R.B. 6/ABR/09 ''O mundo de rentabilidades altas sem muito esforço ficará na lembrança''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"O mundo de rentabilidades altas sem muito esforço ficará na lembrança"

São Paulo, 6 de abril de 2009 (SEGUNDA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve seguir em alta, rumo aos 45.000pts, acompanhando a nova melhora do ''humor'' nas bolsas de NY e influenciada principalmente pelos sinais de que a economia brasileira, sustentada pelo consumo interno, está ''resistindo bravamente'' à crise externa.
- O DÓLAR pode voltar a cair, para romper, sem precisar fazer muito ''esforço'', o suporte dos R$ 2,20, influenciado pelo constante, e cada vez mais crescente, fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e principalmente ''investimentos''.

SEXTA-FEIRA
- BOVESPA 1,5% (5,9% na semana), já abriu em alta e, apesar dos momentos de realização de lucros nas bolsas de NY, manteve a trajetória ascendente ao longo de ''quase'' todo pregão, para fechar em alta pelo quarto dia consecutivo, diante das boas perspectivas para a economia brasileira.
- DÓLAR -1,3% à R$ 2,20 já abriu em queda e, seguindo a melhora do ''humor'' na Bovespa e influenciado pelo forte recuo do risco-Brasil (-10,1%), manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, para fechar no menor patamar desde 6/JAN/09.
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO %, novamente com destaques de alta para as montadoras, como Toyota (7,2%) e Honda (1,6%), ajudadas pela desvalorização da moeda local (o iene), que atingiu seu mais baixo patamar em mais de 5 meses, CHINA -0,2%, realizando lucros após 3 pregões consecutivos de alta, pressionada pelo declínio nas ações de companhias de recursos naturais e de vendas rotacionais, movimentos que ofuscaram os ganhos no setor bancário e CORÉIA 0,5%, a quarta sessão consecutiva de alta, com os investidores estrangeiros continuando a mostrar um ''forte apetite'' pelas ações locais.
- Na EUROPA, seguindo a abertura negativa das bolsas de NY para realizarem lucros recentes, INGLATERRA -2,3% (3,3% na semana), FRANÇA -1,1% (4,2% na semana) e ALEMANHA -0,1% (4,3% na semana), pressionadas principalmente pelo declínio nos papéis de companhias do setor farmacêutico, como Roche (-4,6%) e Nordisk (-13,1%), que foi utilizado como refúgio enquanto o foco do mercado estava direcionado exclusivamente para o desaquecimento da economia.
- Nos EUA, revertendo uma abertura negativa, S&P 1,0%, DJ 0,5% e NASDAQ 1,2%, porem com baixos volumes de negócios, já que os investidores se preparam para o início da temporada de divulgações dos resultados corporativos referentes ao primeiro trimestre deste ano.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Indicando, nas entrelinhas, que ''o mundo de rentabilidades altas sem muito esforço ficará na lembrança'', Meirelles, presidente do BC, ''avisou'' que a redução da taxa de juros pode incomodar, ressaltando que não podemos ter queda para empréstimos e, ao mesmo tempo, dizer que não pode haver queda em alguns investimentos, como a poupança e os fundos de renda fixa.

Dando mais um sinal de que ''os gringos apostam no Brasil'', mais até do que muitos brasileiros, em MAR/09 o saldo dos investimentos estrangeiros na Bovespa ficou positivo em R$ 1,4bi, o que representa o melhor resultado desde ABR/08.

Mostrando como é urgente a necessidade do Copom seguir cortando a Selic e principalmente do BC estimular a concorrência no setor bancário brasileiro, no ano passado o Brasil pagou R$ 134,5bi em "spread" bancário, valor que corresponde a quase 4 vezes o orçamento do Ministério da Educação ou 2,5 vezes o do Ministério da Saúde no mesmo período.

Com o Brasil trabalhando para não ser um país ''apenas'' agrário, entre 2003 e 2006 o número de pessoas empregadas no setor de tecnologia da informação e comunicação, que engloba os setores de informática e telecomunicações, cresceu 40,7%, e no mesmo período o número de empresas do setor aumentou 18,3%.

Beneficiando as classes menos abastadas da sociedade, segundo a FGV a menor pressão dos alimentos, causada pela queda na demanda oriunda da crise global, vai fazer com que os mais pobres sintam menos os efeitos da inflação em 2009.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Finalmente ''percebendo'' que Marta tem uma enorme rejeição entre a ''elite paulistana'', os setores do PT empenhados em articular o nome de Palocci ao governo paulista em 2010 começaram a pôr em prática uma campanha para que ele admita o interesse em disputar e dê o sinal verde para os preparativos da corrida eleitoral.

Alheios à crise econômica e ao debate nacional sobre o inchaço dos Legislativos, os ''nobres'' deputados da Assembléia de SP, que aliás é ''110% dominada'' por Serra, aprovaram leis que aumentaram cargos na Mesa Diretora e mantêm antigas regalias.

Confirmando a ''força'' das construtoras no Congresso Nacional, segundo um estudo recente, feito ''apenas'' com dados oficiais informados à Justiça Eleitoral em 2006, apenas a Camargo Corrêa, que é alvo da investigação da PF, ajudou a pagar as contas de campanha de 38 deputados e 5 senadores.

Como ambos os lados obviamente tem muito a perder, deputados e senadores da base aliada e da oposição disseram que não devem instaurar uma CPI para investigar a empreiteira Camargo Corrêa.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Apesar de economicamente ser comparado à Rússia, China e Índia, formando o grupo BRIC, o Brasil, confirmando sua vocação pacifista, é o único destes 4 países que não tem bomba atônica, porem mesmo assim é 12º país que mais investe em defesa no mundo e, buscando soluções pacificas para os conflitos, vem pleiteando uma vaga permanente no Conselho de Segurança da ONU.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário