R.B. 6/JAN/20 "Para não repetir os erros de 2019"



"Para não repetir os erros de 2019"

São Paulo, 6 de janeiro de 2020 (SEGUNDA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em queda, ainda influenciada pelo aumento da tensão geopolítica, porem deve-se ressaltar que esta pode ser um ótima oportunidade de compra para os que “apostam” na continuidade e na ampliação do movimento de recuperação da economia tupiniquim e (2) o DÓLAR pode subir, novamente acompanhando a trajetória mundial da moeda norte-americana e a esperada piora do “humor” na bolsa brasileira.

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,7%, com bom volume de negócios (R$ 29,1bi), realizando lucros após bater mais um recorde histórico de alta e seguindo as perdas das demais bolsas mundiais, diante do aumento da tensão geopolítica após o ataque norte-americano ao aeroporto de Bagdá e (2) o DÓLAR subiu 0,8% à R$ 4,05, recuperando mais uma parte das perdas registradas nos últimos 30 dias e influenciado pelo mesmo motivo que derrubou a bolsa tupiniquim e elevou a cotação internacional da moeda norte-americana.

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão os mercados financeiros não operaram devido a feriado local e China -0,1%, já refletindo o aumento das tensões no Oriente Médio, (2) da EUROPA, sem uma tendência única, Inglaterra 0,2%e França 0,1%, sustentadas pelo bom desempenho das petrolíferas, porem Alemanha -1,2%, com destaques de queda para as ações dos bancos, diante do ataque norte-americano no Iraque e (3) dos EUA, realizando lucros após baterem novos recordes históricos de alta, S&P -0,7%, DJ -0,8% e NASDAQ -0,8%, prejudicadas pelo aumento da aversão ao risco diante do ataque norte-americano que matou um general e terrorista do Irã no Iraque.

Ajudando a reduzir a taxa de juros cobrada dos bons pagadores, a consulta de informações no cadastro positivo por parte de instituições financeiras e comércio começa a valer oficialmente a partir do próximo sábado (11/JAN/19) para as primeiras pessoas físicas e jurídicas cadastradas no programa.

Dando novos e sólidos sinais positivos da economia tupiniquim, (1) 54% das micro e pequenas indústrias do país acreditam que em breve o PIB do país voltará a crescer com vigor, (2) a atividade de construção de obras imobiliárias para uso residencial, comercial ou de turismo cresceu 10,4% de JAN/19 a NOV/19, (3) nos 11 primeiros meses de 2019 a geração de empregos formais nas pequenas empresas foi de 861 mil postos, superando a marca de todo ano de 2018 e (4) em NOV/19 o total de metros quadrados em construção no país apresentou crescimento de 13,5% em comparação com NOV/18.

Otimista, ao ressaltar que os projetos de inovação de setores variados começaram a ser desengavetados com a perspectiva da melhora econômica, Laércio Cosentino, fundador da Totvs, alerta que o país precisa enfrentar o desafio da falta de mão de obra e o êxodo de profissionais qualificados em tecnologia.

Superando em 12,9% o valor investido em 2018 (R$ 6,2bi), em 2019 as concessionárias de rodovias estaduais paulistas investiram R$ 7 bilhões em obras e na operação e manutenção de 8,4 mil quilômetros de rodovias.

Fazendo surgir uma nova cultura de investimentos no Brasil, a redução da taxa básica de juros tem forçado os investidores a deixar a renda fixa em busca de maiores retornos, a Bolsa de Valores quer atrair um maior número de pessoas físicas e, para isso, anunciou na semana passada a redução de tarifas para o pequeno investidor e as gestoras de investimento estão produzindo conteúdo de educação financeira, principalmente nas redes sociais, para estimular o ingresso de pessoas física nos investimentos de risco, especialmente as ações.

2020 começa bastante promissor para os investimentos e, “para não repetir os erros de 2019”, o  investidor tupiniquim deve (1) fugir da caderneta de poupança, que deve render menos de 3,20% neste ano, (2) evitar concentrar recursos em investimentos atrelados ao CDI, que deve permanecer abaixo dos 5,0% e (3) ficar esperto para não ser iludido por anúncios de alternativas com ganhos elevados e rápidos, lembrando sempre que dinheiro só vem antes do trabalho no dicionário.

-    A Natura subiu 6,9%, após a empresa anunciar que concluiu a compra da Avon.
-    A Braskem avançou 4,4%, depois de a companhia anunciar a assinatura de um acordo com as autoridades pelo qual pagará R$ 2,7bi para encerrar suas pendências em Alagoas.

Política:

Apesar de ser atacado diuturnamente pela organização criminosa petista e também pela nefasta imprensa socialista tupiniquim, Sergio Moro, segundo uma pesquisa divulgada neste final de semana, é o personagem político que mais tem apoio da população tupiniquim.

Como fruto positivo da reforma trabalhista de Temer, que completa 2 anos de implementação, o número de processos na primeira instância da Justiça do Trabalho já caiu -32%.

Quiçá percebendo que errou ao se aliar com o presidente do STF e ex-advogado da organização criminosa petista, Bolsonaro “avisou” que o governo vai recorrer da decisão monocrática de Dias Toffoli de suspender a resolução que reduz o valor do DPVAT, o maldito seguro obrigatório de veículos.

Incomodado com as críticas sobre sua provável sanção ao projeto que garante R$ 2bi para o nefasto e criminoso fundo eleitoral, o presidente Bolsonaro passou a estimular a campanha "não vote em quem usa o fundão".

Mostrando que é o “campeão mundial em soltar bandidos”, desde 2009 Gilmar Mendes, nefasto ministro do STF, concedeu, sem levar a plenário, 620 habeas corpus em decisões monocráticas.

Ajudado por Bolsonaro, que sancionou o maldito juiz de garantias, Lula autorizou que sua defesa faça uma atualização no processo que tramita na ONU, afirmando que a medida dá força ao argumento de parcialidade do ex-juiz Sergio Moro.

Brilhante, lúcido e coerente, o deputado Federal Kim Kataguiri afirmou que Bolsonaro está utilizando o Estado de maneira patrimonialista para proteger o próprio filho, o senador Flávio Bolsonaro, de investigações.

Deixando cair sua máscara, Bolsonaro afirmou, em sua live transmitida no sábado, que, se tivesse poder sobre as investigações de seu filho Flávio, já teria anulado e cancelado o processo.

O Grupo de Lima condenou o uso da força pelo regime ditatorial de Nicolás Maduro para impedir que deputados oposicionistas entrassem neste domingo no Palácio Federal Legislativo da Venezuela.

Crítica:

Coberto de razão, Trump, presidente dos EUA e CPT do mundo, afirmou que agiu para evitar uma guerra, e não para começar uma, ao matar o general Qassim Suleimani, ressaltando também que os EUA vão encontrar e eliminar terroristas e que agora o mundo está mais seguro.

Cometendo os mesmos erros do passado e colocando seu país em uma rota cada vez mais sombria, o governo argentino anunciou na sexta-feira um reajuste salarial de 4 mil pesos (R$ 272,36) para os trabalhadores do setor privado, alegando que está recuperando o poder aquisitivo provocado pela inflação.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário