R.B. 26/MAR/09 "Veículo de maledicências"

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Veículo de maledicências"

São Paulo, 26 de março de 2009 (QUINTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, para fechar acima dos 42.000pts, seguindo a melhora do ''humor'' das demais bolsas mundiais e ainda influenciada pelas ''apostas'' de que o Brasil sairá ''maior e mais forte'' da atual crise financeira internacional.
- O DÓLAR pode cair, retomando sua trajetória descendente após a ''parada técnica'' do pregão anterior, influenciada pelo aumento do fluxo positivo de recursos externos, que apenas na Bovespa ficou positivo em R$ 906,7mi nos 20 primeiros dias de MAR/09.

ONTEM
- BOVESPA 0,8%, já abriu em alta e, com bom volume de negócios (R$ 4,7bi), manteve a trajetória ascendente ao longo de ''quase'' todo pregão, para fechar pelo sexto dia consecutivo acima dos 40.000pts (aos 41.799pts), diante do otimismo dos investidores locais e do retorno dos investidores estrangeiros ao mercado doméstico.
- DÓLAR 0,3% à R$ 2,25, já abriu em alta e, apesar de perder um pouco de ''força'' ao longo do dia, manteve a trajetória positiva durante ''quase'' todo pregão, em um pequeno movimento de ''ajuste técnico'', porem para fechar abaixo dos R$ 2,30 pelo oitavo dia consecutivo.
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO -0,1%, em uma ''parada técnica'' apos 2 pregões consecutivos de fortes altas, desta vez com destaques de queda para as ações de algumas grandes exportadoras, como a Sony (-2,4%), diante da valorização da moeda local (o iene) frente ao dólar, CHINA -2,0%, a primeira queda após 7 sessões seguidas de ganhos, com modesto volume de negociações e destaques de queda para as fabricantes de veículos, como SAIC Motor (-4,3%) e Dongfeng Automobile (-3,5%), diante da decisão do governo de aumentar o preço dos combustíveis e CORÉIA 0,6%, no maior patamar em 5 meses, puxada pelas ações de companhias de transporte marítimo e de estaleiros.
- Na EUROPA, sem uma tendência única, INGLATERRA -0,3%, pressionada pelo declínio das ações de mineradoras, como Anglo American (-4,4%) e Kazakhmys (-3,3%), porem FRANÇA 0,7% e ALEMANHA 0,9%, impulsionados pelo avanço dos papéis de empresas do setor petrolífero e do segmento de alimentação.
- Nos EUA, retomando o movimento de recuperação após a realização de lucros do pregão anterior e apesar do aumento dos ''temores'' de uma disparada da dívida pública local, S&P 1,0%, DJ 1,2% e NASDAQ 0,8%, ''animadas'' sinais de recuperação da economia, como (1) o crescimento de 3,4% nas encomendas de bens duráveis em FEV/09, que foi o primeiro resultado positivo desde JUL/08 e o melhor resultado em 14 meses e (2) o aumento de 4,7% nas vendas de casas novas em FEV/09.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Com a experiência de quem já foi um grande banqueiro, Meirelles, presidente do BC, afirmou que há muito espaço para a redução do "spread" bancário no Brasil, ressaltando porem que os fatores que poderão contribuir para a queda da taxa são o aumento da concorrência, que deve ser estimulada com o fortalecimento dos bancos médios e pequenos, e o cadastro positivo, que permitirá um cliente levar seu histórico de crédito de um banco para outro e assim beneficiará os bons pagadores.

Após ''garantir'' que o pior da crise financeira global já passou, principalmente diante das políticas econômicas adotadas pelos diversos governos, o Ipea ''avisou'' que o PIB brasileiro crescerá 2% este ano, impulsionado pela retomada da atividade econômica a partir do segundo semestre.

Mostrando que atualmente ninguém se entende e não pode ter certeza de nada nem mesmo dentro da própria instituição, apesar de ressaltar que a América Latina deve sofrer menos se for comparada a EUA, Europa e Japão, Nicolás Eyzaguirre, diretor do FMI, ''avisou'' que a região que tem o Brasil como seu maior expoente deve entrar em recessão em 2009, porem Dominique Strauss-Kahn, diretor-gerente do FMI, voltou a ''garantir'' que a recuperação econômica mundial pode se concretizar no primeiro semestre de 2010.

Fazendo sua parte para afastar a crise internacional do Brasil, o BNDES desembolsou R$ 93,6bi nos últimos 12 meses, encerrados em FEV/09, o que representa um novo recorde histórico e um aumento de 40% em relação ao mesmo período imediatamente anterior.

Apoiado e elogiado pelo setor da construção civil, porem obviamente criticado pela oposição, ontem Lula lançou o programa "Minha Casa, Minha Vida", que tem como objetivo investir R$ 34bi para construir 1 milhão de moradias para famílias com renda até 10 salários mínimos (R$ 4.650).
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Confirmando que no Brasil, para ter certeza do sucesso de seu lob, o empresário ascende uma vela para o Diabo e outra para Deus, segundo uma nova ''investigação bomba'' da Polícia Federal, os partidos políticos PSDB, PS, PPS, PSB, PDT, DEM, PP e o PMDB receberam doações ilegais da empreiteira Camargo Corrêa nas eleições de 2008, doações estas que foram intermediadas "direta ou indiretamente" pela FIESP.

Mostrando que sua vitória foi construída com ''muito dinheiro e muita propaganda'', propaganda esta que ao que tudo indica foi bancada quase que toda pela Camargo Correia, kassab, que se elegeu com 61% dos votos válidos, tem atualmente apenas 45% de aprovação, mesmo patamar alcançado pelo democrata antes do inicio da campanha pela prefeitura de SP.

Indignada com as recentes declarações do presidente do presidente do Supremo Tribunal Federal, a associação dos Juízes Federais do Brasil divulgou ontem uma nota em que classifica Gilmar Mendes de "leviano" e "veículo de maledicências" contra magistrados por ter feito declarações "desrespeitosas e ofensivas" contra juízes e desembargadores paulistas.

Ainda ''sonhando'' com a vaga de candidato tucano nas eleições presidenciais de 2010, Aécio, governador de MG, afirmou que a posição tomada pelo TSE sobre as prévias partidárias abriu caminho para o PSDB para realizar debates internos e definir seu candidato.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Confirmando uma importante e louvável mudança na forma como os EUA lidam com os outros países, Hillary Clinton, em sua primeira visita a um país da América Latina como secretária de Estado, reconheceu que os norte-americanos, diante do grande consumo de drogas ilegais, compartilham a responsabilidade pela violência provocada pelo narcotráfico no México e prometeu ajudar no combate aos cartéis.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário