R.B. 28/ABR/09 "Sem nenhum otimismo exagerado"

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Sem nenhum otimismo exagerado"

São Paulo, 28 de abril de 2009 (TERÇA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA pode subir, retomando sua trajetória de alta após a realização de lucros do pregão anterior, diante da redução dos ''temores'' com a gripe suína e das perspectivas de corte da Selic em ao menos -1,0%, de 11,25% para 10,25%, na reunião do Copom que começa hoje.
- O DÓLAR deve cair, ainda com ''boas chances'' de fechar o mês abaixo dos R$ 2,20, acompanhando a provável melhora do ''humor'' na Bovespa e também influenciado pela manutenção do ''crescente e constante'' fluxo positivo de recursos externos.

ONTEM
- BOVESPA -2,2%, já abriu em queda e, usando a gripe suína como ''desculpa'' para realizar lucros recentes, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, apesar da consolidação das ''apostas'' de que o Copom cortará a Selic em ao menos -1,0% na reunião desta semana.
- DÓLAR 1,3% à R$ 2,22, já abriu em alta e, acompanhando a piora do ''humor'' na Bovespa, manteve a trajetória positiva ao longo de todo pregão, também influenciado pela elevação do risco-Brasil (1,6%).
- Na ÁSIA, JAPÃO 0,2%, sustentada pela alta dos papéis dos bancos, como Shinsei Bank (15,0%) e Aozora Bank (16,0%), diante de ''rumores'' de que estão em conversações sobre uma possível fusão, CHINA -1,8%, a segunda queda consecutiva, desta vez com destaques de queda para ações de produtores de porcos e de companhias aéreas e CORÉIA -1,1%, também com destaques de queda para os papéis de companhias aéreas e de turismo, como Korean Air (-7,4%), Asiana Airlines (-5,2%) e Hana Tour (-6,9%).
- Na EUROPA, apesar do crescente pânico de que a gripe suína venha a se tornar uma grande pandemia, INGLATERRA 0,3%, FRANÇA -0,1% e ALEMANHA 0,4%, divididas entre o bom desempenho das companhias do setor farmacêutico, como Roche (3,5%) e GlaxoSmithKline (5,7%), e o desempenho negativo das companhias aéreas, como British Airways (-7,7%) e Air France-KLM (-6,5%).
- Nos EUA, pressionadas por ações de redes hoteleiras, companhias aéreas e agências de viagens lideravam, diante do temor de que a gripe suína afete o setor de turismo e diminua o impacto da recuperação econômica, S&P -1,0%, DJ -0,6% e NASDAQ -0,9%, apesar da divulgação de parte dos planos de recuperação da GM, cujas ações subiram 18,1% após a empresa oferecer ao governo o seu controle em troca de outros US$ 11,6bi em ajuda financeira.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Ressaltando que os números da economia brasileira e mundial mostram que, "sem nenhum otimismo exagerado", o Brasil estava mais preparado que os demais países para enfrentar a atual crise financeira, Lula afirmou que é necessário ter tranqüilidade, continuar trabalhando com muita seriedade, saber que a crise é profunda, que é delicada e que o Brasil precisa continuar agindo da forma que possa sair rapidamente dela, inclusive dando um salto de qualidade.

Hoje começa a reunião do Copom, na qual será decidido o novo corte da Selic, que atualmente em 11,25% e, diante dos sinais de controle da inflação e recuperação ainda lenta da economia, as ''apostas do mercado'' variam entre uma redução de -0,75% até -1,5%, com a maior probabilidade de -1,0%.

Dando mais um sinal de recuperação da economia interna, em MAR/09 o consumo de energia elétrica cresceu 5,2% na comparação com FEV/09 e apresentou um decréscimo de apenas -0,4% na comparação com MAR/08, o que representa a menor retração registrada nesta base de comparação anual desde DEZ/08.

Apresentando mais um dado que confirma que, ao menos no Brasil, a atual crise financeira afetará com maior intensidade das as classes mais abastadas da sociedade, enquanto as vendas de carros e de eletrodomésticos, estimuladas pela redução do IPI, cresceu como se nada estivesse acontecendo, o mercado de bens de luxo deve encolher em torno de -10% neste ano.

Muito influenciada pela redução substancial das importações (-22,3%), até a semana passada a balança comercial brasileira acumulava um superávit de US$ 5,6bi no ano, resultado 35,7% maior que o auferido no mesmo período de 2008.

- A Klabin Segall subiu 30,5%, após a Agra e a Veremonte assinarem um acordo que prevê que ambas comprarão, juntas, 57,8% do seu capital.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Pressionado pela opinião pública e com ''medo'' do resultado de uma votação secreta, depois de anunciar na semana passada que colocaria em votação hoje o projeto de resolução com mudanças nas regras da cota de passagens aéreas, Michel Temer, presidente da Câmara, afirmou que pode voltar atrás e baixar o ato de resolução da Mesa Diretora que limita o uso dos bilhetes.

Mostrando que Dilma, e claro Lula, podem fazer ''uma limonada dos limões'', ontem, durante o último evento da longa agenda que cumpriu nesta segunda-feira em Manaus, o presidente petista pediu aos populares que fizessem orações pela ministra da Casa Civil, que anunciou no sábado que está fazendo tratamento contra um câncer linfático.

Confirmando que a farra com dinheiro publico não acontece somente no legislativo, apenas nos últimos 5 anos as despesas do Supremo Tribunal Federal com passagens aéreas dos 11 ministros e dos funcionários da Corte aumentaram 320%, subindo de R$ 269 mil em 2003 para R$ 1,133 milhão em 2008.

Mostrando que o trabalho de Protógenes Queiroz estava correto e que Gilmar Mendes estava errado em soltar seu ''protegido'', ontem a Polícia Federal informou que um total de 13 investigados pela Operação Satiagraha, incluindo obviamente Daniel Dantas, foram indiciados sob a acusação de lavagem de dinheiro, evasão de divisas, gestão fraudulenta, empréstimo vedado e formação de quadrilha.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Ninguém conseguia entender a decisão de Adriano, trocar o luxo e a fama em Milão por uma vida pacata e simples em uma favela do RJ parecia coisa de maluco, porem os gols e a alegria de Ronaldo, que renasce para a vida e para o futebol em SP, podem começar a dar pistas para a solução deste mistério, indicando que o Brasil, apesar de todas suas mazelas e problemas sociais, é o melhor lugar do mundo para o brasileiro viver, principalmente se este brasileiro em questão já tiver em sua conta bancária dinheiro suficiente para sustentar umas 5 gerações.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário