R.B. 1/JUL/16 "TOP 5 da bandidagem política tupiniquim"



"TOP 5 da bandidagem política tupiniquim"

São Paulo, 1 de julho de 2016 (SEXTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, realizando lucros após avançar 6,2% no mês passado e 18,9% no primeiro semestre de 2016, também influenciado pelo recuo das commodities e das principais bolsas mundiais e (2) o DÓLAR pode subir, recuperando parte das perdas acumuladas no mês passado (-11,1%), que aliás foi a maior queda mensal desde ABR/03, influenciado pela decisão do BC tupiniquim de retornar os leilões de compra via swap cambial.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 1,0%, revertendo uma abertura negativa, na qual chegou a recuar -0,8%, para fechar em território positivo pelo terceiro pregão consecutivo, novamente influenciada pela valorização das principais bolsas mundiais e pela alta das commodities, porem desta vez com bom volume de negócios (R$ 7,9bi) e (2) o DÓLAR caiu -0,8% à R$ 3,21, para fechar o pregão no menor patamar desde 21/JUL/15, com os vendidos ganhando a “briga” para a formação da cotação de fechamento do mês.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,1% e China 0,1%, sustentadas pelo avanço de ações do setor de energia, diante da valorização do petróleo, (2) da EUROPA, recuperando as perdas da abertura, Inglaterra 2,3%, França 1,0% e Alemanha 0,7%, após Mark Carney, presidente do BC inglês, afirmar que sua equipe acredita ser necessário cortar juros britânicos ao longo dos próximos meses por conta da saída do Reino Unido da União Europeia e (3) dos EUA, em alta pelo terceiro pregão seguido, S&P 1,4%, DJ 1,3% e NASDAQ 1,3%, impulsionadas principalmente por ações consideradas seguras, como as do setor de serviços básicos, que aliás subiram 21% no semestre.

Conforme já se esperava, ontem a agência de classificação de riscos S&P cortou sua “nota” para a União Europeia, citando preocupações sobre a unidade do bloco após a decisão britânica de deixá-lo, porem uma autoridade da UE já se adiantou e “garantiu” que o impacto será mínimo.

Com “medo” de que a derrocada do dólar prejudique as exportações tupiniquins, ontem o BC anunciou, pela primeira vez desde que Ilan Goldfajn assumiu a presidência da instituição e pela primeira vez em 40 dias, que nesta sexta-feira comprará até US$ 500 mi em swap cambial reverso, que é um instrumento equivale à compra de moeda no mercado futuro.

Incomodado com as críticas de que está desrespeitando o ajuste fiscal, Temer escalou 3 ministros, Meirelles, da Fazenda, Eliseu Padilha, da Casa Civil, e Dyogo Oliveira, do Planejamento, para dizerem que o Orçamento e a meta fiscal de 2016 já comportam, por exemplo, os reajustes do Bolsa Família e do funcionalismo público e a renegociação da dívida dos Estados.

Descredenciando os “rumores” de que a taxa básica de juros da economia (Selic) poderia voltar a subir, o que aliás acabou contribuindo para a valorização do real, ontem o Conselho Monetário Nacional, que é formado pelo BC e pelos ministérios da Fazenda e do Planejamento, anunciou que o meta de inflação a ser perseguida vai continuar em 4,5% em 2018.

Comprovando que o governo Temer tem medo de tomar decisões polemicas e importantes antes do fim do processo de impeachment, ontem Moreira Franco, secretário-executivo do Programa de Parceria e Investimento, admitiu que nenhum processo de concessão será definido antes do Senado tomar uma decisão sobre o destino da ex-presidenta.

Invertendo os valores e atendendo aos interesses de grandes corporações, segundo um estudo feito pela FGV 6 das principais agências reguladoras do país estão capturadas pelo próprio governo, já que dentre seus 140 conselheiros e presidentes 34% saíram de ministérios e outros órgãos de governo, somente 6% fizeram carreira na iniciativa privada e quase 1/3 é filiado a partidos políticos, o que, em países sérios, é proibido.

Antro de corrupção e ineficiência e cada dia mais ralo de dinheiro publico, a Eletrobrás, provando pela enésima vez que o Brasil deveria privatizar 99,9% de todas suas estatais, solicitou que o governo faça um aporte de, no mínimo, R$ 8bi em dinheiro publico para sanear as distribuidoras de eletricidade sob seu comando.

-    A Vale subiu 1,2%, impulsionada pela valorização de 1,5% do minério de ferro no mercado chinês.

Política:

Obviamente com o objetivo de se proteger e da acabar com a operação Lava Jato, Renan Calheiros, presidente do Senado e “TOP 5 da bandidagem política tupiniquim”, quer retirar da gaveta e aprovar com urgência um projeto de Lei de 2009 que protege ainda mais os bandidos e prevê punições para abuso de autoridade.

Como já era de se esperar, a ex-presidenta Dilma, que é incapaz de formular uma frase sem dizer uma asneira, decidiu abrir mão do direito de depor pessoalmente para se defender na comissão do impeachment no Senado, o que ocorreria na próxima quarta-feira, e obviamente mandará seu advogado, o ex-ministro José Eduardo Cardozo, para  falar em seu lugar.

Atuando arduamente para acabar com a operação Lava Jato, Dias Toffoli, ex-dvogado do PT e atualmente ministro do Supremo Tribunal Federal, será responsável por julgar a reclamação do Senado que questiona a legalidade da busca e apreensão autorizada pela Justiça de São Paulo no apartamento funcional da senadora Gleisi Hoffmann, feita no âmbito da Operação Custo Brasil, que prendeu o ex-ministro Paulo Bernardo.

Mostrando mais uma vez que é muito parecido com o PT, o PSDB, que é o fiel da balança na Comissão de Constituição e Justiça que julga o processo de Eduardo Cunha, já avisou que não trabalhará para que seus deputados votem pela cassação do referido presidente da Câmara, alegando que o referido peemedebista prestou um “serviço relevante para o país” ao dar celeridade ao impeachment da ex-presidente Dilma e que por isto não merece a condenação institucional da sigla.

Em resposta a uma questão de ordem do PSOL, que obviamente atua como um puxadinho do PT, o presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão, deve sustentar que não cabe a ele indicar, à revelia dos líderes partidários, os integrantes para a comissão de impeachment de Temer.

Finalmente chegando à empresa mais “queridinha” da era do PT no poder, a JBS, que antes de Lula assumir a presidência era apenas um abatedouro e atualmente, com dinheiro “quase grátis” do BNDES, é a maior produtora de carne do mundo, é o alvo de hoje da Polícia Federal que, em mais uma etapa da Operação Lava Jato por ter pago propina para obter recursos do fundo de investimentos do FGTS.

All in Marx Beltrão, cotado para o Ministério do Turismo, é defensor da legalização dos jogos de azar, projeto que seu “padrinho”, o senador Renan Calheiros, vai levar ao Plenário para votação na semana que vem.

Crítica:

Elevando diariamente seu padrão de vida e se tornando um dos melhores lugares do mundo para se viver, a Austrália, que é um belo exemplo a ser seguido pelo Brasil, chegou hoje à marca histórica de um quarto de século de crescimento econômico sem recessão, escapando ao longo deste período de 3 crises mundiais, entre as quais a crise financeira de 2008.

Confirmando mais uma vez que no Brasil cada dia mais é melhor ser desonesto, o Juizado Especial Cível de Santa Maria condenou um comerciante da região a pagar R$ 1.500,00 em danos morais por ter cobrado no Facebook um cliente caloteiro, que lhe devia R$ 50,00 a mais de 1 mês.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário