R.B. 28/NOV/19 "Liberal de araque"



"Liberal de araque"

São Paulo, 28 de novembro de 2019 (QUINTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, com baixo volume de negócios por conta do feriado em NY, acompanhando o recuo das commodities e a piora do “humor” nas principais bolsas mundiais e com destaques de queda para as ações dos bancos, diante da medida intervencionista do governo Bolsonaro de limitar os juros cobrados do cheque especial e (2) o DÓLAR pode seguir em alta, mesmo diante dos leilões de venda do BC, influenciado pelos mesmos motivos que devem derrubar a bolsa brasileira e reduzir o fluxo positivo de recursos externos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,6%, recuperando as perdas da abertura e interrompendo uma sequência de 3 quedas consecutivas, beneficiada pela valorização das bolsas de NY e “comemorando” a confirmação e a ampliação da pena de Lula, o maior bandido da história do país, pelo colegiado do TRF-4 e (2) o DÓLAR subiu 0,4% à R$ 4,25, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e com o “mercado” testando os limites do BC.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão 0,3%, com destaques de alta para as ações do setor de eletrônicos e China -0,1%, prejudicada pelo anúncio de que em OUT/19 o lucro de grandes empresas industriais chinesas sofreu queda anual de -9,9%, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,4%, França 0,1% e Alemanha 0,4%, acompanhando o movimento ascendente das bolsas de NY e com destaques de alta para as ações dos bancos, como Barclays (1,6%), Lloyds (0,8%), Deutsche Bank (1,1%) e (3) dos EUA, batendo novos recordes históricos de alta, S&P 0,4%, DJ 0,2% e NASDAQ 0,7%, impulsionadas pela divulgação de que o PIB do país cresceu à taxa anualizada de 2,1%, o que superou as “apostas do mercado (1,9%), e pelo aumento, também acima das expectativas, das encomendas à indústria do país.

Assoprando, ontem Trump disse que Washington e Pequim estão próximos de selar um acordo comercial preliminar, porem batendo, o referido presidente dos EUA e CPT do mundo também expressou apoio aos protestos pró-democracia em Hong Kong, território semiautônomo sob controle chinês.

“Liberal de araque”, o BC tupiniquim, ao invés de incentivar a concorrência e abrir o mercado aos bancos internacionais, decidiu criar um limite de 8% ao mês para as taxas de juros cobradas no cheque especial.

Em mais uma medida contra o liberalismo econômico, ontem Bolsonaro editou uma MP que aumenta gradativamente a tributação sobre remessas de brasileiros ao exterior para cobrir gastos de viagens, que atualmente é de 6% e chegará a 15,5% em 2024.

Gerando pressão inflacionária e assim reduzindo as chances de corte na taxa básica de juros na próxima reunião do Copom, marcada para os dias 10 e 11/DEZ/19, a Petrobrás, citando a alta do dólar, decidiu ontem elevar em 4% o preço da gasolina nas refinarias.

Dando mais um sinal positivo da economia tupiniquim, segundo uma pesquisa feita pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, os lojistas esperam um crescimento de 18% nas vendas da Black Friday deste ano na comparação com o mesmo período de 2018.

Política:

Como objetivo evitar que o Brasil seja alvo de sanções da OMC, a Câmara dos Deputados aprovou, por unanimidade, a criação de um novo marco tributário para empresas de tecnologia e informática.

Incentivando a desordem e a bandalheira, Lula, maior bandido da história do Brasil, afirmou ontem aos seus canetinhas de aluguel que é apenas uma questão de tempo para que o país tenha protestos violentos como os que ocorrem na Bolívia e no Chile.

A Comissão Arns, presidida por José Carlos Dias, um tucano canalha que aderiu à caravana lulista, e o Coletivo de Advogados em Direitos Humanos, de Eloísa Machado de Almeida, uma das principais defensoras da causa de Lula, denunciou Bolsonaro por “crimes contra a humanidade”, acusando o referido presidente tupiniquim de ter incitado o genocídio de povos indígenas.

Contrariando o nefasto Dias Toffoli, para desespero do senador Flávio, o filho picareta do presidente Bolsonaro, 5 dos 11 ministros do STF já votaram para liberar que órgãos de controle, como a Receita e o antigo Coaf, compartilhem com o Ministério Público e a polícia dados bancários e fiscais sem restrições e sem necessidade de aval judicial prévio.

Crítica:

Dando mais um exemplo para os vagabundos tupiniquins, a Câmara dos deputados do Chile aprovou a redução de 50% em salário de Senadores, deputados, ministros, governadores e até o próprio presidente, medida que medida ainda precisa ser ratificada pelo Senado para entrar em vigor.

Para o desespero da organização criminosa petista, seus canetinhas de aluguel e suas linhas auxiliares, como PSOL e PCdoB, ontem, por unanimidade, os 3 juízes do TRF-4 confirmaram a condenação de Lula no processo do sítio em Atibaia e elevaram a pena do referido meliante de 12 para 17 anos.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário