R.B. 25/JUN/12 ''Já começou bem''


R.B.

"Já começou bem"

 

São Paulo, 25 de junho de 2012 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve seguir em queda, tentando manter o suporte dos 55.000pts e mesmo assim reduzindo a valorização acumulada no mês (1,7%), diante da instabilidade apresentada nas demais bolsas mundiais.

-    O DÓLAR pode voltar a subir, para ampliar a valorização acumulada no ano (10,4%) e nos últimos 12 meses (30,1%), ainda seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pela ausência do BC na ponta vendedora.

 

SEXTA-FEIRA

-    BOVESPA -0,1%, abriu em alta, para na máxima avançar 0,8%, porem, com baixo volume de negócios (R$ 4,5bi), logo passou a cair, prejudicada pela indefinição sobre a crise européia e pelo recuo das commodities no mercado internacional.

-    DÓLAR 0,5% à R$ 206, já abriu em alta e, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana, fechou em território positivo pela terceira sessão seguida, também influenciado pela ausência do BC na ponta compradora.

-    Na ÁSIA, seguindo as perdas das demais bolsas mundiais no dia anterior, CHINA não teve pregão devido a feriado local, JAPÃO -0,3% e CORÉIA -0,5%, já que os temores de redução do crescimento global aumentaram em face dos fracos dados de manufatura dos EUA, da Europa e da China.

-    Na EUROPA, em queda pela segunda sessão consecutiva, INGLATERRA -0,9%, FRANÇA -0,7% e ALEMANHA -1,3%, com recentes dados econômicos fracos fomentando uma extensão de vendas de papéis cíclicos, deixando o mercado diante de um período de busca por consolidação.

-    Nos EUA, revertendo uma abertura negativa, S&P 0,7%, DJ 0,5% e NASDAQ 1,2%, impulsionadas por ganhos em ações de bancos, já que as esperadas reduções das ''notas'' das instituições financeiras pela Moody's foram menos severas do que o previsto.


Economia:
 
Acompanhando o prognóstico do banco Credit Suisse, que aliás foi considerado ''uma piada'' por Mantega, a consultoria britânica Capital Economics reduziu, de 2,5% para 1,7%, suas projeções para o crescimento do PIB brasileiro em 2012, citando a perspectiva de desaceleração na China, a possibilidade de ruptura na zona do euro e a limitação do consumo no mercado doméstico pelo nível de endividamento das famílias.
 
Diante das recentes reduções na taxa básica de juros, (1) o volume financeiro liberado em operações de crédito consignado realizadas por aposentados e pensionistas do INSS registrou um aumento de 11,65% em MAI/12 na comparação com o mesmo período do ano passado e (2) em MAI/12 o índice de atividade industrial subiu para 51,6pts, ante 45,3pts em ABR/12.
 
Mesmo com a disparada do dólar, que avança 10,4% no ano e 30,1 nos últimos 12 meses, em MAI/12 os gastos dos brasileiros no exterior bateram um recorde histórico chegando a US$ 1,8bi, o que representa um crescimento de 9,7% na comparação com o mesmo mês do ano passado.
 
''Apostando'' no Brasil e já devidamente autorizada pela Anatel, a China Telecom, que é a maior operadora de telefonia fixa chinesa, começou a estruturar sua operação brasileira com a abertura de uma subsidiária que inicialmente terá a atuação voltada somente ao mercado corporativo.
 
-    A Petrobrás subiu 1,4% e, após o fechamento do pregão, anunciou um 'tímido'' reajuste de 7,83% na gasolina, valor que não deve chegar ao consumidor já que o governo preferiu zerar a Cide, tributo que incide sobre os combustíveis.

Política:
 
Mostrando mais uma vez que ''se gritar pega ladrão não sobra 1'', um assessor do ''nobre'' senador peemedebista Vital do Rêgo, que também é presidente da CPI do Cachoeira, foi flagrado conversando com um integrante do grupo do bicheiro Carlinhos Cachoeira.
 
Segundo Álvaro Dias, senador e líder do PSDB, o julgamento dos réus do mensalão, previsto para iniciar no dia 1º/AGO/12, deve interferir no resultado das eleições municipais, em razão da "importância nacional" de São Paulo e da presença recorrente de Lula, "epicentro do mensalão", no pleito local.
 
Ontem, chorando no discurso que marcou sua entrada oficial na disputa pela Prefeitura de SP, Serra defendeu a gestão iniciada por ele e concluída por Kassab, enalteceu parcerias com o governo Alckmin e atacou indiretamente o PT e seu adversário Haddad.
 
Com o objetivo de iniciar a terceira geração do clã Sarney na política, Adriano Sarney, neto do presidente do Senado, vai disputar a eleição para prefeito de Paço Lumiar, na região metropolitana de São Luís, e ''já começou bem'', posto que provavelmente usou uma conta de luz falsificada para comprovar domicílio eleitoral.

Crítica:
 
De forma ''tímida'' e provavelmente sem nenhum resultado pratico, no documento final da Rio+20 tem um parágrafo que encoraja companhias, especialmente as listadas em Bolsa, a publicar dados sobre sustentabilidade, como uso de água e energia, conservação de florestas e sobre o relacionamento com a comunidade onde a empresa está localizada.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário