R.B. 15/JUL/19 "Pode até não ser ilegal, mas é imoral"



"Pode até não ser ilegal, mas é imoral"

São Paulo, 15 de julho de 2019 (SEGUNDA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, retornando à sua trajetória de alta após 2 pregões de realização de lucros, acompanhando o “humor positivo” das principais bolsas mundiais e beneficiada pela valorização das commodities, e (2) o DÓLAR pode seguir em queda, mesmo após recuar -2,1% na semana passada, influenciado pela trajetória internacional da moeda norte-americana e pela expectativa de aumento do fluxo positivo de recursos externos.

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -1,2%, na contramão do movimento ascendente das bolsas de NY, ainda realizando lucros recentes, prejudicada pelos temores de desidratação da reforma da Previdência e pelas dúvidas de sua aprovação em segundo turno na Câmara antes do recesso e (2) o DÓLAR caiu -0,3% à R$ 3,74, para fechar em território negativo pelo quinto pregão seguido, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana, diante do aumento das “apostas” de corte dos juros nos EUA.

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,2% e China 0,4%, acompanhando o movimento ascendente das bolsas de NY no dia anterior e com destaques de alta para as exportadoras, (2) da EUROPA, sem uma tendência única, Inglaterra -0,1%, França 0,4% e Alemanha -0,1%, divididas entre as expectativas de maior estímulo monetário nos EUA e o recuo das ações dos bancos por conta das incertezas quanto ao Brexit e (3) dos EUA, batendo novos recordes históricos de alta, S&P 0,5%, DJ 0,9% e NASDAQ -.6%, impulsionadas pelo aumento das “apostas” de corte dos juros do país e com destaques de alta para as ações de empresas de tecnologia e serviços de comunicação.

Mostrando que o gigante asiático está resistindo bem à guerra comercial contra os EUA, em JUL/19 a China registrou um superávit comercial de US$ 50,98bi, patamar 21,4% superior às “apostas do mercado” (US$ 42bi).

Reduzindo a projeção de arrecadação, dificultando o cumprimento da meta fiscal do ano e podendo forçar a equipe econômica a fazer novo bloqueio no Orçamento, na sexta-feira o governo Bolsonaro cortou pela metade a previsão oficial de crescimento do PIB tupiniquim para 2019, de 1,6% para 0,81%.

Com os empresários aguardando a aprovação da reforma da previdência para investirem no país, nos 5 primeiros meses de 2019 a produção industrial brasileira acumulou uma retração de -0,7% na comparação com o mesmo período de 2018.

Dando ao menos um sinal positivo da economia tupiniquim, em MAI/19 o setor de serviços, que é o que mais emprega no país, cresceu 4,8% na comparação com MAI/18 e já registra uma expansão de 1,4% nos 5 primeiros meses deste ano.

Reforçando a necessidade do país fazer uma reforma tributária, nos 6 primeiros meses deste a receita de impostos do Governo Geral, que engloba União, estados e municípios, atingiu 44% do PIB, o que representa um crescimento de 7,7% em relação ao mesmo período de 2018.

Principal medida após as alterações nas regras da Previdência, a reforma tributária a ser proposta pelo Ministério da Economia, comandada pelo brilhante Paulo Guedes, vai reduzir a alíquota máxima do Imposto de Renda para pessoas físicas, de 27,5% para 25%, e de empresas, de 34% para 25%.

Confirmando que é alto o “apetite” dos investidores com o Brasil, a companhia elétrica Light arrecadou R$ 2,5bi com sua oferta, primária e secundária, de ações na bolsa tupiniquim e anunciou que usará os recursos para reduzir sua dívida.

Com potencial para animar os investidores, Paulo Guedes avisou que vai acelerar as privatizações depois da aprovação da reforma da Previdência e, segundo levantamentos preliminares, este programa de venda de estatais poderá render até R$ 450bi aos cofres do governo.

Mais de 40 operações de fusões e aquisições estão congeladas no Brasil por causa de um impasse na nomeação dos novos conselheiros do Cade, que como a grande maioria das autarquias tupiniquins ainda está lotado de petistas, que são bandidos, vagabundos ou incompetentes, ou até tudo isto junto.

Ressaltando, com uma boa dose de razão, que “o selo é uma porcaria que não vale nada”, Roberto Castelo Branco, presidente da Petrobrás, afirmou que a referida petrolífera tupiniquim estuda deixar um programa da B3, monopolista, cara e ineficiente bolsa tupiniquim, criado em 2015 para atestar esforços de empresas estatais do país que buscam melhorar a governança.

-    A Volkswagen subiu 1,1% na bolsa da Alemanha, após anunciar investimentos no carro autônomo da Ford.
-    O Facebook subiu 1,8% na bolsa de NY, após o Wall Street Journal informar, a partir de fontes, que uma multa sobre a rede social em uma investigação nos EUA deve ser de cerca de US$ 5bi.
-    A Ford subiu 2,9% na bolsa de NY, após confirmar uma extensão da parceria com a Volkswagen relativa a tecnologias de carros que dispensam motoristas e veículos elétricos.

Política:

Bandido e linha auxiliar da organização criminosa petista, o deputado Paulinho da Força acusou o presidente Bolsonaro de liberar recursos públicos para “comprar” votos de parlamentares à favor da reforma da Previdência.

Após concluir a votação da matéria em primeiro turno, Rodrigo Maia, presidente da Câmara, decidiu, em acordo com o governo, que a reforma da Previdência será votada em 2º turno a partir de 6/AGO/19, assim que terminar o escabroso recesso parlamentar.

Contestado no início da legislatura, principalmente pela nefasta imprensa socialista tupiniquim e pelos bandidos do Congresso Nacional, o deputado Major Vitor Hugo, líder do governo na Câmara, afirmou que encerra o primeiro semestre enxergando evolução na relação com partidos e bancadas temáticas.

O comportamento da ala paulista, a mais próxima ao governador Doria, começou a assustar integrantes da cúpula de outras siglas, como o DEM, que veem na ênfase do ataque ao bandido Aécio Neves uma demonstração de “deslealdade criminal”.

Muito mais ligado à Bolsonaro que o MBL, que por sua vez nunca teve afinidade ideológica com o presidente, o Direita SP, formado por jovens e também apostam em estratégias barulhentas nas redes sociais, já está organizado em 40 cidades paulistas e tem planos de se expandir nacionalmente, inclusive como partido político.

Em uma vitória que deve ser creditada ao partido NOVO, que insistiu bastante no tema, além da reforma da Previdência que será votada em segundo turno pela Câmara em AGO/19, o Senado tratará também da PEC para mudar as regras de aposentadorias de servidores municipais e estaduais.

Confortavelmente de Paris, onde passa uma temporada torrando dinheiro público tupiniquim, FHC elogiou Rodrigo Mais, que já é cotado para ser vide de Doria nas eleições presidenciais de 2022, afirmando que ele “se destaca pelo equilíbrio”.

Pode até não ser ilegal, mas é imoral”, a eventual nomeação de Eduardo Bolsonaro para a embaixada do Brasil nos EUA, pois (1) ele é filho do presidente, (2) ele foi eleito para ser deputado federal e (3) embaixador deve ser do Itamaraty.

Sem se cansar de meter o bedelho em coisas pequenas, Bolsonaro agora “avisou” que quer reduzir a taxa cobrada para os turistas frequentarem as praias de Fernando de Noronha.

Crítica:

Com a meta, para o desespero de picaretas travestidos de empresários, de abrir a caixa preta do BNDES em 8 semanas, Gustavo Montezano, novo presidente do referido banco de fomento tupiniquim, apresentou na sexta-feira sua nova diretoria e o cronograma de atividades.

Para o desespero da organização criminosa petista e de suas canetinhas de aluguel, as reportagens sucessivas do ativista socialista Glenn Greenwald só enfraqueceram o pedido lulista para anular o processo do triplex, já que o referido cúmplice dos hackers não conseguiu produzir uma única mensagem sobre o assunto que comprometesse Sergio Moro ou os procuradores da Lava Jato.

Confirmando que a grande maioria dos advogados são honestos, nos últimos 12 meses subiu de 20% para 45% o calote da anuidade da OAB, atualmente conhecida como Organização dos Amigos dos Bandidos e comandada por um canalha a serviço da organização criminosa petista.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário