R.B. 25/FEV/19 "Com neurônios, reputação e dignidade"



"Com neurônios, reputação e dignidade"

São Paulo, 25 de fevereiro de 2019 (SEGUNDA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve voltar a subir, ampliando os ganhos acumulados no ano (11,4%), acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais, como a da China que disparou 5,6%, e à espera de bons resultados corporativos de empresas como Petrobras, Ambev, BR Distribuidora, Marfrig, BRF e Gol que serão divulgados nesta semana e (2) o DÓLAR pode cair, seguindo a esperada melhora do “humor” na bolsa tupiniquim e com “boas chances” de fechar a semana abaixo dos R$ 3,70 diante dos sinais de que o processo de alta dos juros dos EUA pode ser abortado.

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 1,0%, acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais, beneficiada pela valorização das commodities e impulsionada pelo aumento das “apostas” de recuperação da economia tupiniquim e (2) o DÓLAR caiu -0,5% à R$ 3,74, em um “ajuste técnico” após 2 pregões consecutivos de alta, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pelo fluxo positivo de recursos externos.

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,2% e China 1,9%, beneficiadas por sinais de progresso nas discussões comerciais entre Pequim e Washington, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,2%, França 0,4% e Alemanha 0,3%, acompanhando o movimento ascendente das demais bolsas mundiais e sustentadas pela divulgação de bons resultados corporativos de empresas como, Telecom Italia (1,6%), Vast Resources (2,9) e Société Générale (1,4%) e (3) dos EUA, com o DJ atingindo o maior patamar desde SET/18, S&P 0,6%, DJ 0,7% e NASDAQ 0,9%, influenciadas positivamente por declarações de dirigentes do FED (“BC” local) favoráveis ao fim do ciclo de alta dos juros norte-americano e também embaladas pelo avanço das negociações comerciais do país com a China.

“Animando o mundo”, Trump, presidente dos EUA, em um gesto de trégua na sua guerra comercial com a China, anunciou o adiamento da entrada em vigor de novas tarifas sobre US$ 200 bilhões em produtos importados do país asiático, citando “progresso substancial” nas negociações bilaterais.

Repetindo um mantra que é unanimidade entre os brasileiros com o mínimo de inteligência e/ou caráter, economista José Roberto Mendonça de Barros, que foi ministro de FHC, alertou que se o Congresso tupiniquim não aprovar a reforma da Previdência o Brasil voltará para a recessão, que castigou o país do segundo trimestre de 2014 até o fim de 2016.

Com potencial para economizar muito dinheiro público, o INSS começará a fazer mais um pente-fino analisando cerca de 3 milhões de processos com indícios de irregularidades e também aposentadorias e pensões com pedidos de concessão e revisão na fila há mais de 45 dias.

Vistos como uma ameaça a princípio, o avanço dos transportes por aplicativos no Brasil abriu um novo segmento para locadoras de veículos e ajudou a engordar o balanço dessas empresas, que têm apresentado ainda bons desempenhos na Bolsa, como a Localiza, a maior do mercado, cujo lucro líquido saltou 17% em 2018 na comparação com 2017.

Apresentando ótima liquidez, grande segurança e boa rentabilidade, os fundos de investimento imobiliário, cujas cotas podem ser compradas na bolsa tupiniquim por cerca de R$ 100,00, são uma ótima forma de poupar dinheiro e para ter uma renda na aposentadoria.

Atuando, como de costume, sem consultar os milhares de assessores de investimento que foram, se seguem sendo, responsáveis pelo sucesso da empresa, a monopolista corretora XP decidiu elevar de R$ 5.000,00 para R$ 10.000,00 o valor mínimo para investimentos em renda fixa (CDBs, LC, LCA e LCI) e em COE.

-    A Kraft Heinz despencou -27,5% na bolsa de NY, depois que a empresa disse que lançou uma baixa contábil de US$ -15,4bi, referente à redução do valor recuperável de alguns ativos e do valor de alguns ativos intangíveis.

Política:

Otimista e totalmente alinhado com o governo Bolsonaro, Davi Alcolumbre, presidente do Senado, afirmou que, se tramitar dentro do prazo na Câmara, a reforma da Previdência pode ser votada nas duas Casas até JUN/19.

Agora “em defesa daqueles que defendem e soltam seus clientes bandidos”, um grupo de advogados ligados a organização criminosa petista, que se destacaram na defesa de Lula, quer levar à ONU as denúncias do nefasto ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, de que magistrados da Corte estão sendo investigados, como qualquer outro cidadão, por órgãos públicos como a Receita Federal.

Jogando porcaria no ventilador, o doleiro Adir Assad detalhou, em sua delação premiada, como eram feitas as transações com Paulo Preto, operador de propina do PSDB, que segundo ele chegou a retirar até 15 malas com R$ 1,5 milhão de uma casa que seria do referido ex-diretor da Dersa.

Em defesa dos privilégios de sua casta, Dias Toffoli, ministro e atualmente também presidente do Supremo Tribunal Federal, negou seguimento a uma ação popular contra o aumento de 16,38% aos ministros da referida corte.

Um dos poucos esquerdistas “com neurônios, reputação e dignidade”, Fernando Gabeira alertou que é preciso ajudar Bolsonaro em seus 2 maiores desafios (1) o ajuste das contas públicas, com a aprovação da nova Previdência, e (2) o combate à criminalidade, com a aprovação do pacote anticrime de Moro.

Mostrando qual lado está, Ronaldo Caiado, governador de Goiás e um dos líderes do DEM, chamou de “falha burocrática” o motivo pelo qual seu partido não aderiu oficialmente à base do governo Bolsonaro, porem ressaltou que os parlamentares democratas devem, mais do que nunca, se esforçar ao máximo para que a novo Previdência seja aprovada o quanto antes.

Atazanando a vida dos “velhos bandidos” da Assembleia Legislativa de SP, é cada vez maior a pressão das redes sociais para que a brilhante deputada Estadual Janaina Paschoal assuma a presidência da Casa no lugar do nefasto tucano Cauê Macris, que é candidato à reeleição com o apoio dos deputados da organização criminosa petista.

Cumprindo uma de suas promessas de campanha, o senador Major Olímpio, líder do PSL no Senado, apresentou um projeto de lei que propõe a extinção do nefasto fundo especial de financiamento de campanha.

Partindo da “premissa canalha e falsa” de que “reforma é uma covardia contra os pobres”, um grupo chamado Frente do Povo Sem Medo, que é comandado pela organização criminosa petista, começa nesta semana uma campanha contra a reforma da Previdência.

Crítica:

Mostrando que não será fácil despetizar o Brasil, segundo um estudo feito pelo economista Klenio Barbosa, do Insper, a parcela de funcionários públicos municipais filiados a partidos políticos no Brasil saltou de 17,7% em 1995 para 30,8% em 2013.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário