões seguidas de ganhos e com destaques negativos para as companhias aéreas, China Southern Airlines (-4,5%) e Air China (-5,2%), prejudicadas pela elevação do petróleo e CORÉIA 0,2%, com destaques de alta para ações de bancos, diante da expectativa de que a valorização da moeda local possa ajudar o setor bancário a obter de forma muito mais fácil recursos em moeda estrangeira.
- Na EUROPA, realizando lucros recentes, INGLATERRA -0,6%, FRANÇA -1,9% e ALEMANHA -1,0%, com destaques de queda para papéis de empresas com maior exposição à recuperação da economia mundial, como as companhias do setor de commodities, como as mineradoras a Kazakhmys (-13,6%), Xstrata (-2,8%) e Lonmin (-9,9%), e do segmento financeiro, como Standard Chartered (-6,8%) e Deutsche Postbank (-1,5%).
- Nos EUA, ''aproveitando-se'' da ausência de indicadores importantes para também realizar lucros recentes, S&P -2,1%, DJ -1,8% e NASDAQ -0,4%, com destaques de queda para ações de empresas do setor financeiro, já que os bancos US Bancorp, Capital One Financial e BB&T lançaram ofertas públicas de ações para levantar capital e pagar os empréstimos concedidos pelo governo pelo Programa de Socorro a Ativos Depreciados.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Aumentando a lista daqueles que corroboram com a opinião do governo brasileiro, Edward Prescott, Prêmio Nobel de Economia de 2004, afirmou que o Brasil deve se beneficiar com a crise econômica mundial e pode passar a integrar o grupo de países industriais ricos até 2030.

Confirmando mais uma vez sua enorme ''humildade'', Serra, governador de SP e futuro candidato tucano à presidência em 2010, afirmou que o BC brasileiro demorou em reduzir a taxa de juros não por má-fé mais sim por ter um conhecimento insuficiente da economia.

Dando novos sinais de que a economia brasileira, apesar de num ritmo menor, continua crescendo, (1) as vendas no varejo na semana do Dia das Mães cresceram 1,9% neste ano na comparação com o mesmo período do ano anterior e (2) em MAR/09, pelo terceiro mês consecutivo, o emprego na construção civil brasileira cresceu 0,87% ante FEV/09, com a abertura de 18.341 novas vagas formais.

Apesar da ultima redução da taxa básica de juros e dos sinais de recuperação da economia brasileira, o ''mercado'' voltou a piorar suas projeções para o crescimento do PIB brasileiro em 2009, desta vez de -0,30% para -0,44%.

Enquanto o governo Federal busca uma ''formula mágica'' para evitar uma fuga de recursos dos fundos para a poupança, que pode ocorrer diante queda da taxa Selic, os bancos brasileiros, que apesar da crise externa no setor continuam auferindo lucros astronômicos, cobraram em 2008 a 2ª mais alta taxa de administração da década, diminuindo com isto a rentabilidade dos seus fundos de investimento.

Mostrando que ''aprenderam a lição'' após os prejuízos decorrentes da farra ao longo de 2008 com apostas na valorização do real para obter ganhos financeiros, segundo um levantamento feito pela Cetip em 2009 as empresas brasileiras reduziram em -40% a exposição à variação da taxa de câmbio.

Influenciada principalmente pela forte queda nas importações (-23,1%), até a semana passada a balança comercial brasileira acumulava um superávit de US$ 7,3bi em 2009, valor 62,2% maior que no mesmo período de 2008.

- A Petrobrás caiu -0,4% e, após o fechamento do pregão, anunciou que, principalmente devido à queda do preço do petróleo, seu lucro líquido no primeiro semestre deste ano foi -19,7% menor que no mesmo período de 2008, apesar do aumento de 6% da produção de óleo e gás na mesma base de comparação.
- A Nossa Caixa caiu -0,2%, após anunciar que acumulou um prejuízo líquido de R$ -349mi no primeiro trimestre deste ano, contra um lucro líquido de R$ 115mi no primeiro trimestre do ano passado.
- A Light caiu -0,4%, após anunciar que seu lucro líquido de no primeiro trimestre deste ano foi 60,6% maior que no mesmo período de 2008.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Confirmando que o financiamento publico das campanhas apenas vai elevar os gastos do estado, sem eliminar as doações ''por fora'', os 3 setores que mais doaram aos partidos nas eleições municipais de 2008, que são empreiteiras, bancos e empresas de coleta de lixo, preferiram ocultar o destino do dinheiro utilizando-se do artifício da doação oculta, no qual as empresas dão o dinheiro ao partido, que, por sua vez, o repassa às campanhas, evitando que os financiadores vinculem seu nome a candidatos.

Em 2010 será renovado 2/3 do senado e isto pode ser um ''problemão'' para costurar a ''sonhada'' aliança entre PT e PMDB, já que os petistas tentarão reeleger 75% dos seus senadores (9 de 12) e os peemedebistas terão a missão de reeleger 83% de seus senadores (15 de 18), o que pode causar disputas acirradas entre ''caciques'' dos 2 partidos nos Estados.

Punindo o mocinho e livrando a cara do bandido, a Policia Federal deve expulsar o delegado Protógenes Queiroz, já que tem convicção formada sobre a participação dele em campanhas eleitorais.

Em busca do ''sonhado'' apoio do PMDB nas eleições presidenciais de 2010, ''tucanos renomados'', que obviamente não serão citados publicamente, já cogitam a possibilidade de ''rifar'' a governadora do RS Yeda Crusius, acusada por seus próprios aliados de uso de caixa 2 na sua campanha de 2006, e apoiar o prefeito de Porto Alegre, o peemedebista José Fogaça, nas eleições do estado em 2010.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Cada dia mais capitalista, Cuba, que ao que tudo indica só espera a morte de Fidel para ''liberar geral'', anunciou que fechou com o governo do Qatar um contrato para construir um resort 5 estrelas de US$ 75 milhões, com 450 quartos, em Cayo Largo del Sur, que fica a 170 quilômetros de Havana.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário