R.B. 30/DEZ/09 ''Inesperada alta''

--------------------------------------------------------------------------------
R.B.

"Inesperada alta"

São Paulo, 30 de dezembro de 2009 (QUARTA-FEIRA).
--------------------------------------------------------------------------------
Mercados:

HOJE
- A BOVESPA deve voltar a subir, deixando para atrás um ano que ficará marcado como o inicio da recuperação da maior crise econômica mundial desde 1929, porem deve-se ressaltar que o patamar é interessante para realização de lucros já que, após acumular uma ''inesperada alta'' de mais de 80% em 2009, no inicio de 2010 bolsa brasileira pode a atravessar um período de realização de lucros.
- O DÓLAR pode cair, fechando 2009 na mesma ''trajetória natural'' que fez a moeda americana acumular uma baixa superior à -25% no ano, diante do fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e ''investimentos''.

ONTEM
- BOVESPA 0,6%, já abriu em alta e, novamente com baixo volume de negócios (R$ 2,9bi), manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, seguindo a valorização das bolsas de NY e as boas perspectivas para a economia em 2010.
- DÓLAR 0,1% à R$ 1,74, abriu em queda, para na mínima atingir R$ 1,73, porem, apesar do desempenho positivo na Bovespa, passou a subir na parte da tarde, em mais um dia caracterizado pelo baixo volume de negócios e desta vez pressionada pelo leilão de compra do BC, que ocorreu perto do fim do pregão.
- Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO 0,1%, sustentada pelas ações de exportadoras, como Toyota (0,8%) e Nissan (1,6%), diante da relativa fraqueza da moeda local (o iene) frente ao dólar, CHINA 0,7%, revertendo as perdas do início do pregão, diante de expectativas otimistas sobre os ganhos das empresas e CORÉIA -0,8%, devido à preocupações acerca da situação de liquidez do Kumho Asiana Group, juntamente com o declínio de ações ex-dividendos.
- Na EUROPA, renovando as máximas dos últimos 14 meses, porem novamente com baixos volumes de negócios, INGLATERRA 0,6%, FRANÇA 0,3% e ALEMANHA 0,1%, desta vez com a alta dos preços dos metais dando suporte às ações das mineradoras, com BHP Billiton (2,2%), Antofagasta (3,9%) e Xstrata (2,4%).
- Nos EUA, realizando lucros apenas no final do pregão, também em um dia de poucos negócios, S&P -0,1%, DJ -0,1% e NASDAQ -0,1%, apesar do anuncio de que os consumidores locais estão mais confiantes na economia de seu país.
--------------------------------------------------------------------------------
Economia:

Esperando um ''feliz 2010'' o BC projeta para o próximo ano, (1) uma expansão no crédito de 20% e (2) que as taxas de inadimplência cheguem a patamares pré-crise, que giravam em torno de 4% no início de 2008.

Finalmente reagindo à queda da Selic, que aliás se encontra no menor patamar da história (8,75% ao ano), em NOV/09 os juros de empréstimos bancários para pessoa física caíram para 43% ao ano, o menor patamar desde JUL/94, quando a autoridade monetária começou a série histórica.

Dando mais um importante sinal de controle da inflação, em 2009 o IGP-M, que é o índice usado como base para o reajuste na maioria dos contratos de aluguel, registrou deflação de -1,72%, a primeira queda anual na série histórica iniciada em 1989.

Aproveitando-se da crescente credibilidade do Brasil no exterior, nos 11 primeiros meses de 2009 as empresas brasileiras captaram US$ 25,3bi no mercado internacional, quase 3 vezes mais que o total de 2008 e mais que o dobro de 2007.

Fazendo, com louvor, sua parte para incentivar os investimentos no setor produtivo da economia, em 2009 o BNDES desembolsou R$ 137,3bi em financiamentos, valor que é recorde e representa um crescimento de 49% em relação ao resultado de 2008.

Ampliando as fronteiras da BM&FBovespa, que se consolida como a segunda maior bolsa das Américas e uma das maiores do Hemisfério Sul, ontem, 4 meses após o início das negociações, a bolsa brasileira chegou a um acordo com a Nasdaq OMX para um sistema de roteamento de ordens, o que vai criar uma via de mão dupla pela qual os investidores locais poderão comprar e vender ações de empresas listadas na Nasdaq e vice-versa.
--------------------------------------------------------------------------------
Política:

Irritados com um decreto assinado por Lula na semana passada criando Programa Nacional de Direitos Humanos, que prevê a investigação dos atos cometidos por agentes do Estado durante a ditadura e abre espaço para revisão da Lei de Anistia, que pode levar à condenação de oficiais daquela época, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, e os três comandantes militares chegaram a entregar uma carta de demissão ao presidente, que por sua vez prometeu adiar o envio ao Congresso do projeto que cria a comissão encarregada de fazer as investigações sobre abusos durante a ditadura.

Ajudando a preparar a pizza que, apresar da pressão publica, manterá o governador do DF no cargo, ontem o Tribunal de Justiça do Distrito Federal negou o Mandado de Segurança solicitado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/DF) que pedia a convocação extraordinária da Câmara dos Deputados do Distrito Federal e com isto os ''nobres deputados'' continuam de férias.

Certamente causando mais uma ''dor de cotovelo'' em FHC, Lula foi escolhido pelo jornal britânico Financial Times como uma das 50 personalidades que moldaram a última década, segundo o diário porque ele "é o líder mais popular da história do Brasil".

A cúpula prefere JAN/10, mas como, com a saída de Aécio do páreo, é o único candidato tucano, Serra entra em 2010 com condições de dizer ao PSDB quando, como e se quer ir para as ruas como candidato, o que só deve ocorrer em MAR/10.
--------------------------------------------------------------------------------
Crítica:

Enquanto os governantes do ''primeiro mundo'' se preocupam com o que chegam a chamar de ''a praga dos imigrantes'', que aliás diante da crise financeira mundial se agravou em 2009, no Brasil, aproveitando-se da ''hospitalidade tupiniquim'', o ano termina com estrangeiros que vivem ilegalmente no Brasil fazendo final para entrarem com pedido de anistia, o que já beneficiou, desde JUL/09 quando a lei entrou em vigor, mais de 40 mil pessoas.
--------------------------------------------------------------------------------
PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho
--------------------------------------------------------------------------------
O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br
--------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário