R.B. 3/AGO/18 "Superando sozinha a nanica bolsa tupiniquim"



"Superando sozinha a nanica bolsa tupiniquim"

São Paulo, 3 de agosto de 2018 (SEXTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, com “boas chances” de fechar o dia acima dos 80.000pts, “animada” com o resultado da Petrobrás, que ficou 40% acima do esperado pelo “mercado”, acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais e também impulsionada pela valorização das commodities e (2) o DÓLAR pode cair, seguindo a esperada melhora do “humor” na bolsa tupiniquim e beneficiada pela expectativa de aumento do fluxo positivo de recursos externos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,4%, para fechar o dia aos 79.636pts, acompanhado o movimento ascendente das bolsas de NY e com destaque de alta para a Petrobrás, que avançou 2,0% diante da valorização do petróleo e das expectativas positivas para seu balanço, que será divulgado hoje antes da abertura do pregão e (2) o DÓLAR subiu 0,1% à R$ 3,76, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e retornando à sua trajetória de alta

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -1,0% e China -2,0%, prejudicas por declarações de Trump ameaçando impor tarifas de 25% sobre US$ 200bi em produtos chineses, (2) da EUROPA, Inglaterra -1,0%, França -0,7% e Alemanha -1,5%, influenciadas negativamente pela decisão do BC inglês de elevar a taxa de juros de 0,50% a 0,75% ao ano, ressaltando que fez isto para levar a inflação à meta de 2% e alertando para um cenário de incertezas em relação ao Brexit e (3) dos EUA, S&P 0,5%, DJ 0,1% e NASDAQ 1,2%, com os investidores deixando de lado a tensão comercial global e focando suas atenções para a força da economia do país, cujas empresas apresentam resultados cada dia melhores e cuja economia cresceu no segundo trimestre à taxa anualizada de 4,1%

Bastante otimista, Joseph LaVorgna, economista-chefe do Natixis, afirmou que a economia norte-americana cresce a um ritmo moderado e sem pressões inflacionárias muito fortes.

Fruto da política do presidente Trump de tornar a “América Grande Novamente”, ontem foram divulgados novos indicadores que atestaram a robustez da economia norte-americana, (1) o índice de condições empresariais de NY contrariou as projeções e subiu para 75,0pts em JUL/18 e (2) os pedidos de auxílio-desemprego cresceram para 218 mil, patamar abaixo da previsão de 220 mil.

Restaurando a confiança no setor de tecnologia, ontem as ações da Apple, reagindo positivamente ao balanço da empresa, subiram 2,9%, bateram o maior patamar da história e atingiram a impressionante marca de US$ 1tri em valor de mercado, “superando sozinha a nanica bolsa tupiniquim”, cujo valor de todas as ações somadas é de cerca de US$ 877bi.

“Apostando” em um crescimento de 1,5% do PIB tupiniquim neste, avaliando que a inflação deve acelerar nos próximos meses, acreditando que o ciclo de afrouxamento monetário parece ter chegado ao fim e ressaltando que a eleição presidencial trará volatilidade, ontem o Bank Of America elevou, de abaixo do da média do mercado para na média do mercado, sua recomendação para a bolsa brasileira.

Com o desemprego em alta, os níveis de confiança de consumidores e empresários baixos e o cenário de incertezas elevadas, por conta também de indefinições eleitorais, no segundo semestre deste ano o faturamento da indústria tupiniquim foi -2,7% menor do que nos 3 primeiros meses de 2018.

Para fugir da esdruxulo e anticapitalista decisão do governo Temer de tabelar o frete, o que obviamente elevou o custo do transporte de carga, produtores agropecuários de diferentes portes avaliam alugar ou até ampliar a frota própria de veículos de carga.

Segundo rumores, negados pela empresa, a Ford, que está no Brasil desde 1919 e que não apresenta lucro na América Latina desde 2012, está oferecendo às suas rivais, como Volkswagen e Fiat, as suas fábricas no país.

-    A Ultrapar disparou 7,6%, depois de divulgar resultado trimestral melhor que o esperado, mostrando menor impacto da greve dos caminhoneiros que o inicialmente estimado.

Política:

Esquecendo-se mais uma vez do Nordeste, para focar suas “armas” contra Bolsonaro, ontem o tucano Alckmin anunciou que a senadora Ana Amélia, do PP do Rio Grande do Sul, será candidata a vice-presidente na sua chapa.

Covarde, como todo bandido, ontem o senador tucano Aécio, que foi grampeado pedido R$ 2 milhões em propina para Joesley (da Friboi), anunciou que desistiu de concorrer à reeleição e que tentará se eleger deputado federal, obviamente por ter medo de perder sua imunidade parlamentar e o Foro privilegiado.

Com muito dinheiro no bolso, fruto de anos de trabalho no setor financeiro, para bancar sua campanha, ontem Meirelles, que desde 2002, quando entrou na vida pública, foi deputado pelo PSDB, ministro de Lula, empregado de Joesley (da Friboi) e ministro de Temer, foi confirmado como candidato à presidente pelo PMDB, que é uma a organização criminosa travestida de partido político, e afirmou que seu objetivo é realizar um sonho de comandar o Brasil.

Mostrando que “o que está ruim sempre pode piorar”, a senadora Marta Suplicy, como não tem nada para perder já que seu mandato só acaba em 2022, foi convidada, e deve aceitar, a vaga de candidata à vice-presidente na chapa de Meirelles.

Conseguindo um pouquinho mais de tempo na TV, Marina, candidata a presidente pelo REDE, terá como candidato à vice-presidente em sua chapa o ex-deputado Eduardo Jorge, que é do PV.

Ao ser questionado sobre os escândalos, as denúncias e até as condenações que envolvem membros de legendas que declararam apoio a ele, Alckmin afirmou que “não existem partidos no Brasil”.

Certamente querendo a cabeça de Lula em uma bandeja de prata, ontem, em um evento com auditores fiscais, Ciro Gomes chamou de “golpista” a decisão do PT de se aliar com o PSB, que o prejudica diretamente, e descartou ser vice em uma eventual chapa petista.

A entrevista de Bolsonaro para os jornalistas e socialistas mirins no Roda Viva, na qual o candidato do PSL se saiu muito bem, já foi vista por mais de 8 milhões de pessoas, o que representa 51% da audiência das entrevistas de todos os demais candidatos juntos, porem hoje a parada será mais dura, já que ele dará entrevista aos jornalistas e socialistas profissionais da GloboNews.

Crítica:
                      
Revelando mais uma vez o nível de podridão das mais elevadas cortes tupiniquins, contrariando o parecer da relatora do caso, a ministra Rosa Weber, havia votado pela rejeição das contas da legenda, Admar Gonzaga, ministro do Tribunal Superior Eleitoral, votou pela aprovação das contas do DEM que continham despesas feitas em seu próprio escritório de advocacia.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário