R.B. 14/NOV/19 "Acreditando que pode fazer o que quiser"



"Acreditando que pode fazer o que quiser"

São Paulo, 14 de novembro de 2019 (QUINTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve voltar a cair, acompanhando as perdas das demais bolsas mundiais, prejudicada pela divulgação de dados negativos da economia chinesa e em um movimento de cautela antes do feriado tupiniquim e (2) o DÓLAR pode subir, mesmo após avançar em 7 dos 9 pregões deste mês de NOV/19, nos quais se valorizou 3,7%, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e a piora do “humor” na bolsa brasileira.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,6%, devolvendo uma pequena parte dos ganhos auferidos no ano (20,7%), prejudicada pela instabilidade política na América Latina e pelo recuo das commodities e (2) o DÓLAR subiu 0,6% à R$ 4,19, para fechar o dia no maior patamar desde 13/SET/18, influenciado pelos mesmos motivos que derrubaram a bolsa brasileira e reduziram o fluxo de recursos externos.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -0,8% e China -0,3%, prejudicadas por sinais contraditórios sobre o andamento das negociações comerciais entre Pequim e Whashigton e por preocupações sobre a recente escalada da onda de violência em Hong Kong, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,2%, França -0,2% e Alemanha -0,4%, influenciadas negativamente pelos mesmos motivos que derrubaram as bolsas asiáticas e também pela decepção em relação com o discurso de Trump, que não faz quaisquer comentários sobre a expectativa de um eventual adiamento na imposição de tarifas sobre carros de montadoras europeias e (3) dos EUA, recuperando as perdas da abertura, para DJ e S&P fecharem nos maiores patamares da história, S&P 0,1%, DJ 0,3% e NASDAQ 0,1%, animadas por declarações do presidente do FED (“BC” local), dizendo que inflação e juros baixos são o "novo normal" neste momento no mundo e que seu país pode operar com desemprego muito abaixo do que se esperava.

Contrariando a opinião da nefasta imprensa socialista tupiniquim, Luiz Carlos Trabuco, presidente do Bradesco, afirmou que o Brasil vive um momento histórico de fortalecimento da sua economia e da sua democracia.

Ontem, após participar da primeira rodada de reuniões do Brics, Paulo Guedes, brilhante ministro da economia, afirmou que o governo Bolsonaro negocia a criação de uma área de livre-comércio entre Brasil e China.

Enfrentando dificuldades para negociar um acordo comercial com os EUA, a China defendeu frente aos demais integrantes do Brics a necessidade de o bloco defender o multilateralismo e as regras de comércio internacional.

Provando que o intercâmbio comercial entre os Brics (Brasil, Rússia, China, Índia e África do Sul) é muito importante para o agronegócio tupiniquim, os participantes do grupo ficam com 35,4% das vendas externas dos principais produtos do agronegócio brasileiro.

Dando novos sinais positivos sinais positivos da economia tupiniquim, (1) no terceiro trimestre deste ano o comércio varejista brasileiro cresceu 2,6% na comparação com o mesmo período de 2018 e (2) em OUT/19 o fluxo de clientes em lojas de eletrônicos no país foi 18,2% maior que em OUT/18.

Forjada com dinheiro “barato” do BNDES, a Magazine Luiza anunciou ontem que arrecadou R$ 4,73bi em sua oferta adicional de ações e que agora tem dois fundos internacionais gigantes como investidores, a BlackRock e a T. Rowe Price.

Política:

Acreditando que pode fazer o que quiser”, Dias Toffoli, ex-advogado da organização criminosa petista e atualmente presidente do STF tupiniquim, pediu e recebeu do BC dados de movimentações financeiras de 600 mil cidadãos e empresas, algo que é uma aberração, uma monstruosidade e um atentado à Constituição perpetrado por quem deveria zelar por ela.

Ontem, durante a reunião do Brics, o presidente Bolsonaro afirmou que o Brasil quer "diversificar as relações comerciais" com a China e agradeceu o governo chinês por ter defendido a "soberania da Amazônia" brasileira.

Mostrando que a população segue apoiando o combate a corrupção, segundo uma pesquisa divulgada hoje o pacote anticrime de Sergio Moro, brilhante ministro da justiça, é a maior prioridade dos brasileiros.

Em áudio enviado ao deputado Alexandre Frota em FEV/19, o pastor Silas Malafaia se disse “profundamente decepcionado” com Bolsonaro, criticando o presidente tupiniquim por ele não ter nomeado Magno Malta para ser ministro.

Jogando bastante merda no ventilador, depois de falar sobre as imagens de “suruba gay” envolvendo o nome do deputado príncipe Luiz Philippe, o nefasto deputado Alexandre Frota, que merece ser escorraçado do parlamento, acusou uma colega parlamentar de fazer sexo no Congresso Nacional.

Bandidos trabalhando em defesa dos interesses de grandes corporações, os partidos que encabeçam o bloco majoritário do Congresso querem derrubar a medida do governo que acaba com o criminoso seguro obrigatório de veículos.

Crítica:

Como reflexo da soltura de Lula, líder da organização criminosa petista e também o maior bandido da história do Brasil, um grupo de trabalho da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) manifestou preocupação com a aprovação da lei do abuso de autoridade e com a decisão de Dias Toffoli, nefasto presidente do STF, de suspender investigações criminais que usem, sem autorização judicial, dados detalhados de órgãos de controle (como Coaf, Receita Federal e Banco Central).

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário