R.B. 11/FEV/20 "O admirado, bem sucedido e querido rei da Bolsa"



"O admirado, bem sucedido e querido rei da Bolsa"

São Paulo, 11 de fevereiro de 2020 (TERÇA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, acompanhando a melhora do “humor” nas principais bolsas mundiais, beneficiada pela valorização das commodities e recuperando parte das perdas acumuladas no ano (-2,7%) e (2) o DÓLAR pode cair, em um “ajuste técnico” após acumular alta de 7,6% no ano, influenciado pela trajetória internacional da moeda norte-americana e pelo fluxo positivo de recursos externos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -1,0%, para fechar o dia no menor patamar desde 16/DEZ/19 (aos 112.570pts), prejudicada pelos “temores” de que a epidemia do coronavírus afetes os negócios de exportadores e importadores tupiniquins, pelo recuo das commodities e por declarações de Rodrigo Maia, presidente da Câmara, colocando em dúvidas a privatização da Eletrobrás (-3,8%) e (2) o DÓLAR subiu 0,1% à R$ 4,32, batendo mais um recorde histórico de alta desde a criação do real (em 1994), seguindo o “humor negativo” na bolsa brasileira, em uma sessão marcada pela baixa liquidez.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão -0,6%, com destaques de queda para as exportadoras e China 0,5%, aliviadas com a decisão de Pequim de começar a suspender restrições, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,3%, França -0,2% e Alemanha -0,2%, com o coronavírus e seus impactos na economia voltando a preocupar investidores, que estiveram atentos também ao noticiário da política local, que tem indefinição sobre o resultado eleitoral irlandês do fim de semana e dificuldades na sucessão do governo alemão de Ângela Merkel e (3) dos EUA, recuperando as perdas da abertura, para o S&P e o NASDAQ baterem novos recordes históricos de alta, S&P 0,7%, DJ 0,6% e NASDAQ 1,1%, beneficiadas por dados positivos da economia norte-americana e por bons resultados de grandes empresas, como a Amazon (2,6%).

Em ambos os casos ressaltando que ainda sabe a extensão do impacto do coronavírus no Brasil, (1) o Commerzbank alertou que os dados de atividade econômica tupiniquim têm sido decepcionantes e (2) o Itaú “avisou” que há risco de baixa em sua projeção de crescimento para o Produto Interno Bruto em 2020 e 2021, atualmente em 2,2% e 3,0%, respectivamente.

Sem grandes oscilações em relação a semana anterior, o “mercado” (1) manteve suas perspectivas para o crescimento da economia tupiniquim de 2,30% em 2020 e de 2,50% em 2021 e (2) reduziu pela 6ª vez seguida, desta vez de 3,40% para 3,25%, suas “apostas” para a inflação medida pelo IPCA em 2020.

Aproximando o país da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico, ontem o governo dos EUA publicou uma norma que retira o Brasil da lista de nações consideradas em desenvolvimento.

Coberto de razão, Luiz Barsi Filho, “o admirado, bem sucedido e querido rei da Bolsa”, alertou que o investidor tupiniquim tem 3 inimigos (1) a CVM, que não faz nada para acabar com os monopólios, (2) os bancos, que tem privilégios e demonizam os investimentos em ações e (2) a B3, que é monopolista, ineficiente e cara.

“Apostando” que, com a taxa básica de juros na mínima histórica ,é mais fácil e mais barato captar dinheiro no mercado bursátil, o BV, ex-Banco Votorantim, pediu registro para fazer um IPO na bolsa tupiniquim.

Fazendo caixa, e assim reduzindo a dívida pública, e diminuindo o tamanho do Estado, o governo Bolsonaro planeja vender 465 imóveis da União em 2020, com os quais espera arrecadar R$ 3bi.

-    O Itaú subiu 1,4% e, após o fechamento do pregão anunciou que, se esbaldando no monopólio bancário tupiniquim, lucrou R$ 28,4bi em 2019, patamar 10,2% maior do que o auferido em 2018.

Política:

Com um ego do tamanho de sua falta de caráter, Rodrigo Maia, presidente da Câmara, afirmou ontem que a proposta de reforma tributária estará aprovada em plenário nos 5 primeiros meses do ano.

Canalhas com medo da eficiência e da coragem de Sergio Moro, o principal ministro e fiador do governo Bolsonaro, os governadores ainda não se deram por vencidos e voltam a discutir hoje, em Brasília, a recriação do Ministério da Segurança Pública.

Solto em dezembro, durante o plantão do STJ, o ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho, que é chefe de uma organização criminosa que desviou R$ 134mi dos cofres públicos, apareceu ontem em Brasília e, mostrando que continua forte no PSB, anunciou um projeto para alavancar as candidaturas a prefeito.

Preparando uma chapa fantástica, o NOVO lançará Filipe Sabará como candidato a prefeito de SP e terá com vice Marina Helena Cunha Santos, atual diretora do Programa de Desestatização no Ministério da Economia de Paulo Guedes.

Lutando para manter suas fábricas de socialistas, o partido socialista Rede, linha auxiliar da organização criminosa petista, apresentou ontem ao STF uma ação para derrubar medida provisória, editada em DEZ/19, que dá ao presidente Bolsonaro maior liberdade de escolha dos reitores de universidades federais e institutos federais de educação.

Encrencando cada dia mais a vida do bandido de estimação de Gilmar Mendes, o empresário picareta Eike Batista acusou, com provas, Aécio Neves de ter recebido R$ 20mi em propina para ajudar suas empresas a conseguir liberação de licenças ambientais.

Afastados do PSL e determinados a criar a Aliança pelo Brasil, apoiadores do presidente Bolsonaro refutam o nome de Paulo Skaf para liderar o partido em SP e defendem que o deputado Luiz Philippe de Orléans e Bragança assuma a sigla.

Solidária com seus líderes fracassados, a organização criminosa petista dará para Dilma Rousseff a presidência de honra da Fundação Perseu Abramo, que segue sendo presidida por outro bandido, o ex-ministro Aloizio Mercadante.

Crítica:

Comandada por uma organização criminosa, que agora tem o aval das urnas, a Justiça da Argentina anulou ontem a última ordem de prisão contra a nefasta vice-presidente Cristina Kirchner, que mesmo assim ainda é alvo de 8 processos.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário