R.B. 31/MAR/11 ''Nota elevada''


R.B.

"Nota elevada"

 

São Paulo, 31 de março de 2011 (QUINTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve seguir em alta, agora rumo aos 70.000pts, beneficiada pela gradativa melhora do ''humor externo'', pelos sinais de controle da inflação interna e também pelo anuncio de que a agencia de classificação de risco Fitch Ratings pode elevar sua ''nota'' para o Brasil.

-    O DÓLAR deve seguir em queda, pressionado pela ''briga'' entre comprados e vendidos diante da formação de cotação de fechamento do mês e influenciado pelos mesmos motivos que devem levar à valorização da Bovespa.

 

ONTEM

-    BOVESPA 0,9%, já abriu em alta e, acompanhando a melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais e a valorização das commodities, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, porem ainda sem mostrar um volume considerável de negócios (R$ 5,7bi).

-    DÓLAR -1,5% à R$ 1,63, já abriu em queda e, mesmo com os leilões de compra do BC, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, para fechar o dia com a maior queda percentual em mais de 9  meses e no menor patamar desde AGO/08, diante do forte fluxo positivo de recursos externos.

-    Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO 2,6%, no nível mais alto desde o terremoto de 11/MAR/11, com o enfraquecimento da moeda local (o iene) sobre o dólar sustentando as ações de companhias exportadoras e das empresas que reabriram fábricas fechadas pela catástrofe, CHINA -0,2%, realizando lucros, principalmente entre as ações das corretoras e das imobiliárias, após algumas cidades anunciarem controle nos preços dos imóveis, e CORÉIA 0,9%, diante da expectativa favorável em relação aos balanços do primeiro trimestre, principalmente nos setores de fabricantes de maquinário e montadoras de veículos.

-    Na EUROPA, em mais um dia de recuperação, INGLATERRA 0,3%, FRANÇA 0,9% e ALEMANHA 1,8%, ''animadas'' com informações de que algumas empresas de manufatura do Japão, que fornecem peças para empresas na Alemanha, estão retomando sua produção.

-    Nos EUA, beneficiadas pela divulgação de indicadores econômicos positivos, S&P 0,7%, DJ 0,6% e NASDAQ 0,7%, com os negócios dominados por investidores comprando ações de empresas que mostraram bom desempenho ao longo do trimestre, principalmente as do setor de energia.


Economia:
 

Finalmente se adequando à realidade, ontem, após o fechamento do pregão, a agencia de classificação de risco Fitch Ratings ''avisou'' que Brasil está em posição de ter sua ''nota elevada'' ainda neste ano, ressaltando que o país se mostra resiliente à crise econômica global em 2008, demonstra um bom momento econômico e está dando sinais positivos no que se refere a corte de gastos públicos.

 

Provavelmente para evidenciar a pressão que alguns setores, provavelmente o bancário, fazem para o BC elevar a taxa básica de juros, a autoridade monetária decidiu que passará a divulgar as projeções de inflação por grupos de contribuidores no boletim Focus a partir do terceiro trimestre deste ano.

 

Apresentando mais indicativo do ótimo momento da economia brasileira, segunda a consultoria Ernst & Young no primeiro trimestre deste ano foram contabilizadas 4 operações para abertura de capital no Brasil e estão previstas outras 30 nos próximos meses, com uma captação esperada de US$ 500 milhões, em média, por operação.

 

Como fruto da desorganização do governo federal e da falta de interesse da iniciativa privada, o leilão para a concessão do trem-bala que ligará Campinas, SP e RJ, apesar de ser uma obra prioritária do PAC, deverá ser adiado de ABR/11 para JUL/11.

 

Ajudando o setor produtivo da economia, ontem o Conselho Monetário Nacional decidiu manter a Taxa de Juros de Longo Prazo, que é usada como referência para os empréstimos do BNDES, em atrativos 6% ao ano, mesmo nível em que está desde JUL/09.

 

''Turbinadas'' pela elevação da taxa de juros e pelo "boom" do setor imobiliário, as emissões de CRIs, que são títulos financeiros lastreados em créditos imobiliários, devem quadruplicar este ano na comparação com 2010.

 

Também confirmando o desempenho positivo da economia brasileira, segundo um estudo da Serasa Experian, diante do incremento da demanda interna, beneficiada pelo aumento do consumo das famílias, do emprego e da renda, 75 segmentos econômicos tiveram melhora de conceito e 23 registraram estabilidade na comparação entre o quarto trimestre de 2010 e o mesmo período no ano anterior.

 

Dando novos sinais de controle da inflação, o IGP-M de MAR/11 ficou em 0,62%, patamar abaixo do registrado em FEV/11 (1,00%) e também aquém da média das ''apostas do mercado'' (0,77%), acumulando com isto uma alta de 2,43% nos 3 primeiros meses de 2011.

 

-    Impulsionado principalmente pela classe C,  segundo Pedro Novais, ministro do Turismo, este ano o turismo nacional crescerá cerca de 16,5%.

 

-    A Vale caiu -0,6%, diante de ''rumores'' de que Tito Botelho Martins, presidente da Inco, será o substituto de Roger Agnelli na presidência da mineradora.

-    A Braskem subiu 1,1%, após a agência de classificação de risco Standard & Poor's conceder grau de investimento à referida petroquímica, citando a melhora do fluxo de caixa, a integração com a Quattor e o aprimoramento operacional e financeiro da empresa.


Política:
 
Tentando mostrar para Alckmin que Serra ainda tem muita ''força política'', já começam a circular especulações a respeito da possibilidade do ex-presidenciável tucano aderir ao PSD de Kassab, para assim disputar novamente a presidência da republica em 2014.
 
Perto de completar 100 dias de governo e com a maior base de apoio no Congresso desde a redemocratização, pelo menos na teoria, ontem Dilma confidenciou ao presidente português, Aníbal Cavaco Silva, ser obrigada a negociar com os parlamentares aliados "caso a caso", prática conhecida como "varejo" em votações importantes no Congresso.

Crítica:
 
Em uma ação que espera varrer definitivamente o comercio ilegal da mais importante avenida de SP, faz pouco mais de 1 mês que a prefeitura de SP efetua uma mega-operação para coibir a venda de contrabando na av. Paulista, principalmente no Shopping Boulevard Monti Mare, localizado no número 392 da referida avenida, que voltou a ser fechado na manhã de ontem.
 
Ganhando muito, reclamando bastante, gastando mais ainda e trabalhando cada vez menos, no ano passado o Poder Judiciário brasileiro gerou um estoque de quase um milhão de novos processos sem julgamento, quando a meta definida era não acumular nenhum processo proposto à Justiça durante o ano, porem como juiz não pode ser demitido por incompetência nada vai mudar e ninguém será punido.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso novo Blog ( http://relatoriobrasil.blogspot.com )

Nenhum comentário:

Postar um comentário