R.B. 19/JAN/11 ''Nanico e barulhento''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Nanico e barulhento"

São Paulo, 19 de janeiro de 2011 (QUARTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve seguir em alta, com ''boas chances'' de fechar o mês acima do maior patamar da história (73.920pts), influenciada pela valorização das commodities, pela melhora do ''humor'' externo e pelas boas perspectivas para a economia brasileira.
- O DÓLAR pode voltar a cair, mesmo com os leilões de compra do BC, já que a provável elevação da Selic em 0,5%, que ocorrerá após o fechamento do pregão, tornará ainda mais atraente a taxa real de juros da economia brasileira (atualmente em cerca de 7,0%), que continua sendo a maior do mundo.

ONTEM
- BOVESPA 0,4%, já abriu em alta e, acompanhando a melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais, manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, para fechar próxima dos 71.000pts (aos 70.919pts), com o ''mercado conformado'' com a provável elevação da Selic.
- DÓLAR -0,3% à R$ 1,67, já abriu em queda e, acompanhando a melhora do ''humor'' mundial e local, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, também influenciado pelo recuo do risco-Brasil (-1,8%) e pelas expectativas de elevação da Selic.
- Na ÁSIA, novamente sem uma tendência única, JAPÃO 0,1%, sustentada por um forte volume de compra de ações dos setores imobiliário e petrolífero, que compensou o fraco desempenho do setor de tecnologia depois da notícia de que Steve Jobs, Apple, vai tirar licença médica, CHINA 0,1%, com os ''caçadores de barganhas'' procurando ações com valorização atrativa, como no caso dos bancos e CORÉIA -0,2%, realizando lucros recentes.
- Na EUROPA, retomando suas trajetórias de alta, para fecharem nos maiores patamares dos últimos 28 meses, INGLATERRA 1,2%, FRANÇA 0,9% e ALEMANHA 0,92%, ''animadas'' pela divulgação de indicadores positivos e por leilões de dívida de Espanha e Grécia que tiveram resultados relativamente positivos.
- Nos EUA, apesar do resultado fraco do Citigroup (-6,4%) e das preocupações com a Apple (-2,3%), S&P 0,1%, DJ 0,4% e NASDAQ 0,4%, beneficiadas pela divulgação de indicadores econômicos positivos e pela elevação do preço-alvo para as ações do Google (2,5%), que reporta seus resultados no fim desta semana, e também para os papéis da Caterpillar (2,8%), componente do Dow Jones que divulga seu balanço na próxima semana.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Hoje, após o fechamento do pregão, o Copom, que se reúne pela primeira vez no governo Dilma, deve elevar a Selic em 0,5%, dos atuais 10,75% para 11,25%, levando em conta o bom desempenho da economia brasileira e o aumento dos índices de inflação.

Dando um importante e inesperado sinal de solidez da economia brasileira, em 2010, mesmo com o aumento substancial dos empréstimos e do consumo, o volume de cheques devolvidos por falta de fundos foi de 1,76%, o que representa o menor patamar desde 2004, quando índice de devoluções registrado foi de 1,58%.

Apresentado mais um motivo que justifica a popularidade recorde de Lula no final de seu mandato, em 2010 o governo federal brasileiro atingiu a meta de criação de vagas de emprego com carteira assinada, já que foram abertos 2,524 milhões de empregos formais no ano passado, o que representa o melhor resultado da série histórica, iniciada em 1992.

Com o ''Imperialismo tupiniquim'' dando mais um passo importante, ontem a Minerva, um dos maiores processadores de carnes do Brasil, informou que fechou um acordo para aquisição do Frigorífico Pul, o terceiro maior do Uruguai, por US$ 65mi.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Sem nenhum representante no Congresso Nacional, o ''nanico e barulhento'' PSTU planeja para amanhã um “tuitaço” contra o reajuste que inflou o salário de boa parte da classe política que, dependendo do cargo, varia entre 60% e 150%.

Para mostrar que é ''fiel'' e não apóia a pretensão de seu deputado Sandro Mabel de disputar o comando da Câmara, ontem o PR ofereceu um jantar para o deputado petista Marco Maia, atual presidente da Câmara e candidato à reeleição com o apoio de Dilma.

Considerado um dos principais partidos da base aliada, o PMDB vive nos próximos 13 dias o dilema de conseguir encontrar um consenso entre, até aqui, 8 postulantes à vaga de vice-presidente da Câmara, e provavelmente a disputa deve ser decidida no voto durante uma reunião prevista para o próximo dia 31/JAN/11, véspera da posse dos deputados eleitos.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Fazendo mais uma vez as pessoas lamentarem sua derrota, no ''tapetão'', para Bush em 2000, Al Gore, ex-vice-presidente dos EUA, afirmou, durante sua apresentação no segundo dia da Campus Party, evento de tecnologia e entretenimento que acontece até domingo em SP, que diferentemente do que quer o governo norte-americano a internet não pode ser controlada por governos ou grandes corporações, ressaltando que a rede mundial de computadores traz a democracia à vida real.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário