R.B. 1/JUL/20 "Uma das maiores ameaças à liberdade de expressão da história tupiniquim"


"Uma das maiores ameaças à liberdade de expressão da história tupiniquim"

São Paulo, 1 de julho de 2020 (QUARTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve voltar a cair, ainda realizando lucros após avançar 8,8% no mês de JUN/20 e 30,2% no segundo trimestre do ano, seguindo o recuo das commodities e acompanhando o movimento descendente das principais bolsas mundiais e (2) o DÓLAR pode subir, influenciado pela trajetória internacional da moeda norte-americana e pela esperada manutenção do “humor negativo” na bolsa tupiniquim.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,7% (aos 95.056pts), devolvendo os ganhos da abertura, quando na máxima atingiu 96.257pts, pressionada especialmente pelas perdas das ações de bancos, como Itaú (-3,9%), Banco do Brasil (-3,9%) e Santander (-3,5%), que por sua vez foram prejudicados por uma decisão do CADE e (2) o DÓLAR subiu 0,2% à R$ 5,44, acompanhando o “humor negativo” na bolsa tupiniquim e o fluxo de saída de recursos do país, para fechar o primeiro semestre do ano acumulando uma valorização de 35,6%, o que representa o pior desempenho frente a moeda norte-americana na lista das 34 divisas mais líquidas no mundo.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 1,3% e China 0,8%, acompanhando o bom desempenho das bolsas de NY no dia anterior e animadas pela divulgação de dados positivos da economia chinesa, (2) da EUROPA, apesar de na média os índices registrarem no segundo trimestre do ano o melhor resultado em 5 anos, Inglaterra -0,9%, França -0,2% e Alemanha -0,3%, temendo uma segunda onda de coronavírus na região e também o agravamento das tensões entre EUA e China após a aprovação, pelo parlamento chinês, de uma lei de segurança nacional sobre Hong Kong e (3) dos EUA, com o S&P registrando no segundo trimestre deste ano uma valorização de 19,9%, o que representa o melhor resultado trimestral desde 1998, S&P 1,5%, DJ 0,8% e NASDAQ 1,9%, desta vez com o foco dos investidores na retomada econômica e na ampla liquidez fornecida por governos e pelos principais BCs do mundo.

Superando as expectativas do “mercado”, diante da reabertura gradual da economia norte-americana o índice de confiança do consumidor dos EUA subiu de 85,9pts em MAI/20 para 98,1pts em JUN/20.

Indicando que a economia chinesa, que é a segunda maior do mundo e o principal destino das exportações tupiniquins, está se recuperando mais rápido do que o esperado da crise do coronavírus, o PMI de serviços do país subiu de 53,6pts em MAI/20 para 54,4pts em JUN/20, contrariando expectativas de queda e alcançando o maior patamar em 7 meses.

Mostrando um otimismo bem acima da média do “mercado”, Paulo Guedes, ministro da Economia, afirmou ontem, em audiência com parlamentares, que o país não está em depressão econômica e que por isto não precisa emitir mais moeda para enfrentar as mazelas da quarentena do coronavírus.

Com os supermercados, que nunca pararam de funcionar pois tem um lobby poderoso, faturando como nunca na crise do coronavírus, o GPA, que controla o Extra e o Pão de Açúcar, anunciou ontem que abrirá mais um centro de distribuição, desta vez em Brasília, para atender a enorme demanda das compras online.

Ajudando no aumento da concorrência e prejudicando o nefasto monopólio dos grandes bancões tupiniquins, ontem o CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) atendeu o pedido do Facebook, dono do WhatsApp, e da Cielo e cancelou a suspensão do serviço de pagamentos e transferências realizados entre usuários do aplicativo, o que abre caminho para que o BC, órgão de regulação do mercado financeiro, também libere o serviço.

Apresentando mais um “fruto nefasto” da inútil, criminosa e canalha quarentena do coronavírus, 7,8 milhões de postos de trabalho, dentre eles 5,8 de empregos formais, foram destruídos no Brasil de JAN/20 até o final de MAI/20, o que fez com que, pela primeira vez na história tupiniquim, menos da metade dos brasileiros em idade para trabalhar estejam trabalhando.

Segundo You-Na Park-Heger, analista de moedas e emergentes do banco alemão Commerzbank, as incertezas sobre os rumos da pandemia de coronavírus, os juros historicamente baixos e com chance de cair ainda mais e os “ruídos políticos” aumentam a cautela dos investidores internacionais com o ajudam a depreciar o real frente ao dólar.

-    A Royal Dutch Shell caiu -3,9% na bolsa de Londres, após a empresa ter dito que espera registrar baixa contábil após impostos de até US$ -22bi no balanço do segundo trimestre, depois de revisar para baixo projeções de preços para o petróleo e o gás no médio e no longo prazo.


Política:

Representando “uma das maiores ameaças à liberdade de expressão da história tupiniquim”, ontem os canalhas, os bandidos e os socialistas do Senado Federal aprovaram, por 44 a 32, um projeto de lei que, com a desculpa esfarrapada de combater Fake News, pretende controlar, rastrear e censurar as publicações e opiniões dos brasileiros na internet.

Preocupados em ajudar, com o “carinho e atenção de sempre”, os grandes bancos, ontem os “nobres” deputados aprovaram uma medida provisória editada pelo governo para mudar o tratamento tributário da variação cambial de investimentos de instituições financeiras feitos no exterior.

Como o meliante não tinha um advogado que vai de bermuda ao STF, Rosa Weber, “nobre” ministra do STF, decidiu manter na cadeia um jovem que furtou dois shampoos, de R$ 10 cada um.

Coberto de razão e com muita coragem para enfrentar os canalhas, o médico e militar da reserva Allan Quadros Garcês, que é coordenador-geral de Gestão de Projetos de Saúde Digital do Ministério da Saúde, afirmou que o STF tupiniquim é composto por pelegos, autoritários, ditadores e ideológicos.

Confirmando mais uma vez que o Brasil vive atualmente a “ditadura do STF”, a defesa do jornalista Oswaldo Eustáquio Filho, que foi preso na semana passada por criticar membros da referida suprema corte, ainda não teve acesso ao inquérito aberto pelo ministro Alexandre de Moraes, que aliás sempre é bom lembrar foi advogado do PCC antes de ser indicado ao cargo pelo ex-presidente Temer.

Em mais um ato da “ditadura do STF”, ontem o Tribunal Superior Eleitoral, com o claro objetivo de chantagear e ameaçar o presidente, decidiu reabrir uma ação eleitoral dos bandidos e canalhas do PSOL e do REDE que acusa Bolsonaro e o vice Hamilton Mourão de crimes eleitorais e que pode caçar seus mandatos.

Frustrando os canetinhas de aluguel da organização criminosa petista, Queiroz, ex-assessor do filho do presidente Bolsonaro que está preso por acusação de rachadinha, afirmou que não pode fazer um acordo de delação premiada pois não tem o que delatar.

Idiota, como a maioria dos socialistas, a deputada estadual Isa Penna, do PSOL de SP, apresentou, sem noção do aumento de custos e da inviabilidade de implementação, um projeto de lei que torna obrigatório o fornecimento de kits de higienização e máscaras por serviços de entrega.

Usurpando os votos de milhares de eleitores, o canalha e deputado tucano Cauê Macris, presidente da Assembleia Legislativa de SP, determinou o afastamento, por um ano, dos deputados bolsonaristas Douglas Garcia e Gil Diniz (PSL-SP) de atividades partidárias e em comissões da Casa.


Crítica:

Confirmando que no mínimo cerca de 10% dos brasileiros são tão corruptos, bandidos e canalhas quando os políticos que eles elegem, segundo uma primeira triagem feita pelo Tribunal de Contas da União, 620.000 dos 64.100.000 beneficiados pelo pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal foram feitos de forma indevida e fraudulenta para políticos, servidores públicos, aposentados do INSS, trabalhadores com renda acima do teto e até para mortos.


PAZ, amor e bons negócios;


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário