R.B. 27/JAN/09 ''Mudou de time em troca de um bom emprego''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.
"Mudou de time em troca de um bom emprego"

São Paulo, 27 de janeiro de 2009 (TERÇA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve seguir em alta, com ''boas chances'' de fechar a semana acima dos 40.000pts, acompanhando o movimento ascendente das demais bolsas do mundo e também beneficiada pela valorização da commodities.
- O DÓLAR pode volta a cair, tentando romper o ''suporte'' dos R$ 2,30, já que, apesar da redução da taxa básica de juros e da crise externa, os números confirmam que o Brasil continua atraindo investimentos.

ONTEM
- BOVESPA 1,0%, abriu em queda, para na mínima recuar -0,8%, porem, apesar da instabilidade dos mercados externos e dos números divergentes da economia brasileira, recuperou-se ainda na parte da manhã, para manter-se em território positivo até o final do pregão, beneficiada pela alta dos preços internacionais de algumas commodities.
- DÓLAR -1,3% à R$ 2,31, já abriu em queda e, seguindo o recuo do risco-Brasil (-2,9%), manteve a trajetória negativa ao longo de todo pregão, também influenciado pelos leilões de venda do BC.
- Na ÁSIA, com baixo volume de negócios, JAPÃO -0,8%, no menor nível dos últimos 3 meses, com destaques de queda para exportadoras com grande capitalização de mercado, como Sony (-3,3%) e Canon (-3,1%), CHINA e CORÉIA não funcionaram devido à feriados locais.
- Na EUROPA, revertendo uma abertura negativa, INGLATERRA 3,9%, FRANÇA 3,7% e ALEMANHA 3,5%, impulsionadas por empresas do setor bancário, como o banco Barclays, que disparou 73,2% após enviar uma carta aberta aos seus acionistas ''garantindo'' que não tem necessidade de recorrer ao mercado ou ao governo por mais dinheiro, e o banco BNP Paribas, cujas ações subiram 16,9% depois da companhia ter anunciado que prevê um lucro líquido maior do que o esperado.
- Nos EUA, apesar das dificuldades enfrentadas por Obama para aprovar seu pacote de US$ 825bi, S&P 0,6%, DJ 0,5% e NASDAQ 0,8%, beneficiadas por sinais de recuperação econômica, como o crescimento de 6,5% nas vendas de casas usadas em DEZ/08 e o ''surpreendente'' aumento de 80% no lucro líquido do McDonald's em 2008.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Com a economia brasileira apresentando números que parecem divergentes, mas que não são diante da premissa capitalista de ''sociabilizar os prejuízos e privatizar os lucros'', (1) em 2008 o BC registrou um fluxo de investimentos estrangeiros da ordem de US$ 45,1bi, valor recorde para a série histórica iniciada em 1947 e (2) em DEZ/08 as industrias de SP, principalmente as do setor calçadista, fecharam 130 mil vagas, com isto o nível de emprego da indústria paulista recuou -0,27% no ano passado.

Diante da alta dos juros no ano passado, em DEZ/08 o volume de empresas inadimplentes foi 36% maior que em DEZ/07, o que representou a maior alta desde 1999, porem, mostrando que o pior já pode ter passado, o indicador de previsões dos industriais paulistas, que ficou em 35,1pts na segunda quinzena de DEZ/08, subiu para 43,5pts na primeira quinzena de JAN/09.

Influenciado pelos recentes e constantes sinais de controle da inflação, o ''mercado'', apesar do corte de -1,0% da taxa básica de juros na ultima semana, reduziu de 4,80% para 4,64% suas ''apostas'' para a inflação deste ano.

- Acima do esperado (-,29%), o IPC registrou inflação de 0,36% na terceira quadrissemana de JAN/09, pressionado principalmente pelo grupo Educação (4,54%).

Com o objetivo de acabar com os recentes déficits na balança comercial brasileira, que aliás já acumula um saldo negativo de US$ 645mi neste ano, desde ontem o governo passou a adotar uma série de barreiras não-tarifárias à entrada de produtos importados, como a exigência da apresentação da licença de importação prévia para quase todos os produtos que entram no país.

- A Petrobrás subiu 0,9% e, após o fechamento do pregão, a empresa confirmou a presença de "espessa coluna de gás" em águas rasas em seu poço localizado na bacia de Santos.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

O Congresso Nacional está agitado, já que falta menos de 1 semana para as eleições da presidência da Câmara e do Senado. Na Câmara, apesar do grande favoritismo do peemedebista Michel Temer, que tem o apoio do PT, mais 3 candidatos tentam levar a eleição para o segundo turno. Já no Senado a disputa é entre Sarney, que tem o apoio da oposição e de boa parte da bancada do PMDB, e Tião Viana, que é do PT e conta com os votos dos partidos aliados e dos ''inimigos'' do ex-presidente.

Tentando colocar ''ordem na casa'', Lula, irritado com o clima de guerra pública no primeiro escalão do governo, determinou o fim da troca de acusações entre os ministros do Meio Ambiente, Carlos Minc, e da Agricultura, Reinhold Stephanes.

Mostrando que ''mudou de time em troca de um bom emprego'', já que com o salário de médico anestesista não tinha de onde tirar dinheiro para pagar suas contas e manter o padrão de vida de sua família, Alckmin, que antes apoiava a idéia de Aécio de realizar prévias para escolher o candidato tucano à presidência em 2010, afirmou, após se reunir com o agora ''patrão'' Serra, que prefere um acordo entre a ''cúpula'' tucana para resolver esta questão.

Após seu primeiro contato telefônico com o agora ''companheiro Obama'', Lula afirmou que o presidente norte-americano se mostrou disposto a trabalhar em cooperação com o Brasil para fortalecer as relações econômicas e culturais entre os 2 países e estabelecer a paz no continente.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Agindo como os traficantes do RJ, que colocam seus imóveis nos nomes de ''laranjas'', Richard Fuld, ex-presidente do banco Lehman Brothers, vendeu uma de suas mansões na Flórida, comprada por mais de US$ 13 milhões há 5 anos, por míseros US$ 10 para sua mulher, provavelmente acreditando que a justiça norte-americana é tão ''inocente e burra'' como os investidores que ele iludiu.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário