R.B. 17/JUL/18 "Não existe ideologia e é tudo a mesma gang na política tupiniquim"



"Não existe ideologia e é tudo a mesma gang na política tupiniquim"

São Paulo, 17 de julho de 2018 (TERÇA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, retornando à sua trajetória de baixa, acompanhando as perdas das demais bolsas mundiais e prejudicada pelos sinais cada dia piores da economia e da política tupiniquim e (2) o DÓLAR pode subir, com “boas chances” de recuperar o patamar dos R$ 3,90, influenciado pela esperada piora do “humor” na bolsa tupiniquim e seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,1%, recuperando as perdas da abertura, quando na mínima recuou -0,6%, na “contramão” da trajetória das principais bolsas mundiais e mesmo diante do recuo das commodities, como o petróleo (-4,2%), sustentada pelos “rumores” de melhora de Alckmin nas pesquisas eleitorais e de restauração do fluxo estrangeiro para a bolsa tupiniquim e (2) o DÓLAR subiu 0,3% à R$ 3,86, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pela ausência do BC na ponta vendedora, em um cenário externo mais cauteloso.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, devolvendo os ganhos de sexta-feira, Japão não teve pregão por conta de feriado local e China -0,6%, diante da divulgação de que dados da economia chinesa levemente aquém do esperado, (2) da EUROPA, também devolvendo os ganhos de sexta-feira, após Trump dizer que vê a União Europeia como um bloco inimigo, Inglaterra -0,8%, França -0,4% e Alemanha -0,1%, com destaques de queda para as companhias ligadas a commodities, como BP (-2,3%), Shell (-2,1%) e BHP (-2,5%) e (3) dos EUA, sem uma direção única, S&P -0,1%, DJ 0,2% e NASDAQ -0,2%, à medida que os investidores monitoraram a cúpula entre Trump e Putin e se mantêm atentos à temporada de balanços, que teve início na semana passada.

Após o anúncio de que o superávit comercial da União Europeia com os EUA cresceu de 48,1bi de euros nos 5 primeiros meses de 2017 para 54,8bi de euros no mesmo período deste ano, Trump, presidente dos EUA, afirmou, com seu estilo exagerado, que considera o bloco europeu um inimigo, pois compete com os EUA comercialmente e economicamente.

Depois de dizer que espera um crescimento de 3,9% do PIB global este ano, o FMI alertou que as disputas comerciais entre os EUA e seus parceiros podem impactar negativamente a confiança e o investimento e assim prejudicar, a curto prazo, a economia global.

Mostrando que, mesmo ainda sem a influência da “guerra” comercial com os EUA, a segunda maior economia do mundo está mesmo perdendo forças, (1) no segundo trimestre deste ano o PIB chinês cresceu 6,7% na comparação anual, patamar abaixo do avanço de 6,8% auferido no primeiro trimestre e (2) em JUN/18 a produção industrial chinesa desacelerou e cresceu 6,0% na comparação anual, ante expectativa de avanço de 6,5% dos analistas.

Cada dia um pouquinho mais pessimista, o “mercado” (1) reduziu novamente, desta vez de 1,53% para 1,50%, suas “apostas” para o crescimento do PIB tupiniquim neste ano e (2) diminuiu, agora de 4,17% para 4,15%, suas previsões para a inflação brasileira medida pelo IPCA em 2018.

Em um relatório sobre o Brasil divulgado ontem, o banco norte-americano JPMorgan alertou que (1) as eleições "altamente incertas" devem seguir contribuindo para impulsionar o dólar, que deve superar os R$ 4,00 até SET/18 e (2) a perspectiva fiscal do País, que já era fraca, ficará ainda mais deteriorada com medidas em discussão no Congresso, que devem ou aumentar as despesas do governo ou reduzir a arrecadação.

Apresentando a “conta final” do estrago causado pela criminosa, oportunista e terrorista greve dos caminhoneiros, em MAI/18 o IBC-Br, que é uma espécie de prévia do PIB, recuou -3,34% na comparação com ABR/18.

Se beneficiando de problemas com os pomares norte-americanos, o Brasil fechou a safra 2017/18 de laranja com crescimento de 29% nas exportações de suco da fruta, embarcando no período 1,15 milhão de toneladas, o que representa o maior volume da história.

-    O Deutsche Bank subiu 7,3% na bolsa da Alemanha, após ter divulgado previsões de lucro e receita para o segundo trimestre acima do esperado por analistas.
-    A Gol disparou 11,6%, como reação ao anúncio de um contrato para aquisição de aeronaves com a Boeing, de 15 jatos 737-MAX 8.

Política:

Fazendo populismo com dinheiro público e tentando, obviamente em vão, reduzir seu enorme índice de rejeição, o presidente Temer decidiu que os aposentados e pensionistas do INSS receberão a primeira parte do 13º salário junto ao pagamento de AGO/18.

Obviamente comandado por aliados da “velha raposa peemedebista”, o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão acatou pedido de Roseana Sarney e quebrou o sigilo de páginas no Facebook que a atacaram e determinou a exclusão dos perfis sob pena de multa diária de R$ 1.000, diante da recusa do Facebook em fazê-lo extrajudicialmente.

Mostrando que “não existe ideologia e é tudo a mesma gang na política tupiniquim”, o herdeiro Josué Alencar, que recentemente se filiou ao PR, pode (1) ser vice-presidente de Lula, (2) candidato a presidente numa chapa com o petista Jaques Wagner de vice, (3) vice de Ciro Gomes, (4) apoiador de Bolsonaro, (5) vice de Alckmin ou (6) candidato à governador de MG.

Com uma debilidade mental cada dia mais hilária, ontem Meirelles, que foi ministro de Lula, empregado de Joesley e ministro de Temer, “garantiu” que estará no segundo turno das eleições presidenciais e ressaltou que existe a possibilidade dele ganhar no primeiro turno.

Dividido entre o PT, de Lula, e o PDT, de Ciro Gomes, porem também com chances remotas de apoiar o PSL, de Bolsonaro, o PSB, partido de picaretas e sem nenhuma ideologia, aliás como a grade maioria, se reunirá na quinta-feira (19/JUL/18) para decidir que caminho tomará nestas eleições presidenciais.

O impasse nas alianças estaduais com o PSL de Jair Bolsonaro, principalmente no RJ e em SP, fez a bancada do PR olhar com mais simpatia à possibilidade de aderir à candidatura presidencial de Ciro Gomes, do PDT.

Faltando menos de 3 meses para as eleições, o senador Romero Jucá, que é presidente do PMDB, atendeu a um pedido de deputados estaduais e federais de MG e aceitou a autodissolução do diretório da sigla no estado.

Com o objetivo de conseguir o maior tempo possível na TV, Mauro Benevides, coordenador do plano de governo de Ciro Gomes, vai se encontrar hoje com técnicos indicados do DEM, do PP e do Solidariedade, que são partidos do chamado centrão.  

Crítica:

Prejudicando a vida de milhares de doentes e trabalhando em benefício das grandes farmacêuticas que faturam bilhões vendendo drogas que quando não matam causam efeitos colaterais e dependência, a ANVISA tem feito o que pode, e o que não pode também, para atrasar a regulamentação do plantio e da produção de remédios a base de maconha no país.

PAZ, amor e bons negócios;

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário