R.B. 13/MAI/13 ‘’5 anos de jejum’’


R.B.

"5 anos de jejum"

 

São Paulo, 13 de maio de 2013 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, com ''boas chances'' de recuperar as perdas acumuladas na semana passada (0-,7%) no primeiro pregão desta semana, ''animada'' pela reunião dos países do G7, que reafirmaram seu compromisso com a adoção de estímulos econômicos.

-    O DÓLAR pode cair, devolvendo parte da forte alta acumulada na semana passada (1,3%), acompanhando o recuo internacional da moeda norte-americana e também influenciado pela a possibilidade de intervenção do BC, tanto na ponta vendedora como elevando a Selic, por temer uma maior pressão inflacionária.

 

SEXTA-FEIRA

-    BOVESPA –0,6%, já abriu em queda e passou o dia todo e território negativo, mesmo com o novo fechamento recorde das bolsas de NY, com os investidores avaliando negativamente os balanços de empresas brasileiras e a redução do nível de emprego na indústria nacional. O índice acumulou perda de 0,69% na semana.

-    DÓLAR 1,2% à R$ 2,02, já abriu em alta e, refletindo a apreensão dos investidores sobre a possibilidade de o Fed (''BC'' dos EUA) diminuir seu programa de estímulo à economia norte-americana, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão.

-    Na ÁSIA, sem uma tendência única, CHINA 0,6%, com setores sensíveis ao crescimento mostrando bom desempenho, JAPÃO 2,9%, no maior patamar em 5 anos, com destaques de alta para as exportadoras, porem CORÉIA –1,7%, realizando lucros recentes.

-    Na EUROPA, recuperando as perdas do pregão anterior, INGLATERRA 0,5%, FRANÇA 0,6% e ALEMANHA 0,2%, atingindo novo maior patamar em 5 anos, puxadas pelo desempenho da Novartis (2,1%) e da BT (12,3%) , com analistas argumentando que os principais índices têm espaço para mais ganhos.

-    Nos EUA, registrando a terceira semana seguida de ganhos e com o Nasdaq no maior patamar em 12 anos, porem com baixos volumes de negócios, S&P 1,2%, DJ 1,0% e NASDAQ 0,8%, impulsionada por dados positivos divulgados na Europa e também no país.


Economia:
 
Após ''garantir'' que a autoridade monetária brasileira está vigilante e vai fazer o que for necessário para conter a inflação, Tombini, presidente do BC, ressaltou que, (1) à medida que o preço dos alimentos recuarem, a inflação será menor e (2) o índice de difusão, que mede a quantidade de produtos que tiveram alta nos preços, caiu de 75% em JAN/13 para 65% em ABR/13.

 

Com o objetivo de atrair novos interessados para projetos de interesse do Brasil, o governo já avalia elevar a taxa de retorno dos investidores interessados nas concessões de ferrovias e do trem de alta velocidade que vai ligar Campinas, SP e RJ.

 

Sem medo de criar outras ''bolhas'' como a OGX, a BM&FBovespa anunciou que defende que o governo incentive a participação de investidores em ofertas de ações de pequenas e médias empresas, com isenção de imposto de renda sobre o ganho de capital no caso das operações com companhias de faturamento anual de até R$ 500mi.

 

Depois de quase ''5 anos de jejum'', o governo autorizou a realização da 11ª rodada de licitação de petróleo e gás pela Agência Nacional de Petróleo e, mostrando que é grande o interesse, o número de empresas habilitadas já está em 64, o que representa um recorde em relação à última rodada, de 2007, que teve 61 participantes.

 

Desde a crise financeira de 2008, que provocou uma parada súbita nas linhas de crédito internacionais, a dívida externa brasileira aumentou 60%, impulsionada pelo endividamento das instituições financeiras, que praticamente dobrou no referido período.

 

Próximo do limite de sua capacidade, nos 3 primeiros meses deste ano o Porto de Santos apresentou o melhor desempenho de sua história, com uma movimentação de 24,87mi de toneladas, volume que é 12,8% maior que o apresentado no mesmo período do ano passado.

 

Dando mais um sinal positivo da economia brasileira, com cada dia mais automóveis nas ruas, o consumo de gasolina no Brasil crescerá 5% em 2013 na comparação com o ano passado, segundo estimativa do analista de comercialização e logística da Petrobras, Paschoal Falconi Júnior.

 

O BC e a CVM estão implantando um sistema conjunto, que cruzará dados das duas instituições, para impedir fraudes com fundos de investimento ligados a créditos, como aconteceu em instituições como PanAmericano e Cruzeiro do Sul, que juntos causaram um rombo de quase R$ 7bi.

 

-    A OGX caiu –1,2%, após anunciar que, por problemas operacionais do seu único campo em produção no mar, a companhia já avalia não perfurar um novo poço em Tubarão Azul.


Política:

 

Segundo a ministra Gleisi Hoffmann, da Casa Civil, que é a principal negociadora no governo da medida provisória dos portos, os defensores de uma reserva de mercado travam o setor portuário no país e dificultam a aprovação da proposta no Congresso Nacional.

 

Representando uma oposição responsável e principalmente inovadora, ex-senadora Marina Silva reuniu em torno do projeto da Rede Sustentabilidade, partido que tenta viabilizar para se candidatar à Presidência em 2014, uma teia que vai de Heloísa Helena, a fundadora do PSOL ao deputado federal Walter Feldman, que é um aliado histórico do ex-governador tucano Serra.

 

Apesar de não admitir publicamente, Dilma já prepara sua campanha presidencial de 2014, e nela Lula, como esperado, será o principal articulador, seguido de Aloizio Mercadante, que tende a ser o coordenador-geral do comitê, e do marqueteiro João Santana.

 

Em 2010, após a pior enchente da história de Pernambuco, Eduardo Campos, governador do referido Estado, pediu e recebeu R$ 50mi em verba federal para atender 41 cidades atingidas, porem até hoje apenas 4 municípios foram atendidos, o que está sendo contestado por técnicos do Ministério da Integração Nacional e da Advocacia-Geral da União.


Crítica:

 

Destinada a ser considerada tão nociva à saúde como o álcool e o cigarro, a Coca-Cola, ''forçada'' a aderir a um plano de combate a obesidade, anunciou que não vai mais fazer propagandas direcionadas a crianças menores de 12 anos e a não fazer ações de marketing em escolas.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário