R.B. 2/ABR/12 "Explicações convincentes e contundentes"


R.B.

"Explicações convincentes e contundentes"

 

São Paulo, 2 de abril de 2012 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, tentando um movimento de recuperação após 4 pregões consecutivos de queda, seguindo a melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais e influenciada pelas ''apostas'' de um novo corte na taxa de juros pelo BC.

-    O DÓLAR pode cair, tentando se aproximar dos R$ 1,80, já que, mesmo com as medidas e os leilões de compra do BC, enquanto a taxa real de juros do Brasil seguir como a maior do planeta, seguirá ''crescente e constante'' o fluxo positivo de recursos externos.

 

SEXTA-FEIRA

-    BOVESPA -0,5% (aos 64.510pts e registrando uma alta de 13,7% nos 3 primeiros meses do ano), abriu em alta, para na máxima avançar 0,5%, porem perdeu ''forças'' e passou a cair ainda na parte da manhã, com bom volume de negócios (R$ 7,8bi) e destaques negativos para as ações de bancos, como Itaú (-2,0%) e Banco do Brasil (-1,6%).

-    DÓLAR -0,1% à R$ 1,82, (-2,3% no primeiro trimestre de 2012 e 6,2% em MAR/12), fechando próximo de estabilidade após um pregão marcado por uma forte volatilidade, que por sua vez acompanhou a indefinição da moeda norte-americana nos mercados internacionais.

-    Na ÁSIA, revertendo as perdas dos últimos 2 pregões para fecharem com o melhor primeiro trimestre dos últimos 20 anos, JAPÃO 0,3%, CORÉIA 0,1% e CHINA 0,5%, beneficiadas por medidas para aliviar a crise de dívida da Europa e pelas esperanças sobre o ritmo de crescimento nos EUA e no mundo.

-    Na EUROPA, interrompendo uma sequência de 3 quedas consecutivas, para fecharem em alta no melhor primeiro trimestre desde 2006, INGLATERRA 0,5%, FRANÇA 1,3% e ALEMANHA 1,0%, após os ministros de Finanças da zona do euro concordarem em um aumento temporário na capacidade de resgate do bloco.

-    Nos EUA, fechando em alta o melhor 1º trimestre desde 1998, S&P 0,4%, DJ 0,5% e NASDAQ 0,1%, com destaques positivos para as ações das empresas dos setores de bens de consumo, após dados mostrarem um bom crescimento dos gastos dos consumidores norte-americanos.


Economia:
 
Preocupado em dar mais competitividade aos setores industriais prejudicados pela valorização do real, o governo Dilma vai anunciar uma reformulação nas linhas de financiamento para investimento e capital de giro do BNDES, com a ampliação dos setores favorecidos, redução das taxas de juros e maior prazo para pagamento.
 
''Apostando'' no Brasil, (1) a Cisco, fabricante de equipamentos para redes de comunicação, vai anunciar hoje que até 2015 investirá R$ 1bi para construir um centro de inovação tecnológica no RJ, aonde serão criados 800 empregos diretos, (2) a Coca-Cola planeja investir R$ 14,1bi no país até 2016, principalmente na construção de novas fábricas e (3) a montadora Chrysler planeja investir R$ 4bi para até 2014 produzir veículos no país em parceria com a Fiat.
 
Confirmando mais uma vez que o governo Dilma segue cuidando muito bem das contas publicas, em FEV/12 o superávit primário do setor público alcançou R$ 9,5bi, o que representa o melhor resultado para o mês desde 2001, quando aliás começou esta série.
 
-    Em alta pelo quarto mês consecutivo, em MAR/12 o Índice de Confiança da Indústria avançou 0,5% em relação a FEV/12, ao passar para 103pts.
 
Iniciando a primeira parte da aliança firmada no final do ano passado entre os representantes de seus mercados financeiros, na sexta-feira passada a Bovespa começou a negociação de índices futuros das Bolsas dos países integrantes do grupo Brics, formado por Brasil, Rússia, China, Índia e África do Sul.
 
Projetando um forte crescimento na demanda, Paulo Costa, diretor de Abastecimento da Petrobras, anunciou que em 2012 a empresa deverá importar em média 80 mil barris de gasolina por dia para atender à demanda interna, volume que é cerca de 30% superior aos 60 mil barris médios de gasolina importados no ano passado.
 
Beneficiados pela crescente ''força'' do real, os turistas brasileiros dispostos a pagar diárias que podem chegar a R$ 26,7 mil por uma suíte são a bola da vez e já ocupam a terceira posição no ranking do mercado mundial de hotelaria de luxo.

Política:
 
Cumprindo seu papel de líder do DEM na Câmara, o deputado ACM Neto ''avisou'' que termina na manhã de terça-feira o prazo dado ao senador Demóstenes Torres para apresentar "explicações convincentes e contundentes" sobre as denúncias que o ligam ao empresário Carlos Cachoeira, preso pela Polícia Federal em FEV/12.
 
Está marcado para o dia 25/ABR/12 o retorno de Lula para Brasília depois da cura do câncer na laringe, data na qual o ex-presidente assistirá a estréia do documentário sobre a posse da presidenta Dilma.
 
Obviamente ninguém vai tocar no assunto até a eleição, porque não é mais possível mudar de partido, porem a cúpula do DEM já admite que, após OUT/12, voltará com força a tese da fusão com o PSDB ou da extinção da legenda, abatida por mais um escândalo de repercussão nacional.

Crítica:
 
Usando o principio da reciprocidade, a partir de hoje o Brasil se tornou mais rigoroso em relação à entrada de visitantes espanhóis, já que entre as exigências no controle imigratório estão a exigência de bilhete aéreo de volta, com data de retorno marcada e comprovação de meios econômicos para permanência no Brasil, que no caso é a quantia mínima de R$ 170.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário