R.B. 6/JAN/12 ''Grande moral''


R.B.

"Grande moral"

 

São Paulo, 6 de janeiro de 2012 (SEXTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, acompanhando a melhora do ''humor'' nas bolsas da Europa para recuperar as perdas do pregão anterior, também e ainda influenciada pelas perspectivas positivas para a economia brasileira.

-    O DÓLAR pode cair, retornando à sua ''trajetória natural'' após o ''ajuste técnico'' de ontem, influenciado pela provável melhora do ''humor'' na Bovespa e também pelos sinais de crescimento do fluxo positivo de recursos externos.

 

ONTEM

-    BOVESPA -1,4%, já abriu em queda e, realizando lucros após 4 pregões consecutivos de alta, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, acompanhando as perdas das bolsas da Europa e pressionada principalmente pela queda das ações da Vale (-2,5%).

-    DÓLAR 0,7% à R$ 1,84, abriu ''de lado'' e, após um pregão marcado pela forte volatilidade, fechou em alta em linha com o clima de cautela no exterior por conta dos problemas de dívida na zona do euro.

-    Na ÁSIA, realizando lucros dos primeiros pregões do ano, JAPÃO -0,8%, com de desvalorização do euro prejudicando o desempenho das ações de exportadoras, como Advantest (-2,7%) e Canon (-1,2%), CHINA -1,0%, com destaques de queda para as imobiliárias, que sofreram com a contínua baixa na venda de imóveis, em meio a temores de novos controles do setor por parte de Pequim e CORÉIA -0,1%, com destaques negativos para empresas de tecnologia como Samsung (-2,3%) e LG (-1,1%).

-    Na EUROPA, também realizando lucros dos primeiros pregões do ano, INGLATERRA -0,8%, FRANÇA -1,5% e ALEMANHA -0,2%, prejudicadas por novos temores sobre a saúde dos bancos do continente, como UniCredit (-17,0%), Banco Popolare (-10,1%), Santander (-4,5%), BNP (-5,4%) e Deutsche Bank (-5,6%).

-    Nos EUA, revertendo uma abertura negativa, S&P 0,3%, DJ 0,1% e NASDAQ 0,8%, lideradas por ganhos em papéis de bancos, em um sinal de que investidores apostam que uma economia norte-americana forte ajudará seu mercado acionário a superar os outros em desempenho.


Economia:
 
Tentando mostrar tranqüilidade, apesar de ter revisado para baixo suas perspectivas para o crescimento da economia mundial neste ano, Christine Lagarde, diretora do FMI, descartou hoje pela manhã o fim do euro em 2012 e ressaltou que ''aposta'' que a Grécia permanecerá na Eurozona.
 
Dando mais um sinal positivo da economia do Brasil, em DEZ/11 o otimismo das famílias brasileiras em relação à realidade socioeconômica ficou em 67,2pts, ante 63,7pts em NOV/11, atingindo com isto o maior patamar já verificado pelo Índice de Expectativas das Famílias, divulgado pelo Ipea.
 
Seguindo o governo Federal e depois a Vale, ontem o Bradesco, aproveitando-se da ''grande moral'' do Brasil no mercado internacional, conseguiu captar US$ 750 milhões com papéis de dez anos pagando uma taxa de juros 4,5% ao ano.
 
Com a segurança de trabalhar e viver em um país que tem menos de 5,5% de desempregados e com o seu dinheiro ainda valendo muito no mercado internacional, em 2011 os gastos dos turistas brasileiros no exterior foram 22% maiores que em 2010 e chegaram a incríveis US$ 20bi.
 
Por conta da estiagem que atinge a região Sul do país, a safra de soja, milho e feijão do Paraná, que é o segundo maior produtor de grãos do país, deve cair 11%, o que certamente vai provocar o aumento do valor dos grãos no médio prazo.
 
Rendendo cada vez menos e sofrendo com a concorrência com outras aplicações, em 2011 a caderneta de poupança teve captação líquida de R$ -14,2bi, patamar 63,3% pior que o auferido em 2010.

Política:
 
Também ''aconselhada'' por Lula a não disputar a prefeitura de SP, dando o lugar para Haddad, a senadora Marta Suplicy quer agora substituir Aloizio Mercadante no Ministério da Ciência e Tecnologia, já que o referido petista provavelmente vai para o Ministério da Educação.
 
Fernando Bezerra, ministro da Integração Nacional, voltou a negar ontem que esteja privilegiando seu reduto político, Pernambuco, na distribuição de verbas contra enchentes este ano, alegando que os recursos ao estado foram reforçados por emendas parlamentares no Congresso.
 
Sentindo-se bem após as duas primeiras sessões de radioterapia, o ex-presidente Lula já planeja o retorno ao trabalho e a sua participação no desfile da escola de samba ''Gambás da Fiel'', em São Paulo.

Crítica:
 
Provavelmente defendendo os interesses dos produtores de drogas licitas, como o cigarro, a cerveja, a cachaça e o ''curintia'', o ''nobre'' senador peemedebista Sérgio Souza, do Paraná, propôs um projeto de lei que pretende punir com multas, de R$ 200 a até R$ 1.000,00, qualquer pessoa que comprar, guardar ou transportar para consumo alguma droga ilegal.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso novo Blog ( http://relatoriobrasil.blogspot.com )

Nenhum comentário:

Postar um comentário