R.B. 7/AGO/12 "Melhor ainda"


R.B.

"Melhor ainda"

 

São Paulo, 7 de agosto de 2012 (TERÇA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, rumo aos 60.000pts, impulsionada pela provável recuperação das ações da Petrobrás e ainda beneficiada pela melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais, diante do aumento da ''esperança'' de que o pior momento da economia mundial já ficou para trás.

-    O DÓLAR pode cair, acompanhando a melhora do ''humor'' na Bovespa, porem é bom ressaltar que ao que tudo indica a moeda norte-americana está ''tabelada'' entre R$ 2,0 e R$ 2,10, diante das atuações da autoridade monetária brasileira no mercado.

 

ONTEM

-    BOVESPA 1,9% (aos 58.445pts), abriu em queda, para na mínima recuar –0,5%, porem logo passou a subir, acompanhando a nova rodada de ''melhora do humor'' nas bolsas de NY e da Europa e também influenciada pela valorização das commodities, para fechar o dia no maior patamar 11/MAI/12 de maio, com bom volume de negócios (R$ 6,8bi).

-    DÓLAR 0,1% à R$ 2,03, já abriu ''de lado'' e, sem acompanhar a forte melhora de humor que pautou a sexta-feira no cenário externo, voltou a mostrar apatia à queda da moeda norte-americana nos demais mercados mundiais, à alta das Bolsas e à valorização das commodities.

-    Na ÁSIA, seguindo o bom desempenho das demais bolsas mundiais na sexta-feira, JAPÃO , com os bons números sobre o emprego nos EUA e a desvalorização da moeda local (o iene) frente ao dólar beneficiando as exportadoras do setor automobilístico, como Toyota (2,4%), Honda (2,8%) e Isuzu (6,4%), CHINA 1,0% com destaques de alta para as ações das corretoras Sinolink Securities (3,3%) e Changjiang Securities (2,8%) e CORÉIA 2,0%, impulsionadas pelas ações das exportadoras do setor de tecnologia, como Samsung (4,4%) e LG (3,6%).

-    Na EUROPA, em mais um dia de ''melhora do ''humor'', mesmo com baixos volumes por causa das férias de verão no hemisfério norte, INGLATERRA 0,4%, FRANÇA 0,8% e ALEMANHA 0,8%, com o otimismo baseado na reinterpretação do discurso de quinta-feira de Mario Draghi, o presidente do BC Europeu, que deixou a porta aberta para a autoridade monetária agir e recomprar títulos de países endividados da região.

-    Nos EUA, mais uma vez fechando o dia nos maiores patamares dos últimos 3 meses, S&P 0,2%, DJ 0,2% e NASDAQ 0,7%, impulsionadas por bons resultados corporativos divulgados por empresas locais e por novas notícias positivas vindas da Europa.


Economia:
 
Após ''garantir'' novamente que a atividade econômica brasileira será melhor no terceiro trimestre e "melhor ainda" no quarto trimestre, Mantega, ministro da Fazenda, afirmou que o governo vai anunciar nas próximas semanas novas medidas de estímulo aos investimentos pelo setor privado.
 
Mesmo com a queda da taxa de juros, que em tese deveria atrair recursos para investimentos de maior risco, e as mudanças das regras na poupança, que reduziu a rentabilidade desta aplicação, nos 7 primeiros meses deste ano as cadernetas brasileiras acumularam a maior captação líquida da história para o período (R$ 23,7bi).
 
Apesar da melhora do cenário externo, o ''mercado'' reduziu, de 1,90% para 1,85%, suas ''apostas'' para o crescimento da economia brasileira em 2012 e, mesmo elevando suas projeções para a inflação deste ano, desta vez de 4,98% para 5,00%, também reduziu sua expectativa para a Selic em DEZ/12, de 7,5% para 7,25%.
 
Já se preparando para o fim da redução do IPI e beneficiadas pelo baixo patamar da taxa básica de juros, as montadoras brasileiras esperam alcançar em AGO/12 novos recordes nos números do setor, com a melhor marca da história em vendas e em produção.
 
Após as exportações superarem as importações em US$ 458mi na semana passada, a balança comercial brasileira, ainda sem se beneficiar da alta do dólar, acumula um saldo positivo de US$ 10,4bi no ano, resultado que é 39,3% menor do que no mesmo período de 2011 (US$ 17,14bi).
 
-    A Petrobrás caiu –0,1%, já que após apresentar um recuo de mais de –5% na abertura, fruto de seu resultado muito ruim, recuperou as perdas no final do pregão depois que Graça Foster, sua presidente, indicar que haverá um novo reajuste nos preços dos combustíveis a empresa manterá suas metas de produção.

Política:
 
Liderando, com folga e possibilidades claras de vencer já no primeiro turno, a disputa pela prefeitura do RJ, o peemedebista Eduardo Paes, que disputa à reeleição, informou já ter recebido em doações catorze vezes mais que a soma das arrecadações de todos os outros candidatos.
 
Amargando índices lamentáveis de intenção de voto, Fernando Haddad, candidato à prefeitura de SP, certamente foi o petista que mais comemorou a liberação médica do ex-presidente Lula para atuar em sua campanha e já afirmou que os dois vão gravar para o programa eleitoral pela primeira vez amanhã.
 
Como os petistas inundam a cidade de propaganda para promover seu candidato, que nunca disputou uma eleição, e os tucanos tentam dosar a exposição do ex-governador, a campanha de Fernando Haddad à Prefeitura de SP já gastou apenas com o aluguel de carros de som quase o dobro do total de despesas declaradas até aqui pelo rival Serra.

Crítica:
 
Em um enorme desrespeito aos consumidores, segundo um relatório da Anatel, elaborado através de um estudo feito em MAR/12, a TIM interrompe de propósito chamadas feitas no plano Infinity, no qual o usuário é cobrado por ligação, e não por tempo, o que lhe dá faturamento extra diário de cerca de R$ 4,3mi.
 
Em uma medida que acentua ainda mais o crescimento da xenofobia na Grécia, 6.000 pessoas foram detidas no último fim de semana, em Atenas, como parte da Operação que deve levar ao menos 1.600 a serem deportados imediatamente.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário