R.B. 11/ABR/12 ''Comemos e consumimos muito mais do que precisamos''


R.B.

"Comemos e consumimos muito mais do que precisamos"

 

São Paulo, 11 de abril de 2012 (QUARTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, tentando uma recuperação após fechar o pregão anterior no menor patamar desde JAN/12 (aos 61.738pts), beneficiada pela divulgação de resultados corporativos positivos nos EUA, como o da Alcoa, e pela manutenção dos sinais positivos da economia brasileira.

-    O DÓLAR pode cair, retornando à sua ''trajetória natural'' após a alta do pregão de ontem, influenciado pela provável melhora do ''humor'' na Bovespa e pela manutenção do fluxo positivo de recursos externos.

 

ONTEM

-    BOVESPA -1,9%, já abriu em queda e, novamente seguindo o ''humor negativo'' nas demais bolsas mundiais, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, diante do recuo das commodities e da divulgação de dados desanimadores sobre a economia da china.

-    DÓLAR 0,6% à R$ 1,83, abriu em queda, para na mínima recuar -0,3%, porem passou a subir no final da parte da manha, mesmo sem leilões de compra do BC pela quarta sessão seguida, com bom volume de negócios e pressionado pelo quadro externo ruim.

-    Na ÁSIA, em mais um dia de perdas, JAPÃO -0,1%, CORÉIA -0,1% e CHINA -0,9%, prejudicadas pela divulgação de dados comerciais da China, que mostraram que a segunda maior economia do mundo pode apurar ligeira desaceleração e que a demanda pode cair com o crescimento das importações desacelerando fortemente.

-    Na EUROPA, nos menores patamares em 10 semanas e com destaques de queda para ações de bancos, INGLATERRA -2,2%, FRANÇA -3,1% e ALEMANHA -2,5%, diante do aumento dos temores com relação aos países de maior endividamento na zona do euro, causado principalmente pela forte elevação dos juros pagos pela Espanha para a rolagem de títulos de suas dívidas.

-    Nos EUA, em baixa pela quinta sessão consecutiva e registrando as maiores quedas desde 8/DEZ/11, S&P -1,7%, DJ -1,6% e NASDAQ -1,8%, com os setores industrial e de matérias-primas respondendo pelas piores quedas, principalmente diante do aumento das preocupações sobre a dívida européia.


Economia:
 

Ressaltando que existem empresas que pagam de 25% a 30% ao ano em juros de empréstimos para capital de giro, enquanto os bancos públicos estão cobrando entre 10% e 11% ao ano, Mantega, ministro da Fazenda, afirmou ontem que espera que os bancos privados acompanhem os bancos públicos e reduzam os juros cobrados de seus clientes.

 

Na próxima semana tem uma nova reunião do Copom e, como a inflação recuou mais do que o esperado e a economia mundial dá sinais negativos, os prognósticos que apontavam que a taxa de juros poderia cair dos atuais 9,75% para 9% e ficaria nesse patamar até o final do ano começam a mudar e alguns já falam em Selic a 8,5% em DEZ/12.

 

''Apostando'' na economia brasileira, a previsão do mercado brasileiro de luxo é crescer entre 12% e 15% neste ano e superar o resultado de 2011, quando movimentou cerca de R$ 18bi e expandiu 11,5% em relação a 2010.

 

Mostrando mais uma vez sua importância para a economia brasileira, em FEV/12 o faturamento real das Micro e Pequenas Empresas paulistas cresceu 8,2% na comparação com o mesmo mês de 2011.

 

Sem causar nenhuma surpresa, segundo um ranking elaborado pela consultoria Economatica, em 2011 o resultado dos 25 bancos brasileiros de capital aberto mantiveram o setor no topo da lista de lucratividade entre as empresas brasileiras de capital aberto, atingindo estratosféricos R$ 49,4bi e com um crescimento de 14,9% na comparação com 2010.

 

Confirmando mais uma vez que a inflação está ''comportada'', o IPC de SP subiu apenas 0,14% na primeira quadrissemana de ABR/12, patamar bem abaixo do esperado (0,22%) e também abaixo do apurado na quarta quadrissemana de MAR/12 (0,15%).

 

-    A Hering caiu -5,6% após ter informado que as vendas no primeiro trimestre de 2012 ficaram abaixo do esperado pela própria varejista, afetadas por fatores sazonais e macroeconômicos.

-    A Natura subiu 3,7%, após o BNDES aprovar um empréstimo de R$ 35mi para a empresa.


Política:
 
Sem resistência do governo, com incentivo de Lula e apoio da opinião publica, os presidentes do Senado e da Câmara anunciaram a criação de uma CPI para investigar a ligação de autoridades com o empresário Carlos Cachoeira, acusado de exploração de jogo ilegal.
 
Cláudio Monteiro, o chefe de gabinete do petista Agnelo Queiroz, atual governador do Distrito Federal, resolveu pedir demissão após integrantes da organização do bicheiro Carlinhos Cachoeira serem flagrados em conversa sobre pagamento de propina e concessão de um telefone especial ele.
 
Logo após ser empossado na presidência do Conselho de Ética do Senado, Antonio Carlos Valadares, do PSB do SE, aceitou o pedido do PSOL e abriu processo por quebra de decoro parlamentar contra o senador Demóstenes Torres, que agora será notificado e terá 10 dias para apresentar defesa prévia.
 
Ontem a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou o pedido de abertura de uma CPI para investigar supostas irregularidades em convênios com o Instituto Ronaldinho Gaúcho, no valor de R$ 5,7mi.

Crítica:
 
Mostrando mais uma vez que ''comemos e consumimos muito mais do que precisamos'', o que consequentemente nos leva a conclusão de que produzimos muito mais do que é necessário, segundo uma pesquisa recente 48,5% dos brasileiros estão acima do peso.
 
Na contramão dos índices de obesidade e de excesso de peso apurados pelo Ministério da Saúde, o número de fumantes no país diminui de 34,8% em 1989, para 16,2% em 2006 e agora para 14,8% em 2011, o que é fruto das campanhas de conscientização e das leis restritivas para o fumo em locais públicos e fechados.
 
Diante de uma política incompetente do seu governo, que alega que quer equilibrar a balança comercial, evitar a fuga de dólares e incentivar a indústria nacional, a população argentina sofre com a falta de produtos importados, que vão desde saquê e wasabi nos restaurantes japoneses até medicamentos de alto custo, contra câncer e Aids.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário