R.B. 20/JAN/10 "Slogan publicitário"

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Slogan publicitário"

São Paulo, 20 de janeiro de 2010 (QUARTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve subir, novamente acompanhando a provável alta das bolsas de NY, diante do resultado acima do esperado da gigante norte-americana da informática IBM, e também beneficiada por boas noticias de grandes empresas brasileiras, como Petrobrás e Vale.
- O DÓLAR pode cair, seguindo o provável 'bom humor'' na Bovespa, respeitando a ''resistência'' dos R$ 1,78 e realizando lucros após avançar 1,78% no mês e atingir o maior patamar desde 22/DEZ/09.

ONTEM
- BOVESPA 0,7%, abriu em queda, para na mínima recuar -0,6%, porem, favorecida pela melhora do ''humor'' nas bolsas de NY, passou a subir ainda na parte da manhã, também beneficiada pela valorização das commodities.
- DÓLAR 0,2% à R$ 1,77, já abriu em alta e, pressionado pelos leilões de compra do BC, manteve a trajetória ascendente ao longo de ''quase'' todo pregão, apesar do recuo do risco-Brasil (-2,4%), também influenciado pela cautela dos agentes financeiros com a China, aonde o BC local anunciou que vai pagar juros mais altos nos títulos públicos com um ano de prazo.
- Na ÁSIA, com os investidores realizando lucros sobre as recentes valorizações, principalmente no setor de tecnologia, e aguardando os balanços de grandes empresas dos EUA, JAPÃO -0,8%, já que a valorização da moeda local (o iene) frente ao dólar prejudicou as ações de exportadoras, CORÉIA -0,2%, com destaque de queda para a Samsung Elecronics (-2,4%) e CHINA 0,3%, na ''contra-mão'' da tendência local, apesar do anuncio de que o governo local vai pagar juros mais altos nos títulos públicos com um ano de prazo.
- Na EUROPA, revertendo uma abertura negativa, para fecharem nos maiores patamares dos últimos 15 meses, INGLATERRA 0,3%, FRANÇA 0,8% e ALEMANHA 0,9%, beneficiadas pelo ''bom humor'' gerado pela aquisição da fabricante de alimentos Cadbury pela rival Kraft e pelo resultado dentro do esperado para o banco Citigroup.
- Nos EUA, também revertendo uma abertura negativa, S&P 1,0%, DJ 0,9% e NASDAQ 1,2%, ''animadas'' com a divulgação do balanço trimestral do Citigroup, já que o banco reduziu suas provisões e perdas referentes a créditos duvidosos, e com destaques de alta para ações de empresas do setor farmacêutico, diante das perspectivas de que Obama terá dificuldades para fazer avançar o seu plano de reformar o sistema de saúde.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Ressaltando que são necessárias medidas e uma resposta global ao problema, Joseph Stiglitz, recente ganhador do Prêmio Nobel de Economia, afirmou que, apesar do otimismo de banqueiros e pessoas da Bolsa, a crise financeira mundial não está perto do fim e só terminará, pelo menos, em 2013, já que os EUA, país onde começou a crise, lutará durante muito tempo contra o déficit e pela recuperação da política monetária.

Traçando boas perspectivas para a economia brasileira, segundo estudo realizado pela consultoria KPMG o consumo de energia elétrica no Brasil crescerá a uma taxa média anual entre 4% e 4,5% até 2020, o que exigirá investimentos no setor da ordem de US$ 10bi por ano no período.

Sem conseguir ser imune a crise financeira mundial, em 2009 o fluxo de Investimento Direto Estrangeiro para o Brasil caiu -49,5% na comparação com 2008, o que representou uma das maiores quedas entre nações em desenvolvimento.

Financiando principalmente o setor de habitação, para aonde foram destinados 53% dos empréstimos que concedeu, em 2009 a Caixa Econômica Federal emprestou 56% a mais que em 2008, atingindo o recorde histórico de R$ 125bi e, segundo Maria Fernanda Coelho, presidente do banco estatal, para 2010 a expectativa é um crescimento de 30% na carteira de crédito do banco, que aliás é responsável por 75% do volume de empréstimos habitacionais no país.

Em 2009, apesar da crise financeira internacional, o Brasil teve 23,3 milhões de novos acessos à telefonia móvel, o que representa crescimento de 15,4% no setor de telefonia móvel no país, que agora tem 173,9 milhões de acessos, uma densidade de 0,9 celular por pessoa.

- Apresentando o pior resultado desde 2002, em 2009 a Previdência Social acumulou um déficit de R$ -43,6bi.
- Apesar de registrar inflação de 0,51% em JAN/10, no acumulado dos últimos 12 meses o IGP-M apresenta uma queda de -0,79%.

- A Vale subiu 1,1%, beneficiada pelo anuncio de que a empresa projeta retomar em 2010 os níveis de venda que eram observados em 2008, ressaltando inclusive que toda a cadeia de mineração está num processo de recontratação e que a situação está positiva para se negociar um aumento no preço do minério de ferro.
- A Petrobrás caiu -0,5%, mesmo após anunciar que fechou DEZ/09 com um recorde histórico de vendas de gasolina e querosene de aviação.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Reagindo, mais uma vez de forma equivocada, à declaração de Dilma, que afirmou que a oposição ameaça acabar com o PAC se vencer as eleições presidenciais em OUT/10, a senadora Marisa Serrano, vice-presidente do PSDB, afirmou que o PAC é um "slogan publicitário" sem "foco nem objetivo", num sinal de que os tucanos realmente pretendem extingui-lo caso sejam eleitos.

''Sumido'' desde o final de 2009, Ciro Gomes tem preocupado a cúpula de seu partido, o PSB, que avalia que sua candidatura à Presidência está cada vez mais ameaçada e que a indefinição, junto com sua ausência, abre caminho para uma desistência.

Antes mesmo de conseguir revisar os 34 contratos mantidos com empresas terceirizadas, entre os quais já foram detectados nepotismo, superfaturamento, desvios de função e excesso de pessoal, o Senado promoverá um pregão no dia 28 para contratar mais uma empresa.

Para não atrapalhar a candidatura de Marina Silva, ficou decidiu que Gabeira, pré-candidato ao governo do estado do Rio, não estará no palanque de Serra, governador de SP e pré-candidato à sucessão presidencial, no primeiro turno das eleições.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Apesar de ter melhorado seus índices de educação, o Brasil, ainda muito distante de um patamar razoavelmente aceitável, continua (1) sendo o país com o maior número de crianças fora da escola na América Latina e no Caribe, (2) com os piores números de repetência na escola primária (19%), (3) com menos da metade dos jovens entre 15 e 17 anos cursando o ensino médio e (4) com apenas 13% dos jovens entre 18 e 24 anos freqüentando o ensino superior.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário